moto.com.br

Publicidade:

Testes

Scooter Dafra Laser 150

31 de March de 2008
Compartilhe este conteúdo:
Aldo Tizzani

Desde o início de suas operações no Pólo Industrial de Manaus (AM), a Dafra, empresa do Grupo Itavema, adotou uma postura agressiva perante a concorrência e o mercado.

Prova disso foi sua última ação de marketing, no dia 13 de março, durante a prova do líder do Big Brother Brasil. Na ocasião, o participante Rafinha ganhou o scooter Laser 150 e, conseqüentemente, a liderança do reality show exibido pela “TV Globo”.

Mas, como é, na prática, pilotar o veículo urbano da mais nova marca brasileira de motocicletas? Como destaques, o Laser 150 conta com bom nível de acabamento e conforto.

Com design arrojado e transmissão automática CVT, o scooter de 150 cilindradas é o produto mais caro da linha Dafra — R$ 5.990,00 —, que pode ser adquirido em 42 parcelas de R$ 228,00. Está na mesma faixa de preço do Suzuki Burgman 125, seu principal concorrente. Por isso, o Laser 150 terá uma difícil missão de desbancar o líder de vendas do segmento.

Porém, o scooter da Dafra tem suas armas: porte avantajado — são quase dois metros de comprimentos —, lanternas e piscas integradas à “carroceria”, além do conjunto óptico dianteiro formado por dois faróis, que lembra muito o das motos superesportivas. A Laser 150 traz ainda rodas de liga-leve de aro 13”, banco em dois níveis e ponteira do escape com ar esportivo.

Para maior comodidade do piloto, há sob o assento um espaço para pequenos objetos. Infelizmente, não cabe um capacete, mesmo aberto. Porém, o piloto vai confortavelmente sentado e não montado como na maioria das motos.

Em virtude do escudo frontal e também do pára-brisa, o condutor estará protegido da chuva e da fuligem e com os pés apoiados na plataforma. Ou seja, o modelo oferece segurança ao piloto. Em função de sua altura mínima do solo (136 mm), o scooter oferece um bom ângulo de inclinação e, conseqüentemente, é fácil de pilotar.

Facilidade que é traduzida também pela adoção da transmissão automática, CVT. É ligar e acelerar, sem se preocupar com as constantes trocas de marchas no trânsito urbano.

Motor

O motor deste recém-lançado produto da Dafra é um OHC (comando simples no cabeçote), quatro tempos, monocilíndrico e com refrigeração a ar. O propulsor de 149,6 cm³, que tem mecânica de origem chinesa da marca Loncin, é responsável por gerar potência máxima de 11,5 cv a 8.900 rpm e torque máximo de 0,96 kgf.m a  6.000 rpm.

Detalhe: o Suzuki Burgman 125 tem 12,3 cv de potência e 1,10 kgf.m de torque. Comparando os dois modelos, o Laser 150 da Dafra poderia ter mais cavalaria e também mais força nas arrancadas. Ou seja, ficar mais “esperto”, com respostas e retomadas mais rápidas.

Ciclística

Na parte ciclística nenhuma novidade. Na dianteira, garfo telescópico e freio a disco. Já na traseira, quadro elástico com duplo amortecedor e freio a tambor. Apesar das rodas de liga-leve e pneus pequenos, o conjunto de suspensões está de acordo com sua proposta urbana e absorve relativamente bem às imperfeições do piso.

O freio dianteiro não é lá um primor, “torce” um pouco quando exigido ao extremo. Apesar do Laser 150 ser projetado para baixas e médias velocidades, em outras palavras trafegar na cidade, o sistema de frenagem poderia ser mais eficiente.

Ficha Técnica

Motor: OHC, 4 tempos, monocilíndrico, refrigeração a ar
Cilindrada: 149,6 cm³
Potência Máxima: 11,5 cv  a  8.900 rpm
Torque Máximo: 0,96 kgf.m  a  6.000 rpm
Diâmetro X Curso: 57,4 x 57,8 mm
Sistema de Alimentação: Carburador PZ27
Taxa de Compressão: 9.0 :1
Sistema de Partida: Elétrica e pedal
Transmissão: Automática por polia variável (CVT)
Chassi: Monobloco
Suspensão Dianteira: Garfo telescópico
Suspensão Traseira: Duplo amortecedor
Freio Dianteiro: Disco simples, com acionamento hidráulico
Freio Traseiro: Tambor
Roda e Pneu Dianteiro: 130/60 -13, com roda de liga-leve
Rodas e Pneu Traseiro: 130/60 -13, com roda de liga-leve
Comprimento: 1980 mm
Largura: 580 mm
Distância Entre-Eixos: 1400 mm
Altura Mínima do Solo: 136  mm
Altura do Assento: 860  mm
Peso Seco: 120 kg
Capacidade Máxima de Carga: 150 kg
Tanque de Combustível: 4 litros
Cores: Amarelo, prata, preto e vermelho
Preço: R$ 5.990,00

Fotos: Renato Durães.


Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Teste: A evolução do Citycom com freios FH-CBS

Teste Harley-Davidson XL 1200 CA: Estilosa e urbana!

Teste: BMW R 1200 GS Adventure encara Triumph Explorer XC

Avaliamos o sistema de freios CBS da nova Honda CG 150 Titan

Teste: Honda CBR 600RR é uma esportiva dócil

Teste: Harley-Davidson Iron 883 e Triumph Bonneville T100

Teste Yamaha Crosser 150: Uma trail para o dia a dia

Teste: BMW R 1200 GS Adventure encara Triumph Explorer XC

Teste: Harley-Davidson Iron 883 e Triumph Bonneville T100

Teste: Honda CBR 600RR é uma esportiva dócil

Teste BMW S 1000R: Amor à primeira volta!

Teste Yamaha Crosser 150: Uma trail para o dia a dia

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250

Avaliamos o sistema de freios CBS da nova Honda CG 150 Titan


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss