moto.com.br
Publicidade:

Viagens

National HOG 2016: Para coroar o espírito de liberdade

28 de April de 2016
Compartilhe este conteúdo:

Dom Pedro II sempre foi um homem à frente de seu tempo. O imperador era fã de fotografia e muito ligado aos avanços tecnológicos. Já Santos Dumont, o “pai da aviação”, era fascinado pela engenharia mecânica e motores à combustão: motores de motocicletas foram usados no 14bis e também no Demoiselle. Em comum, os ilustres personagens da história do Brasil adotaram Petrópolis (RJ) como refúgio. Encravada na serra fluminense, a Cidade Imperial foi fundada em 1.843 pelo próprio Dom Pedro II. Point do inverno carioca, o município foi palco de mais uma edição do National H.O.G. Rally 2016, o encontro nacional de proprietários de Harley-Davidson, que reuniu 1000 pessoas e mais de 600 motos da marca, entre 21 e 23 de abril.

Com um belo patrimônio arquitetônico e muitos atrativos turísticos, a festa sobre duas rodas em Petrópolis entrou no espírito imperial: teve até baile a fantasia com tema da realeza, porém com a trilha sonora do bom e velho rock’n’roll. Outras atrações foram o rali de regularidade e o desfile pelas ruas da cidade até a festa de despedida no Castelo Itaipava. Construído na década de 1920 e cartão postal da região, o local foi palco dos “motorgames”, uma divertida gincana motociclista que testou as habilidades de piloto e garupa.

A festa oficial da Harley-Davidson aconteceu em Petrópolis, porém foi na estrada que a grande confraternização começou. Grupos de harlistas chegaram de várias partes do Brasil, de Belém (PA) até Porto Alegre (RS), passando por Salvador (BA), Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP). Para os membos do H.O.G. (Harley Owners Group, o grupo de proprietários de Harley-Davidson), o que interessa mesmo é curtir cada quilômetro com suas motos na estrada, fazer novas amizades e vivenciar novas experiências.

Novas aventuras
Foi por esse caminho que seguiram Maximilian Valvassoura e Antonio Sala. Desde a adolescência, o engenheiro Valvassoura de São Paulo (SP) tinha um sonho: pilotar uma Harley-Davidson. Hoje com 38 anos, é dono de uma Iron 883, modelo de entrada da marca americana. “Nunca tive vontade de ter uma moto. Queria ter uma Harley”, revela Valvassoura, que fez sua estreia na estrada junto com mais 60 clientes que partiram em comboio da concessionária H-D Aba, na Zona Oeste da capital Paulista. “Esta é uma viagem de aprendizagem, oportunidade de trocar experiências e fazer novas amizades. O próximo passo será comprar uma Fat Boy”, revelando seu verdadeiro sonho.


Já o italiano Antonio Sala, um lobo solitário, que já percorreu milhões de quilômetros pela Europa e pelos Estados Unidos, hoje roda pelo Brasil com sua H-D Softail Breakout. Radicado em Campo Grande (MS) e casado há 11 anos com uma brasileira, Toni, como é conhecido, fez sua primeira viagem em grupo com outros harlistas rumo à Cidade Imperial. “Ganhei uma família. Aqui o que praticamos, além do turismo em duas rodas, é a cultura da ajuda. Ou seja, ninguém está sozinho ou ficará desamparado”, explica o fazendeiro. 


Para Flávio Villaça, gerente de Marketing, Produto e Relações Públicas da Harley, o National H.O.G. é mais um evento para aproximar a marca dos proprietários e entusiastas. “Porém, nossa obrigação é inovar para agradar aos mais diferentes públicos, desde o jovem, de perfil urbano, até aqueles que não abrem mão de curtir a estrada em viagens longas”, ressaltou o executivo.



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Expedição Inca: De Honda CG pela Cordilheira dos Andes

Yamaha realiza expedição de 2.449 km com Crosser 2017

Rodando de Harley-Davidson pela noite de São Paulo

Honda celebra 40 anos da CG com expedição de 6 mil km

Harley realiza Brasil Ride pela primeira vez no fim de semana

Mauritânia: Viajando de moto pela "Terra dos Mouros"

De moto fora do Brasil: Quando e onde tudo começou

Expedição Inca: De Honda CG pela Cordilheira dos Andes

Momento Moto: Aventuras em Bonito (MS) - Parte 1

MV Agusta apresenta programa de turismo Emotion Road

Capacetes: Ruído do vento x surdez do piloto

Viagem: De Curitiba a Florianópolis com moto alugada

Yamaha realiza expedição de 2.449 km com Crosser 2017

Paraíso de moto: Rastro da Serpente x Rio do Rastro


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras