moto.com.br

Publicidade:

Testes

Nova CB 600F Hornet 2012 mudou apenas na aparência

31 de August de 2011
Compartilhe este conteúdo:

Roberto Brandão Filho

No começo do mês apresentamos a nova Honda CB 600F Hornet 2012 e agora colocamos as duas versões, 2011 e 2012, lado a lado para comparar as diferenças e dar nossa primeira impressão sobre a nova Hornet. Lançada no Brasil em 2004, a naked de média-alta cilindrada é atualmente líder de vendas em sua categoria.

Para agradar mais ainda seus consumidores, o preço público sugerido do novo modelo caiu de R$ 33.260 para R$ 30.800 na versão Standard (avaliada por nós) e de R$ 36.680 para R$ 33.800 na versão equipada com freios C-ABS, com base no Estado de São Paulo para pagamento à vista, e não inclui despesas com frete e seguro. Geralmente esse não é o preço praticado pelas concessionárias e dependendo da lei da oferta e da procura o preço final pode ser mais alto que o anunciado.

O que mudou?

O novo design do conjunto óptico frontal ficou mais compacto e teve o farol e o painel, agora totalmente digital, integrados à carenagem, diferente do modelo antigo onde o painel se destacava da carenagem, um ponto de discórdia entre o público. O novo conjunto conta com velocímetro, indicador do nível de combustível, conta-giros, temperatura do líquido de arrefecimento, relógio, leitura do hodômetro total e parcial e ainda carrega novo computador de bordo que marca o consumo instantâneo e médio em km/litro, além do Range, que mostra quantos litros a moto faz a cada 100 km e quando se entra na reserva, quanto você ainda pode rodar, item de grande utilidade que a diferencia das demais da categoria.

Para receber a nova rabeta, o sub-chassi foi alterado, e deixou o design da traseira mais agressivo. O banco também é novo, mais estreito onde se encaixa a perna o que permite maior conforto e ergonomia para o piloto. Para o garupa também uma novidade. A alça de apoio agora é integrada ao design da rabeta. Outra idéia muito boa do pessoal da Honda foi introduzir quatro alças na parte debaixo do banco que permitem colocar amarras com maior facilidade. A traseira ganhou nova lanterna de LED integrada a rabeta, o que deixou o conjunto mais harmonioso e elegante.

Mais do mesmo

As especificações técnicas mantiveram-se as mesmas, mas podemos concordar que sua dirigibilidade e desempenho são um dos pontos fortes dessa moto. O que comprova isso são os diversos prêmios que a CB 600F Hornet conquistou durante esses anos: “Moto do Ano 2008”, “Imprensa Automotiva 2008”, “Moto de Ouro” (2009 e 2010) e “Guidão de Ouro” (2009 e 2010).

O Brasil é o país que mais vende Hornet no mundo, mas acredito que também seja onde há mais roubos do modelo. Isso principalmente porque o próprio proprietário da moto, às vezes por falta ou alto preço, acaba comprando peças no mercado negro. Para tentar minimizar isso, a marca da asa quer colocar mais peças de giro no mercado com um preço mais atrativo para que o consumidor sempre procure uma autorizada. Além disso, a Honda prometeu que a seguradora Honda dará melhores condições para o seguro.

O preço público sugerido também ficou mais atrativo. A média atual de vendas mensais é de 470 unidades, mas para a nova Hornet a Honda projetou uma média de 580 unidades por mês e com o maior volume de vendas, o preço ficou um pouco mais baixo; R$ 30.800,00 para a versão Standard e R$ 33.800,00 para o modelo com ABS (frete não incluso), nas cores Preta e Verde Metálica.

Fotos: Bruno Siciliano

Nesse teste a reportagem do MOTO.com.br usou jaqueta Alpinestars Ransom Waterproof, calça Alpinestars P1 Sport Touring Drystar e luvas Alpinestars Arctic Drystar
 



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste Daytona 675: Nem sempre a mais barata deixa a desejar!

Teste: Triumph Tiger Sport uma viagem de adrenalina

Teste: YamahaTénére 660 fica mais baixa e segura

Teste Triumph Tiger 800: A irmã indicada para o asfalto!

Primeiras impressões Honda NXR Bros 160: Por que não 200 cc?

Teste: Honda CG 150 Titan X Yamaha Fazer YS 150

Teste: Kawasaki Ninja 1000 dá show de turismo esportivo

Teste Daytona 675: Nem sempre a mais barata deixa a desejar!

Teste: Triumph Tiger Sport uma viagem de adrenalina

Primeiras impressões Honda NXR Bros 160: Por que não 200 cc?

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250

Honda anuncia chegada dos modelos CB 650F e CBR 650F

Teste: Primeiras impressões do scooter Honda PCX 150

Teste: YamahaTénére 660 fica mais baixa e segura


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss