moto.com.br
Publicidade:

Testes

Teste: Nova CBR 500R impressiona pelo visual, mas falta desempenho

Modelo entrega potência máxima de 50,4 cavalos a 8.500 rpm e 4,55 kgfm a 7.000 rpm de torque máximo

26 de September de 2016
Compartilhe este conteúdo:
A nova Honda CBR 500R impressiona pelo visual imponente e agressivo, chegando até a confundir as pessoas, que perguntam se é uma moto 600. Seu público-alvo, sem sombra de dúvida, são os motociclistas apaixonados por motocicletas esportivas. Inspirada "queridinha" CBR 1000RR Fireblade, a nova CBR 500R tem preço sugerido de R$ 29.000 (Sem frete e seguro inclusos)

A motocicleta vem equipada com um motor bicilíndrico de 471 cm3 - DOHC, com duplo comando de válvulas no cabeçote, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento a líquido, desenvolve potência máxima de 50,4 cavalos a 8.500 rpm e torque máximo de 4,55 kgfm a 7.000 rpm.
 


Seu motor roda com suavidade e sem sustos para o piloto, já que o acionamento da embreagem se dá de forma bastante macia e precisa. Seus freios a disco "margarida", de 320 mm de diâmetro e pinça de dois pistões na dianteira, e 240 mm, acionado por pinça de pistão único, na traseira, trasmitem bastante segurança ao motociclista, ainda mais por conta da presença do sistema ABS.

Porém, para uma moto com bastante apelo esportivo, seu desempenho deixa a desejar. Já que ao ligar e acelerar, o ronco do seu bicilíndrico não empolga. A motocicleta é ágil e leve, com bom torque em saídas e retomadas, mas quando o piloto chama no acelerador, ela não responde à altura do seu design. O que desagrada uns pode agradar outros, pois sua posição de pilotagem é bastante confortável, diferente de uma esportiva de fato.
 

Ponto alto da motocicleta para quem trafega bastante por cidades com trânsito intenso fica por conta da sua largura e da posição dos retrovisores, cuja visão não fica prejudicada pelos braços do motociclista.

No uso urbano e viagens curtas, a motocicleta se comporta bem, com destaque positivo para seu consumo de combustível*, que ficou entre os 27 km/l e 30 km/l, acelerando tranquilamente tanto na cidade como na estrada, sem forçar o motor, entregando uma autonomia superior a 450 km, já que seu tanque comporta 16,7 litros de gasolina.



A proposta da Honda para esta moto consiste em encher os olhos do motociclista iniciante que gosta de motos esportivas, mas com um desempenho limitado, até mesmo para não "roubar" o espaço dos modelos Honda CBR 650F (R$ 38.800) e CBR 600RR (R$ 49.500,00)

*Piloto de 60 kg, sem garupa
 
Veja o vídeo:

FICHA TÉCNICA
HONDA CBR 500R
Motor: DOHC, bicilíndrico, 4 tempos, arrefecido a líquido
Cilindrada 471 cc
Potência máxima 50,4 CV a 8.500 rpm
Torque máximo 4,55 kgf.m a 7.000 rpm
Transmissão 6 velocidades
Sistema de partida Elétrico
Combustível Gasolina
Capacidade do tanque 16,7 litros
Tipo de chassi Diamond
Comprimento x largura x altura 2.081 X 756 X 1.150 mm
Pneu dianteiro 120/70 – 17
Pneu traseiro 160/60 – 17
Peso seco 183 kg
Cores: Vermelho e Preto (com laranja)
Preço: R$ 29.000

Fotos: Kiko Tokuda/MOTO.com.br e Divulgação/Honda



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Tiger Sport tem potência, tecnologia e conforto de sobra para viajar

Can-Am UTV Maverick X3 é máquina quente para o Dakar

Yamaha Tricity 125 mostra evolução do scooter em teste

Teste: Honda CBR 500R desponta com visual esportivo

Análise: BMW F 700 GS, versatilidade a toda prova

Teste: Yamaha Neo mostra agilidade e economia no trânsito

Teste: Ducati 1299 Panigale S é superbike para as ruas

Yamaha Tricity 125 mostra evolução do scooter em teste

Tiger Sport tem potência, tecnologia e conforto de sobra para viajar

Teste: Honda CBR 500R desponta com visual esportivo

Teste: Yamaha Neo mostra agilidade e economia no trânsito

Can-Am UTV Maverick X3 é máquina quente para o Dakar

Teste da Falcon NX4 por um usuário

Teste: Pega de Honda Bros 160 e Yamaha Crosser


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras