moto.com.br
Publicidade:

Testes

Teste: Honda CRF 250L, lazer do dia-a-dia ao fim de semana

30 de July de 2013
Compartilhe este conteúdo:

 Leandro Lodo

Quase todo motociclista aventureiro tem a difícil missão de levar o seu "brinquedo" ao parque de diversões, o mundo off-road. Pensando nisso, a Honda lançou recentemente no Brasil o modelo CRF 250L, uma motocicleta com proposta dupla: ser eficiente no dia-a-dia e proporcionar lazer aos fins de semana.

Equipada com os elementos básicos de uma moto utilizada no perímetro urbano (setas indicativas, painel digital com velocímetro e espelhos retrovisores) e podendo ser emplacada, o modelo não precisa ser transportado na "caçamba da pick-up" até o fora de estrada, mas será que a CRF 250L cumpre o que promete, ser boa no asfalto e na terra? Saiba a resposta dessa pergunta em mais um teste do MOTO.com.br.

Off-Road
Chegar até a terra pilotando sua moto off-road realmente é incrível, mas passar direto por um trânsito "parado" sem a moto na caçamba, é ainda melhor.  O modelo é equipado com um motor 4 tempos de 249,6 cc arrefecido a líquido e tem potência máxima de 23,1 cv a com um torque de 2,24 kgf.m.

Apesar de serem números pequenos, seu peso é baixo (139 kg seco) tornando a relação peso/potência suficiente para encarar subidas íngremes e terrenos extremamente acidentados. Não é difícil levantar a roda da frente ao passar por um obstáculo!

Segundo a própria Honda, seus pneus são de uso misto, porém 70% são destinado ao uso Off-Road com grandes cravos. Sua ciclística na terra é excepcional, garantia certa de um fim de semana perfeito, porém você pode ter um pouco de dificuldade ao voltar para casa se algum acidente acontecer e você ficar sem um dos retrovisores ou uma das setas indicativas, por exemplo.

Seus freios, dianteiro e traseiro a disco sem ABS são ideais para o uso Off-Road, mas se tivermos que elencar o maior diferencial da CRF 250L, com certeza ficamos com o seu conjunto de suspensão. Na dianteira, as bengalas são invertidas, enquanto na traseira a suspensão é do tipo link, ambas possuem um longo curso sem deixar a moto "solta" e formam um conjunto extremamente equilibrado.

On-Road
Já no dia-a-dia, podemos considerar que o modelo atende as necessidades, mas quem quer ser bom em tudo...! Seus pneus possuem grandes cravos e, como dissemos anteriormente, são mais voltados para o off-road, o que sobra é voltado para on-road. Isso se o asfalto não estiver molhado, aí é melhor não se arriscar fazendo curvas muito fechadas.

Seu conjunto de suspensão encara bem o mundo off-road, no perímetro urbano ela esbanja competência, o melhor da categoria. Entretanto, não adianta ter um bom conjunto de suspensão se você não consegue ir muito longe, seu pequeno tanque de 7,7 litros proporciona uma autonomia pequena, pouco mais de 150 km (consumo entre 23,2 e 24,5 km/l). Além disso, é quase impossível levar garupa no estreito e pequeno banco da CRF 250L.

Quanto a ciclística no asfalto... ai a ciclística! Apesar de um brinquedinho prazeroso para o dia-a-dia, seus pneus voltados par o off-road deixa a ciclística um pouco quadrada. Durante as curvas, é fácil perceber que a CRF 250L tende a sair pela tangente, diferente do uso no off-road onde é mais fácil tirar o guidão de lado e fazer com que a moto grude no chão. Quem for utilizar a motocicleta apenas no perímetro urbano é melhor realizar a troca dos pneus.

Desfecho
A Honda CRF 250L chegou ao Brasil com a interessante proposta dupla, ser útil para o dia-a-dia e o "brinquedo" dos finais de semana. Porém, o modelo atende mais a segunda opção do que a primeira, principalmente pelos seus pneus voltados mais para o uso off road, seu pequeno tanque e seu banco quase impossível de levar garupa.

Embora esses motivos sejam relevantes, o que "pega" mesmo é o preço público sugerido de R$ 18.490, valor este devido a importação do modelo, que vem da Tailândia. Com um pouco mais, você pode adquirir uma Honda XRE 300 (13.290, standard) e ainda procurar uma moto Off-Road nos classificados do MOTO.com.br - tem Honda CRF 230F 2007 por R$ 7.000.

Ficha técnica
Honda CRF 250L 2013
Motor: Monocilíndrico, 249,6 cm³, 4 válvulas, refrigeração líquida
Potência: 23,1 cv a 8.500 rpm
Torque: 2,24 kgfm a 7.000 rpm
Câmbio: Seis marchas
Alimentação: Injeção eletrônica
Tipo do Chassi: Berço semi duplo
Dimensões: 2.195 mm x 815 mm x 1.195 mm (CxLxA)
Pneu dianteiro: 3.00 - 21 51p
Pneu traseiro: 120/80-18m/c 62p
Peso: 139 kg seco
Tanque: 7,7 litros
Cor: Vermelho
Preço: R$ 18.490

Fotos: Paulo Souza



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: Nova Honda CB 650F impressiona de modo racional

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150

Teste: Fazer 150 UBS ganha freios combinados para ficar na lei

Teste: Triumph acrescenta tecnologia à Tiger Sport

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150

Teste da Falcon NX4 por um usuário

Teste: Pega de Honda Bros 160 e Yamaha Crosser

Yamaha Drag Star 650: Na medida certa

Teste: Nova Africa Twin é bigtrail para ir a todo lado


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras