moto.com.br
Publicidade:

Testes

Teste: Honda CBR 500R encara primeiro desafio na pista

18 de February de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Aladim Lopes Gonçalves

A Honda do Brasil realizou uma apresentação mais a caráter da sua nova esportiva média CBR 500R, na nova pista paulista Velo Cittá, que fica na região de Mogi Mirim. O modelo é o segundo elemento da renovada família CB 500, que já conta com a naked CB 500F e deve ser completada em breve com a chegada da crossover CB 500X.

Para quem ansiava por um up grade das esportivas compactas, com motorização na faixa de 250cc e 300cc, a CBR 500R é uma opção interessante, sendo oferecida nas concessionárias da marca japonesa nas cores branca (STD e ABS) e vermelha (STD), com preços de R$ 23 mil (standard) e R$ 24,5 mil (versão ABS).

Vale ressaltar que a CBR 500R não segue a receita de preparação de uma superesportiva, mas sua proposta e fôlego para acelerar podem proporcionar boas sensações na sua pilotagem. A disposição do modelo para as pistas também foi confirmada pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) que homologou a moto para a disputa da Copa Honda CBR 500R.

Os testes na pista com a CBR 500R foram coordenados pela equipe Honda com o apoio de seus pilotos de motovelocidade, Maico Teixeira, atual campeão do Superbike Series Brasil, e José Luiz Teixeira "Cachorrão", que atenderam e orientaram os jornalistas a extrair um melhor rendimento das máquinas no circuito.

A carenagem da CBR 500R lhe concede um porte semelhante aos modelos de maior cilindrada. Integrados ao visual estão o painel de instrumentos digital na cor branca e o conjunto óptico, com refletor duplo multifacetado e lâmpadas halógenas de 55W, que oferece boa visibilidade em diferentes condições. A capacidade do tanque de combustível é para até 15,7 litros.

Os semi-guidões proporcionam uma pilotagem próxima a dos modelos de pista e enfatizam a emoção e estilo esporte. A altura do assento é de 785 mm e suas medidas são as mais compactas da linha com (C) 2.075 mm x (L) 740 mm x (A) 1.145 mm, distância entre os eixos de 1.410 mm, tornando a pilotagem ainda mais precisa. O peso seco do modelo é de 181 kg (183 kg na versão ABS).

Versatilidade, maneabilidade e performance, com condução agradável e prazerosa são algumas das marcas da CBR 500R. O modelo compartilha sua base com os outros modelos da família, como o chassi em aço, do tipo Diamond.

O motor bicilíndrico, de quatro tempos e 471 cm³ - DOHC, com duplo comando de válvulas, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento líquido, proporciona uma potência máxima de 50,4 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 4,55 kgfm a 7.000 rpm. Especificações que condizem com sua proposta esportiva.

Os pistões são forjados em liga de alumínio, com diâmetro de 67 mm, curso de 66,8 mm e construção diferenciada, semelhantes aos utilizados na motocicleta CBR 600RR. A rigidez e resistência também foram otimizadas e seus pesos reduzidos, para tornar o funcionamento ainda mais suave e eficiente.

As respostas rápidas ao comando do acelerador são garantidas pelo sistema de alimentação eletrônico PGM-FI, que envia ao motor o volume ideal de combustível para cada faixa de rotação, melhorando a eficiência e criando um melhor equilíbrio entre máxima potência e baixo consumo. O escape foi desenvolvido em aço inoxidável, com design integrado ao pedal do garupa.

O câmbio de seis velocidades tem engates justes e precisos, apresentando um bom comportamento nas situações de altas e baixas rotações. Com trocas mais cedo o motor ruge mais e mostra sua força. O sistema de embreagem é do tipo multi-disco.

A suspensão é formada por garfo telescópio na dianteira, com curso de 120 mm. Na traseira, conta com sistema Pro-Link (monochoque), com curso de 119 mm, proporcionando nove níveis de regulagens da pré-carga do amortecedor.

O painel de instrumentos é digital com informações claras do velocímetro, conta-giros, relógio, hodômetro (total e parcial), medidores de consumo de combustível instantâneo e média, além de indicador de diagnóstico do funcionamento do motor.

As rodas em alumínio da CBR 500R foram projetadas para oferecer beleza, leveza e resistência em qualquer superfície. Os pneus são 120/70 ZR-17 na frente e 160/60 ZR-17 na traseira. A rabeta segue o estilo esportivo. Obanco de dois níveis oferece conforto e ergonomia, com o piloto mais integrado à motocicleta.

O conjunto de freios da CBR 500R é dotado de disco de 320 mm de acionamento hidráulico e cáliper de duplo pistão, na frente, e disco de 240 mm de diâmetro, acionado por pistão e pinça simples, na traseira. O modelo também chega com versão equipada com freios ABS (antitravamento).

- Confira o vídeo de apresentação da Honda CBR 500R

O jornalista utilizou no teste capacete MT, jaqueta e calça Joe Rocket e luvas Race Tech

FICHA TÉCNICA
Alimentaçãoinjeção eletrônica PGM-FI
Altura do assento (mm) 790
Ângulo de Caster / Trail (º /mm)  25,5 / 101,9
Bateria (V / Ah) 12 / 8,6
Capacidade do tanque (litros) 15,7 (2,8 de reserva)
Chassi Aço, tipo Diamond
Consumo (km/l) (WMTC mode) 27
Diâmetro x curso (mm) 67 x 66,8
Dimensões (C x L x A) (mm) 2.075 x 740 x 1.145
Distância entre eixos (mm) 1.410
Distância mínima do solo (mm) 140
Embreagem  Multidisco / banho de óleo
Farol (alto/baixo) (W) 1 lâmpada halógena H4 60 / 55
Freio dianteiro Disco Wavy 320mm / 2 cálipers
Freio traseiro Disco Wavy 240mm / 1 cáliper
Motor  DOHC, bicilíndrico, 4 tempos, arrefecido a líquido, 471 cc
Peso seco (kg) 181 (183 na versão ABS)
Pneu dianteiro 120/70 - ZR17M/C
Pneu traseiro 160/60 - ZR17M/C
Potência máxima (CV/rpm) 50,4 x 8.500
Torque máximo (Kgfm/rpm) 4,55 x 7.000
Relação de compressão 10,7: 1
Sistema de partida  Elétrica
Suspensão dianteira Telescópica
Suspensão traseira Braço oscilante Pro-Link
Transmissão 6 velocidades

Fotos: Caio Mattos/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: BMW F 700 GS é uma máquina surpreendente

Teste: Nova Honda CB 650F impressiona de modo racional

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150

Teste: Fazer 150 UBS ganha freios combinados para ficar na lei

Teste: BMW F 700 GS é uma máquina surpreendente

Teste: Nova Honda CB 650F impressiona de modo racional

Longa Duração: Honda Pop 110i supera os 1.000 km rodados

Teste: CG 125i Fan, R$ 6.790, é motocicleta mais barata da Honda

Teste: Pega de Honda Bros 160 e Yamaha Crosser

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste da Falcon NX4 por um usuário


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras