moto.com.br
Publicidade:

Testes

Primeiras impressões: HondaTRX 420 Fourtrax

27 de May de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Paulo Souza

Diversão! Esta é a palavra mais adequada para quem busca um veículo off-road para o lazer. Entretanto, o novo quadriciclo da Honda, o TRX 420 Foutrax pode ir muito mais além, sendo também uma opção interessante para o trabalho, juntando o útil ao agradável.

Lançado nos Estados Unidos para o uso profissional, ele se destacou por sua robustez e confiabilidade. No Brasil, no entanto, o mercado de quadriciclos para lazer está crescendo e juntamente com ele vem o uso para o trabalho, e por que não reunir as duas opções em um só veículo?

Pensando nisso, a Honda trabalhou em diversas melhorias na nova versão do TRX 420 Fourtrax, para que ele possa ter mais esportividade afim do lazer dos consumidores. Tivemos a oportunidade de conhecer melhor este quadriciclo andando em trilhas e também conhecendo as opções de implementos que podem acompanhar o modelo. Confira!

Mudou
Foram varias as mudanças que recebeu o TRX 420 Foutrax 2014. A terceira geração deste quadriciclo está mais potente, seu motor OHV monocilíndrico, 4 tempos, com arrefecimento líquido e sistema de injeção eletrônica, agora rende 26,9 cv de potência máxima e torque de 3,09 kgf.m.

O chassi também é novo e está agora 20% mais rígido que a versão anterior, isto aconteceu para que as novas suspensões sejam mais bem aproveitadas à carga transportada. Este conjunto passou de 160 mm para 170 mm. Sem contar o novo sistema de escapamento e um assento em novo formato e mais macio para garantir maior conforto ao piloto.

Outras mudanças importantes estão no tanque, agora com maior capacidade 14,7 litros, e no alternador mais potente com conector elétrico de 12 w, que pode servir como tomada para carregar celular ou instalar um GPS, por exemplo. A lâmpada do farol também está mais potente e passou de 30 w para 35 w para melhor iluminação.

Primeiras impressões
O mercado de quadriciclos ainda é muito pequeno no Brasil, sendo vendidas cerca de 7.000 unidades em 2013. No entanto, a diversão e a utilidade que ele pode proporcionar pode fazer este número crescer rapidamente no mercado nacional. Quem anda pela primeira vez em um veículo como este vai sentir a diferença em relação a uma moto, ele não é uma motocicleta de quatro rodas, muito pelo contrário, e exige certos cuidados para pilotá-lo.

A Honda está disponibilizando duas versões do TRX 420 Foutrax, TM (4x2) R$ 18.890 e FM (4x2 e 4x4) R$ 20.990. O diferencial do modelo topo de linha, além do sistema 4x4 é o painel de instrumentos totalmente digital completo, com horímetro, que marca seu tempo de uso e informa a hora de realizar a manutenção.

O veículo que andamos foi justamente este 4x4, que permite que o piloto mude a tração mesmo com o veículo em movimento. Porém, a diversão fica quando a alavanca está na função 4x2, assim durante as curvas é possível derrapar as rodas traseiras garantindo a brincadeira.
O sistema 4x4 é muito útil para situações onde o terreno não está com muita aderência, já nas curvas o veículo fica meio limitado. Mesmo assim, a direção fica mais leve e o quadriciclo responde muito bem. É a função ideal para utilizar no trabalho, principalmente quando está rebocando alguma coisa.

Seu conjunto de suspensões é independente na dianteira com amortecedores de dupla ação do tipo “Double wishnone” e na traseira monoamortecida. De acordo com a montadora esta opção foi pensada para melhor distribuição do peso quando o veículo estiver com implementos acoplados ao reboque. Ele da conta do recado e ultrapassa obstáculo com facilidade.

Trabalho
O quadriciclo esta sendo muito útil para diversos tipos de trabalhos nas mais variadas empresas. A própria Honda já adaptou alguns modelos para os bombeiros utilizarem nos primeiros atendimentos aos pilotos em treinos e provas off-road. O mesmo será utilizado na Granja Comary, base da Seleção Brasileira de Futebol, como forma de trabalho.

No campo e também no litoral ele está sendo cada dia mais útil para ajudar no trabalho, principalmente em propriedades rurais, fábricas, portos, hotéis e resorts, além de policiamento ostensivo em cidades litorâneas.

O TRX 420 Fourtrax é equipado com bagageiro dianteiro com capacidade de transportar volumes até o peso máximo de 30 kg. Conta ainda com bagageiro traseiro com peso limite de 60 kg e porta-objetos para pequenos volumes. O modelo pode rebocar até 385 kg.

Com este lançamento do TRX 420 Fourtrax a Honda espera comercializar em 2014 cerca de 6.000 unidades, quase duplicando o número de vendas de 2013, que foi de 3.893 unidades.

Ficha técnica

Honda TRX 420 Fourtrax
Motor OHV, monocilíndrico 4 tempos, refrigeração líquida
Capacidade cúbica 420 cm³
Potência máxima (declarada) 26,9 cv a 6.250 rpm
Torque máximo (declarado) 3,4 kgf.m a 5.000 rpm
Câmbio Cinco marchas + Ré
Transmissão final Eixo-cardã
Alimentação Injeção eletrônica
Partida Elétrica
Quadro Berço Duplo
Suspensão dianteira Double Wishbone com 170 mm de curso
Suspensão traseira Tipo “Trailing” concebido para tração de reboque (monoamortecedor) com 170 mm de curso
Freio dianteiro Dois discos dianteiros de 156 mm de diâmetro
Freio traseiro A tambor de 160 mm de diâmetro
Pneus AT 24 X 10-11 (sem câmara - diant.)/ AT 24 X 8-12 (sem câmara – tras.)
Comprimento 2.103 mm
Largura 1.205 mm
Distância entre-eixos 1.268 mm
Distância do solo 183 mm
Altura do assento 856 mm
Peso em ordem de marcha Não Disponível
Peso a seco 247 kg (4x2) /263 kg (4x4)
Tanque de combustível 14.7 litros
Cor Vermelha e Verde
Preço R$ 18.890,00 (versão 4x2 - TM) e R$ 20.990,00 (versão 4x4 - FM)

Fotos: Caio Mattos/Honda



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: BMW F 700 GS é uma máquina surpreendente

Teste: Nova Honda CB 650F impressiona de modo racional

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Primeiras Impressões: Novas Vespa Primavera 125 e 150

Teste: Fazer 150 UBS ganha freios combinados para ficar na lei

Teste: Nova Honda Africa Twin aposta em motor torcudo e chassi leve

Teste: Nova Kawasaki Versys 650 ganha fôlego extra para viajar

Teste: Com injeção e motor flex, nova Factor é 125 completa

Teste: Pega de Honda Bros 160 e Yamaha Crosser

Teste da Falcon NX4 por um usuário

Yamaha Drag Star 650: Na medida certa

Teste: Nova Africa Twin é bigtrail para ir a todo lado


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras