moto.com.br

Publicidade:

Testes

Teste Honda CBX 250 Twister

15 de August de 2006
Compartilhe este conteúdo:
Modelo 2007 ganhou novas cores e grafismo. A Twister é perfeita para o uso urbano, e em curtas viagens
  Assista ao vídeo da Twister


Pilotamos a conhecida Honda CBX 250 Twister. Apesar dos boatos por parte do fabricante, de que está por vir  um novo sistema de injeção eletrônica, o modelo 2007 continua carburado e já está nos concessionários da marca.

A Twister serve como porta de entrada para muitos que embarcam no fantástico mundo das duas rodas. Mas em geral, os motociclistas mais experientes e do mercado das 125cc, vêem essa 250 como um símbolo de agilidade, praticidade e um “up grade” em relação as motos de baixa cilindrada. Não há dúvidas, o mercado de 250cc é o que mais cresceu nos últimos anos no país. Inúmeros modelos acirraram a disputa entre os diversos fabricantes de olho nesta gorda fatia, e a Twister é a pioneira e líder nesse segmento de um quarto de litro.

Com novas cores e grafismo, esta pequena de estilo “naked” - já que deixa seu propulsor amostra - conta com linhas esportivas, como os vincos e detalhes “bicudos”, aliados, às pequenas e atraentes carenagens acopladas ao tanque. As laterais em tons de prata, remetem a um visual moderno, proporcionando uma impressão de chassi de dupla trave, escondendo o verdadeiro berço semi-duplo. A ponteira de escape é robusta como a das motos esportivas, as rodas de liga leve pintadas de cinza chumbo, o pára lama dianteiro e a saliência das carenagens traseiras complementam este aspecto.

Agradando a gregos e troianos, a Twister pode ser uma excelente opção para se aprender a pilotar uma motocicleta. Também utilizada em pilotagens mais esportivas - como por exemplo, no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade - pode ser divertida e pacifica para o aprendizado. Definitivamente, é uma moto fácil de pilotar. Nas curvas, ela contorna com bastante eficiência. Amarrada pelo chassi de berço semi-duplo com balança traseira em alumínio, aliado ao bom jogo de suspensões, ambas hidráulicas e calçada por pneus Pirelli MT (iguais ao da extinta CBR), oferece um excelente conjunto.

De fácil dirigibilidade, é uma ótima opção para o uso urbano na locomoção diária e para viagens de finais de semana. O modelo naked trafega com desenvoltura na cidade e na estrada, onde demonstra bom desempenho e conforto, principalmente para aqueles que estão subindo de categoria. Sair de uma 125 para a Twister é o sonho de muita gente, e quem chega lá percebe a grande diferença das arrancadas e na velocidade final, alem do conforto da rodagem. Afinal de contas é o dobro de cilindrada e o dobro de potência.

Para uma 250 ela é encorpada, tem bons assentos e uma posição de pilotagem muito confortável, com as pedaleiras ligeiramente recuadas dando o tom mais esportivo. As costas ficam  eretas e os braços a meia altura. O conjunto do suporte de pedais de apoio do piloto e garupa, são em alumínio fixados ao chassi, eliminando as ocilações da balança. Existe uma borracha do acabamento das pedaleiras do piloto que tem uma espécie de “vão interior” dando sensação de maciez e minimizando as vibrações nos pés. O painel é moderno e completo, com velocímetro e tacômetro eletrônicos, já os hodômetros total e parcial, o relógio e indicador do nível de combustível são digitais, bem práticos para um bom monitoramento da motocicleta. O relampejador de farol alto é no punho esquerdo assim como o acionamento do afogador.

O sistema de iluminação da moto é bastante eficiente, dando boa visibilidade. O grande farol redondo dianteiro, além de dar a impressão de moto grande, proporciona uma iluminação segura para aqueles que transitam à noite.

Motor
O DOHC, de 249 cm³, com quatro válvulas e radiador de óleo é compacto, resistente e de alta performance. O monocilíndrico gera 24 cv a 8.000 rpm e proporciona uma “tocada” fácil e de aceleração bastante linear. O câmbio é de seis velocidades, com trocas de marchas de engate fácil e preciso.

Freios
Tão importante quanto o motor, os freios asseguram uma boa frenagem deste modelo de 139,7 kg a seco. Composto por um disco dianteiro de 276mm, com pinça de acionamento hidráulico de duplo pistão; traseiro a tambor, de 130 mm. O conjunto garante uma frenagem compatível com a moto em baixa e alta velocidade, maspoderia ser melhorada com um disco traseiro.

Autonomia
Seja nas estradas ou na cidade, a capacidade de economia de combustível é um dos grandes destaques para quem possui ou quer possuir uma moto de 250 cc. Na média de cidade e estrada, a Twister foi capaz de rodar em nossas mãos cerca de 23,5 km/l, projetando uma autonomia de quase 400 quilômetros com o tanque de combustível completo. Obtivemos essa medida considerando muitas variações e ritmos de acelerações, ou seja, numa pilotagem constante deve ser possível melhorar essa marca.

Destaque modelo 2007
O grande destaque do novo modelo está na cor. A versão “amarela” caiu muito bem e vai agradar muita gente. O modelo já tem fãs por todo o país. Pela Internet, você é capaz de achar vários fóruns, blogs, e até sites criados para o ciclone de vendas chamado Twister. Só neste ano, já foram mais de 35 mil unidades comercializadas, totalizando  4% do mercado total de motocicletas vendidas no Brasil.

Pelo que pudemos perceber, a Twister é uma moto que interessa e agrada muito àqueles pilotos mais técnicos, e também aos novatos, pela sua facilidade na pilotagem, e que buscam a confiança da marca Honda quando optam por um up-grade de cilindrada.




Veja todos os anuncios desta moto no site




CONFIRA O PREÇO DAS PEÇAS DE MANUTENÇÃO BÁSICA
(peças originais pesquisados em concessionárias Honda em 15/08/06)
em reais - R$
Cabo de Embreagem – 19,58
Filtro de Óleo – 35,08
Filtro de ar – 39,42
Pastilhas Dianteiras – 68,96
Kit transmissão secundária (relação) - 458,44
Lâmpada do farol – 25,72
Pneu Dianteiro original – 234,96
Pneu Traseiro original - 270,76



 
Ficha Técnica - Honda CBX 250 TWISTER

Motor: Tipo  DOHC, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecido a ar, com radiador de óleo
Cilindrada:  249 cm3
Potência máxima:  24 cv a 8.000 rpm
Torque máximo:  2,48 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão:  6 velocidades (1-N-2-3-4-5-6)
Sistema de partida:  Elétrica
Chassi: Tipo  Berço semiduplo
Suspensão dianteira/curso:  Garfo telescópico/130 mm
Suspensão traseira/curso: Monoamortecida/100 mm
Freio dianteiro/diâmetro: disco hidráulico/276 mm
Freio traseiro/diâmetro: tambor/130 mm
Pneu dianteiro:100/80 - 17 M/C 52S (sem câmara)
Pneu traseiro: 130/70 - 17 M/C 62S (sem câmara)
Rodas :  liga leve, fundida em alumínio
Tanque de combustível: 16,5 litros (reserva 2,5 litros)
Óleo do motor:  1,8 litro (total)
Comp. x larg. x alt.: 2.031 x 746 x 1.057 mm
Distância entre eixos:1.369 mm
Distância mínima no solo: 162 mm
Altura do assento: 782 mm
Peso seco: 139,7 kg
Ignição:  CDI (ignição por descarga capacitiva)
Bateria:  12 V - 6 Ah (selada)
Farol:  35/35 W - lâmpada halógena

Preço Público Sugerido pelo fabricante : R$ 9.372,00
*Tabela em vigor a partir de 01/07/06. Valor com base no Estado de São Paulo, não incluindo despesas com frete e seguro.



Fonte: Equipe MOTO.com.br



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: Harley-Davidson Street Glide CVO é custom completa

Teste: Dafra Maxsym 400i oferece conforto na estrada

Honda anuncia chegada dos modelos CB 650F e CBR 650F

Avaliação da Triumph Tiger Sport

Teste: Triumph Thruxton é café racer customizada de fábrica

Teste: Yamaha VMax é pura força bruta

Duelo caseiro: NC 700X vs. CB 500X

Honda anuncia chegada dos modelos CB 650F e CBR 650F

Teste: Dafra Maxsym 400i oferece conforto na estrada

Teste: Harley-Davidson Street Glide CVO é custom completa

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250

Yamaha lança XTZ 150 Crosser e nós já avaliamos, confira!

Yamaha traz para o Brasil a MT-09, confira nossa avaliação!

Teste: Primeiras impressões do scooter Honda PCX 150


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss