moto.com.br
Publicidade:

Testes

Teste: Aprilia Caponord 1200 é sinônimo de aventura

28 de August de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Dário Marcelino

Foi com grande agrado que me desloquei à Quitermotos para um Test-ride à Aprilia Caponord 1200.

À hora marcada chegou e o João com a falada máquina, depois de a tirarmos da carrinha (furgão) agradou-me muito à vista ver a máquina sem malas, numa primeira “passagem de olhos” gostei de ver a forma como todos os plásticos se encaixam, bem como a qualidade geral da máquina.

Depois de preencher a normal papelada para o teste chegou a hora de rolar com a máquina. Posição de condução muito boa para os meus mais de 1,80 m, vidro mesmo na posição mais alta não protege à medida que a velocidade aumenta. Nota positiva para a facilidade com que este se afina, dois parafusos que desapertados facilmente se levanta ou baixa o vidro.

Painel com muita informação totalmente digital, menos as luzes avisadoras mas bem inseridas no mostrador. Facilmente nos adaptamos ou melhor, facilmente a máquina se molda a nós, travagem muito forte mas facilmente doseavel. O tato da caixa também agradou e a embreagem é suave.

Havia que abastecer a máquina mas antes fazer as curvas encadeadas da EN1 entre o Alto da Serra e Rio Maior. A suspensão semi-ativa faz com que piso irregular pareça um carril e curvas com piso regular sejam a sua praia, é uma delícia curvar, dar gás na mudança certa é roda da frente no ar, uma “fun bike” tamanha é a facilidade com que enfrenta estrada de montanha.

Já com gasolina no deposito, agora em cidade nota-se que o bicilíndrico não gosta de andar abaixo das 2.000 rpm, não consegui mudar o mapa da gestão do motor, fiz todo o teste em “S” nota negativa para este ponto, o comutador (seletor) do computador de bordo, o cruise control e os punhos aquecidos são facilmente acionados e bem posicionados, a regulação da suspensão (condutor/condutor e passageiro/condutor passageiro e carga) e os mapas, são acionados do lado direito do mostrador de conta quilômetros, tarefa nada fácil.

Ora assim em cidade tem que se trabalhar bastante a caixa, é agradável ouvir o possante 1200, tem um barulho de admissão pujante e de escape soberbo muito parecido com uma outra italiana. Abrindo os horizontes ao punho direito é ver a máquina a elevar a sua velocidade para números proibitivos, o motor é solto a unidade tinha 4.200 km, muito pujante a partir das 2.000 rpm, sem atritos, parece que tem muito mais que 125 cv anunciados.

Pontos negativos para o plástico usado na parte de cima do depósito e a cobertura do banco não me pareceu das melhores.

Uma máquina concorrente a um segmento aguerrido e cheios de lobbies, muito bons acabamentos e um equipamento de topo, oferecendo mais pelo mesmo preço, uma maquina muito justa.

PS: Os modos mudam no comutador de "start" com a moto em funcionamento.

O teste (texto e fotos) da Aprilia Caponord 1200 foi gentilmente cedido por seu autor Dário Marcelino, do blog Moto-Teste (www.moto-teste.blogspot.com), de Portugal. 

FICHA TÉCNICA
Motor: dois cilindros em V, 1.197 cm³, refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro, injeção eletrônica
Potência máxima: 125 cv a 8.250 rpm
Torque máximo: 11,7 kgfm a 6.800 rpm
Câmbio: seis marchas
Tração: Transmissão por corrente
Suspensão: Dianteira com garfo invertido, amortecimento de rebote e compressão controlados eletronicamente e traseira monochoque com amortecedor hidráulico deitado e controle eletrônico de rebote e da pré-carga da mola
Pneus: 120/70 R 17 na frente e 180/55 R 17 atrás
Freios: Disco duplo na frente e disco simples atrás, com ABS e ATC (Aprilia Traction Control)
Dimensões: 2,24 m de comprimento total, 0,81 m de largura, 1,56 m de entre-eixos e 0,84 m de altura do assento
Peso seco: 214 kg
Tanque do combustível: 24 litros
Preço: 13 mil euros (estimado em Portugal)

Fotos: Blog Moto-Teste



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: Nova Honda CB 650F impressiona de modo racional

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150

Teste: Fazer 150 UBS ganha freios combinados para ficar na lei

Teste: Triumph acrescenta tecnologia à Tiger Sport

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Teste: Pega de Honda Bros 160 e Yamaha Crosser

Teste da Falcon NX4 por um usuário

Yamaha Drag Star 650: Na medida certa

Teste: Nova Africa Twin é bigtrail para ir a todo lado

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras