Adrena Festival 2 é neste fim de semana

Maior evento de adrenalina do estado de São Paulo reúne 08 modalidades de esportes radicais.

Por André Jordão

É neste fim de semana o Adrena Festival 2, maior evento de esportes radicais do estado de São Paulo. São oito modalidades, com competições e apresentações que acontecem ao mesmo tempo, com infra-estrutura adequada para a prática de cada uma das modalidades.

Uma das novidades será uma pista para a prática de snowboard. Aeromodelismo, arrancada, drift, moto cross – modalidades Freestyle e Race também estão entre as atrações. Haverá também rapel e escalada, modalidades que poderão ser experimentadas na prática pelos visitantes. A Adrena Festival reúne ainda área de camarotes vip, com acesso aos boxes, open bar, estacionamento exclusivo e os melhores Dj’s da região.

Na sexta-feira, a entrada é gratuita, das 16h às 19h, Pavilhão de Eventos do Complexo Brasil – Parque Brasil 500, o “sambódromo” de Paulínia. Às 20h30, na Câmara Municipal de Paulínia a equipe organizadora realiza palestra gratuita sobre diversos temas ligados ao mundo do jovem: prática segura de esportes, prevenção a drogas, entre outros.

No sábado, 24, as pistas pegam fogo das 12h às 19h. No domingo, o dia todo é dedicado às finais das competições, das 08h às 19h. A estrutura do Adrena Festival conta ainda com ampla praça de alimentação.

“Nosso objetivo é concentrar todos os esportes num único lugar, para a prática saudável e correta de cada modalidade. Tomamos todas as medidas necessárias de segurança. Para as provas com carros, por exemplo, as pistas e as regras estão rigorosamente de acordo com o que indica a Confederação Brasileira de Automobilismo”, explica Fábio Figueiredo, da F2 Publicidade, empresa que organiza o evento. “Gostamos de adrenalina e toda a emoção que os esportes radicais proporcionam, mas é importante praticá-los com segurança, em locais próprios e adequados”. 

Modalidades do Adrena Festival

Aeromodelismo: Aviões e helicópteros em miniatura vão colorir os céus no Adrena Festival.

Arrancada: A modalidade nasceu como forma de legalizar e estabelecer regras para corridas de carros de ruas. Em locais apropriados, os competidores mais famosos do país vão mostrar em Paulínia toda a força de seus carros.

Drift: No drift, a regra é fazer o carro “andar de lado”, deslizando nas curvas. A modalidade nasceu em 1970, das manobras de um piloto japonês.

MotoCross Freestyle: Executar manobras acrobáticas em saltos com moto. O moto cross Freestyle não é corrida. O campeão é escolhido por um grupo de juízes, que pontua as manobras de acordo com estilo, dificuldade da manobra, melhor uso do percurso e reação dos presentes.

MotoCross Race: Corrida de moto em pista com muita terra, lama, curvas, saltos e velocidade. Pilotos das mais variadas localidades vão participar dessa grande aventura.

Parede de escalada: A parede de escalada também chamada buildering, será aberta aos visitantes do Adrena Festival, que poderão sentir a emoção de escalar um paredão de 10 metros.

Rapel: Outra modalidade aberta a quem estiver no Adrena Festival é o rapel, modalidade nascida a partir das técnicas do alpinismo, praticado com o uso de cordas e equipamentos adequados para a descida de paredões e vãos livres.

Snowboard: Praticado na neve, o snowboard, que se assemelha ao skate e o surfe, consiste em equilibrar-se numa prancha, normalmente nas encostas nevadas das montanhas. O Adrena Festival deu um toque brasileiro à modalidade, e traz uma plataforma adaptada, que permite a prática do esporte.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br