moto.com.br

Publicidade:

Testes

NXR 150 Bros X CRZ 150, quem ganha esta?

15 de February de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Leandro Lodo/Paulo Souza

O segmento de motos trail representa grande parte do mercado brasileiro, sendo este o terceiro mais comercializado no país. Segundo dados da Fenabrave – Federação das Concessionárias – somente em 2012 foram mais de 260 mil motocicletas trail de baixa cilindrada (125 a 300cc) vendidas no período entre janeiro e dezembro.

Devido ao constante crescimento deste mercado, nosso teste da vez traz um comparativo entre dois modelos trail, a Honda Bros 150, que segue disparado no topo da lista com 192.580 unidades emplacadas, e a Kasinski CRZ 150, uma das mais baratas da categoria e sétima colocada com 2.296 motos emplacadas em 2012.

Honda NXR 150 Bros

Para se manter a frente da concorrência, a líder do segmento trail no Brasil recebeu algumas modificações no final do ano passado. Apesar do modelo anterior já possuir injeção eletrônica, a nova Bros recebeu a adoção de um sistema bicombustível (Flex), além de novas carenagens e um novo conjunto de farol, mais potente com 35W.

A estrutura de chassi e suspensões mantiveram-se as mesmas, porém a vocação off road foi deixada em segundo plano para dar espaço ao conforto durante o uso diário, o que faz dela meio “soltona” na terra. Mais urbano e com pneus mais largos, o novo modelo manteve as rodas com 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira, porém seu banco em dois níveis está muito mais macio e confortável.

De “tocada” fácil, a nova Honda NXR 150 Bros possui uma pilotagem extremamente agradável e possui um ótimo ângulo de esterço, facilitando a locomoção em congestionamentos mesmo para quem tem que passar horas sobre essas duas rodas de uma lado a outro da cidade.

A grande vantagem de uma motocicleta de pequeno porte é o seu baixo consumo, comprovado pela Bros que fez uma média de 31 km/l. Apesar da pequena trail da Honda possuir motor flex, optamos por fazer o consumo apenas com gasolina para que a disputa ficasse justa. Sendo assim, sua autonomia é de aproximadamente 370 km, já que seu tanque de combustível possui uma capacidade de 12 litros.

Kasinski CRZ 150

Diferentemente da Honda Bros, a Kasinski CRZ 150 possui uma pegada totalmente fora de estrada, basta olhar para o modelo e já é possível perceber sua vocação off road. Suas rodas são maiores - 21” na dianteira e 18’’ na traseira – e seu banco mais rígido, reto e estreito. Outro item que facilita o uso fora de estrada são suas largas pedaleiras com extremidades pontudas que garantem mais segurança para o piloto ao ficar em pé, muito útil em trilhas “travadas”.

Equipada com um motor de 150cc capaz de gerar 11,8 cv, a Kasinski CRZ 150 possui um motor alimentado por carburador e com um alto índice de vibrações, até desconfortável quando o acelerador está totalmente aberto. O câmbio também poderia ser um pouco mais preciso, não é nada fácil encontrar o neutro quando paramos no semáforo.

Além do preço público sugerido - R$ 6.790, um dos mais baixos da categoria, a CRZ possui outros diferenciais quase não encontrados em suas concorrentes como setas com luzes em LED, freio a disco na traseira, relampejador, suspensão invertida na dianteira e pedal de câmbio retrátil em alumínio, revelando mais uma vez seu lado off road.

Seu tanque de combustível também segue os padrões das motos especiais de competição, de plástico e com pequena capacidade - apenas 6,5 litros. Com essa capacidade não é possível ir tão longe sem abastecer, com uma média de 30,7 km/l, sua autonomia é de aproximadamente 200 quilômetros.

Desfecho

Nem sempre aquilo que vende mais é melhor, porém desta vez a mais vendida possui melhores atributos que a sua concorrente, apesar do preço mais “salgado” – R$ 6,790 da CRZ contra R$ 8.990 da Bros. Com um agradável conjunto ciclístico e forte apelo urbano, a Honda NXR 150 Bros tem motor bicombustível, mais potente e com uma autonomia quase duas vezes maior que a Kasinski CRZ 150.

Por outro lado, para quem quer uma moto para o uso urbano e ainda quer encarar um pouco de terra aos finais de semana fazendo um investimento menor, a Kasinski CRZ 150 é uma ótima opção. Das suas rodas maiores, passando pelo seu banco estreito até as suas largas pedaleiras e alavanca de câmbio retrátil revelam toda vocação off road dessa pequena trail. Agora, a escolha cabe a você e, principalmente ao seu bolso!

Os jornalistas usaram no teste jaqueta, calça e luvas Race Tech e Alpinestars, botas Dainese e Alpinestars e capacetes NoRisk.

Cotação de Seguro (*)

Kasinski CRZ 150
A vista: R$ 1.675,00
Franquia: R$ 1.062,00

Honda NXR 150 Bros
A vista: R$ 2.163,22
Franquia: R$ 1.489,00

(*) Perfil médio: Homem, 25 a 35 anos, casado, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, morador de São Paulo e com residência em região razoável (bairro da zona sul ou zona oeste, por exemplo).
 
Agradecimento

Cycle Assessoria e Corretora de Seguros
(11) 3159-0733
www.cycleseguros.com.br

FICHA TÉCNICA

Item

CRZ 150

Bross

Cilindradas

150cc

150cc

Potência

11,8 CV a 8.000 rpm

13,8 cv a 8.000 rpm gas.

14,0 cv a 8.000 rpm alc.

Torque

1,24 kgf.m a 6.000 rpm

1,39 kgf.m a 6.000 rpm gas.

1,53 kgf.m a 6.000 rpm alc.

Peso

121 Kg

119,1 kg (ESD)

     

Alimentação

Carburador PZ 27

Injeção Eletrônica PGM-FI

Freio Dianteiro/Traseiro

Disco / Disco

Disco / Tambor

Pneu Dianteiro

2.75/ 21

90/90 – 19 M/C 52P

Pneu Traseiro

4.10 / 18

110/90 – 17 M/C 60P

Rodas Diant. /Tras.

21 polegadas / 18 pol.

19 pol. / 17 pol.

Suspensão Dianteira

Telescópica invertida

Telecóspica convencional

Suspensão Traseira

Balança monochoque

Balança monochoque

Tanque de combustível

6,5 litros (2,3 l de reserva)

 12 litros (1 l de reserva)

Preço Sugerido                

R$ 6.790                         

R$ 8.990 (ESD)

Fotos: Luís Roberto



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: Dafra Maxsym 400i oferece conforto na estrada

Honda anuncia chegada dos modelos CB 650F e CBR 650F

Avaliação da Triumph Tiger Sport

Teste: Triumph Thruxton é café racer customizada de fábrica

Teste: Yamaha VMax é pura força bruta

Duelo caseiro: NC 700X vs. CB 500X

Teste Honda CB 500X: A mais divertida da família!

Honda anuncia chegada dos modelos CB 650F e CBR 650F

Teste: Triumph Thruxton é café racer customizada de fábrica

Avaliação da Triumph Tiger Sport

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250

Yamaha traz para o Brasil a MT-09, confira nossa avaliação!

Yamaha lança XTZ 150 Crosser e nós já avaliamos, confira!

Teste: Yamaha VMax é pura força bruta


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss