Big-trail japonesa a caminho do Brasil

Honda XL1000V Varadero deve estar disponível no mercado a partir do segundo semestre.

Por Leandro Alvares

Depois de muita especulação em torno dos novos lançamentos da Honda no Brasil, a montadora japonesa resolveu acabar com o mistério e anunciou a chegada da XL1000V Varadero ao mercado nacional, a primeira big-trail importada oficialmente.

Embora a data exata do começo da comercialização não tenha sido divulgada, o modelo deve estar disponível já a partir do início do segundo semestre na rede de concessionárias da marca nipônica. O novo modelo deve agradar aos fãs da versatilidade das big-trails, prontas para encarar desde uma rodovia bem-pavimentada até uma estradinha de terra em longas viagens.

Apesar das inovações tímidas em seu conjunto, a versão 2007 da Varadero, que deve chegar ao país, mantém um estilo imponente e arrojado. Graças às carenagens laterais um tanto quanto “avantajadas” em razão do volume do tanque de combustível (25 litros), todo esse apelo fica ainda mais reforçado. 

Na dianteira, um pára-brisa ajustável garante maior comodidade e proteção ao piloto. O novo painel de instrumento conta com velocímetro e conta-giros analógicos. Outro pequeno indicador digital logo acima informa todo o funcionamento elétrico e mecânico do modelo, além do alcance em quilômetros, com base no combustível disponível. Há ainda um compartimento lateral que permite guardar pequenos objetos, como carteira ou celular.

O assento, de novo formato, agora está a 838 mm do solo — indicação de que os “baixinhos” terão de se adaptar á essa big-trail. Na rabeta, o visual é simples e elegante, com destaque para as setas incorporadas à luz de freio, e as novas ponteiras dos escapes.

Na parte mecânica, está a marca registrada da Varadero que a consagrou em todo o mundo. O motor bicilindrico em “V” a 90º com 996 cm³ e comando duplo no cabeçote (DOHC) conta com sistema de injeção eletrônica PGM-FI e câmbio de seis velocidades com a transmissão final feita por corrente.

Segundo dados do modelo vendido na Europa, a potência é de 94 cv a 7.500 rpm e o torque de 9,8 Kgf.m a 6.000 rpm. Nessa versão 2007, a única novidade é o protetor de cárter, útil contra pedras e pequenas batidas. O propulsor bastante “torcudo” empurra os 238 kg dessa big-trail, número razoável para uma moto desse porte e categoria.

A Varadero que vai chegar ao país já traz um catalisador de gases com sensor de oxigênio denominado HECS3. Este sistema é responsável por minimizar a emissão de gases poluentes no ar, além de cumprir com a norma Euro-3 sem que isso implique em qualquer perca de rendimento para o motor.

O quadro desta big-trail japonesa é do tipo diamante com tubos de aço e oferece boa rigidez contra torções. Na traseira, a suspensão pro-link tem curso de 145 mm com possibilidade de 40 posições de ajuste na pré-carga da mola. Na frente, a suspensão usa um garfo telescópico convencional com curso de 155 mm e tubos de 43 mm de diâmetro. O freio dianteiro tem discos duplos de 296 mm e pinça com três pistões. Atrás o disco é simples com disco de 256 mm.

No Brasil, a Varadero chega para encarar modelos como Suzuki DL 1000 V-Strom e BMW R 1200 GS. A Honda não dá mais detalhes sobre a versão a ser importada do Japão para cá, mas a nova integrante da linha de importadas da marca deve chegar em três opções de cores: preta, prata e vermelha.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br