Audiência da MotoGP cai sem Rossi

Avaliações da TV durante a etapa da Holanda mostraram uma queda da metade dos espectadores em Assen.

Por Roberto Brandão

Avaliações da audiência durante a etapa da Holanda para o mercado italiano de TV (um dos maiores na MotoGP) mostraram novamente uma queda devido à ausência de Valentino Rossi. Com 2,579,000 espectadores, o que significa 16,79% do total da audiência mundial, a MotoGP na Holanda atraiu somente metade da audiência do ano passado (que foi de 5,249,000 espectadores, 31,69% do total mundial).

Com resultados semelhantes nas categorias 125cc e Moto2, alguns da imprensa italiana estão pedindo a renúncia do CEO da Dorna, Carmleo Ezpeleta, dizendo que esses números são um sinal da decadência do esporte.

Enquanto que os fãs do Valentino Rossi estão espalhados pelo globo, é claro que em solo italiano é mais se encontra o fanatismo pelo 46. A ausência do piloto claramente deixou a situação da audiência da MotoGP muito baixa na Itália, e poderia explicar pelo menos uma distorção nos resultados aplicados em outros mercados.

Mas não há uma explicação mais simples? Olhando para os outros eventos notáveis do fim de semana, a rodada de mata-mata da Copa do Mundo destaca-se brilhantemente. Depois de assistir a Copa do Mundo na Itália há quatro anos, podemos atestar o fato de que pouco mais existe no país do Mediterrâneo, enquanto o evento está em andamento.

Antes de começar a apontar dedos para Ezpeleta, gostaríamos de ver as avaliações da TC após a conclusão da Copa do Mundo, no dia 11 de julho. Com essa data em mente, o GP da Alemanha pode ser uma perspectiva adequada sobre a vida na MotoGP semom Rossi, e nos dar uma verdadeira avaliação do estado da MotoGP.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br