ALEX TRACK DAY

Sucesso de publico! Assim foi um dos mais esperados eventos do ano.

Por Fredy

Mais de 70 motociclistas do Brasil apreciaram, por dois dias desta semana, o primeiro evento de duas rodas promovido por Alexandre Barros, o principal representante do país no cenário mundial das competições de motovelocidade. O Alex Track Day, realizado no circuito de Interlagos nesta quinta e sexta-feira, garantiu muita emoção e adrenalina para os apaixonados pelo esporte a motor.

Intitulada de Fã Day pelo também organizador Bruno Corano, piloto da categoria Sportlight no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, a festa foi planejada para dar espaço à diversão dos participantes, os quais tiveram o dia inteiro para se aventurarem pelos 4.309 metros de extensão do principal autódromo nacional.
Nos boxes, foram alinhadas motos de diversas marcas e modelos: Kawasaki Ninja ZXGR, Suzuki RGSX, Honda CBR 600, Honda RR, Yamaha R1, Triumph Tiger, entre outras. Até mesmo uma Honda Falcon NX marcou presença — Ricardo Pires, de 36 anos, veio de Ribeirão Preto somente para participar da festividade. “Nunca tinha andado em Interlagos, foi uma sensação emocionante e inesquecível”, disse o amante da velocidade, apaixonado pelo motociclismo desde os 15 anos. Apesar de andar com uma máquina não speedy, Pires se mostrou satisfeito com o rendimento de sua companheira. “Nas retas não tinha como acompanhar o pessoal, mas eu descontava a diferença nas curvas. A Falcon é muito estável nos trechos travados”, destacou.

Quem anda de moto sabe que dificilmente alguém escapa de um tombo. Em Interlagos não foi diferente, com várias escapadas protagonizadas pelos motociclistas. Um deles, que preferiu não se identificar, teve seu equipamento seriamente comprometido logo no início das atividades de hoje. “A marcha da minha Kawasaki pulou na hora da reduzida, na freada da reta dos boxes. Não teve como segurar”, contou.
Antes de entrarem na pista, os pilotos foram chamados para um briefing, no qual receberam orientações de conduta e segurança. “Vocês estão aqui para se divertir, não para competir”, ressaltou Corano, o orador do bate-papo de esclarecimentos aos participantes.
Outros pilotos de destaque no Brasil também marcaram presença no Track Day. Pablo Martins (Baratinha) e Leandro Panades, ambos do Brasileiro de Motovelocidade, e Cezar Barros — irmão de Alexandre — estiveram na pista para, ao lado de Barros e Corano, acompanhar os aventureiros, que contaram com céu azul e sol escaldante no dia que, certamente, renderá muitas histórias.


Astro brasileiro das duas rodas


Na MotoGP há 11 anos, Barros entrou no circuito somente no período da tarde. Pela manhã, ficou nos boxes conversando com os participantes do Track Day, além de ter posado para diversas fotos dos fãs.
“Nossa idéia é fazer mais eventos como este no próximo ano. É um tipo de festa bem gostosa, com os pilotos podendo andar rápido num espaço apropriado, seguro e ao lado de gente qualificada”, afirmou o piloto.
Quanto ao seu futuro no motociclismo, Barros disse que está em negociações com algumas equipes da MotoGP, mas não descartou a forte possibilidade de se transferir para o Mundial de Superbikes — de acordo com os rumores, o competidor já fechou acordo com a Honda para 2006.
“Estamos correndo contra o relógio, mas nada foi definido”, garantiu. Segundo ele, nem mesmo as conversas com a Sito Pons, sua escuderia na temporada deste ano, foram descartadas. “Não posso adiantar muita coisa, mas a MotoGP ainda é uma das opções”, finalizou.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br