Behnaz Shafiei é a guerreira das motos no mundo árabe

A piloto iraniana Behnaz Shafiei, de 27 anos, é uma desbravadora do motociclismo no mundo árabe. Depois de uma luta de três anos, ela conseguiu uma licença do governo para ser a primeira mulher a disputar uma corrida Off Road no Irã.

Pode ser uma coisa simples, mas o regime político e social iraniano mantém uma legislação tradicional e de costumes que proíbe a participação de mulheres em corridas e outras atividades esportivas com homens na disputa.

No Irã, há vários relatos de mulheres que foram presas por apenas andarem de motocicleta nas ruas, um direito que se destina apenas aos homens.

A paixão de Behnaz Shafiei por motos começou aos 15 anos e desde então não para de crescer, desde que começou os treinamentos na moto de seu irmão, em regiões remotas, no interior do país, e com disfarce.

Agora, com uma autorização especial do Ministério dos Esportes, Behnaz Shafiei, pode treinar em pistas de moto e, eventualmente, disputar competições com homens, desde que esteja vestindo hijab (lenço) para cobrir a cabeça, além do capacete.

O próximo passo na carreira de piloto de Behnaz Shafiei é disputar uma competição nos Estados Unidos, após receber o convite de uma piloto americana para participar da sua equipe.

Um sonho interrompido, pois Behnaz Shafiei diz que quando foi solicitar o visto na embaixada americana em Dubai (Emirados Árabes), o presidente Donald Trump havia recém-anunciado a restrição de vistos para pessoas de vários países, incluindo o Irã.

Como uma autêntica guerreira, Behnaz Shafiei segue em mais um capítulo na sua constante luta pela manutenção do seu direto e da sua liberadade de andar de moto e disputar competições.

Fotos: fb.com/behnaz.shafiei.3 e Mohammad Moheimany



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br