moto.com.br

Publicidade:

Testes

Dafra Riva: Moto boa de preço e com estilo próprio

02 de March de 2012
Compartilhe este conteúdo:

Aladim Lopes Gonçalves

O segmento de motos de baixa cilindrada, na faixa de 100 e 150cc, detém cerca de 70% do mercado nacional de duas rodas. De olho nessa significativa fatia de motociclistas que querem um veículo bom e barato para contornar os problemas de transporte e do trânsito nas grandes cidades a Dafra passa a oferecer o modelo compacto urbano Riva 150, que chega as concessionárias da marca pelo competitivo preço de R$ 4.990.

A mais nova motociclista da Dafra foi apresentada no Salão Duas Rodas de 2011 e desde então já vinha sendo aguardado com expectativa e muita curiosidade. A Riva 150 é montada na fábrica da Dafra, em Manaus (AM), resultado da parceria da empresa com a Haojue, marca líder de vendas no mercado chinês há pelo menos oito anos.

- Confira o vídeo com a apresentação da Riva 150

A Riva 150 vem equipada com motor monocilíndrico de 149,4 cm³, comando simples no cabeçote (OHC), quatro tempos e arrefecimento a ar. A mecânica simples pode ser considera bastante simples, mas oferece potência de 12,1 cv a 8.250 rpm e torque máximo de 1,11 kgfm a 6.600 rpm. Nesse modelo, o sistema de alimentação ainda é dotado de carburador. O típico problema de vibração causado pelo funcionamento do motor não acontece na moto da Dafra devido ao uso de um balanceador que reduz significativamente os sacolejos.

O câmbio da Riva é de cinco marchas, com uma relação alongada com o legítimo propósito de fazer a moto atingir uma maior velocidade final. Além de ser menos cansativo para o motociclista na condição de rodar no trânsito urbano, menos trocas de marchas também podem proporcionar, de acordo com o estilo de pilotagem de cada um, uma significativa economia no consumo.

O painel de instrumentos é bastante completo - a exemplo dos novos modelos street que estão chegando ao mercado -, com conta-giros, velocímetro, hodômetro total e parcial e display digital para os indicadores de marcha e de combustível. As informações ficam bem visíveis e a iluminação noturna é agradável.

A falta do botão de corte de corrente pode causar estranheza para alguns na hora de montar na Riva 150, mas atualmente esse é um item que vem sendo gradativamente descontinuado nos modelos mais novos que vêm aparecendo no mercado. Outro elemento que ficou ausente foi o bagageiro, um recurso que aparece em outros modelos nesse segmento.

O design não é um elemento que se sobressai muito entre as motocicletas compactas, mas a Riva 150 consegue chamar a atenção pelo seu visual, que contém uma leve carenagem com spoiler sob o motor e duas aletas que envolvem o tanque de combustível. As rodas são de liga leve aro 18 com Pirelli City Demon. O conjunto acaba passando uma leve imagem de moto esportiva.

Essa percepção de esportividade vale tanto para o pessoal que conhece não entende tanto de moto quanto para os mais conhecedores dos veículos de duas rodas, já que em alguns momentos no trânsito alguns chegaram até a desacelerar da sua correria diária para dar uma conferida melhor no novo modelo. A pintura branca perolizada também contribui para deixar a moto mais chamativa.

Rodar com uma moto como a Riva 150 na triste realidade que é encarar o dia a dia do trânsito em uma grande metrópole como São Paulo torna essa árdua tarefa muito mais fácil. Oferecendo uma posição de pilotagem favorável e muito confortável para o motociclista, a nova moto urbana da Dafra mostra realmente que é uma opção interessante como meio de transporte.

As boas qualidade da Riva 150 vêm de fatores como um desenho ergonômico no banco, baixo peso estrutural, chassi em aço tubular e um guidão alto e curto, item que favorece seu deslocamento em meio ao trânsito carregado. E na hora de frear, a moto cumpre bem o seu papel, mostrando que o sistema com disco, na dianteira, e tambor, na traseira, está corretamente dimensionado para “segurar” os seus 136 kg.

Com a clara intenção de oferecer mais por menos, uma lógica que todo o consumidor sonha para um veículo na garagem de sua casa, nesse caso, motociclista, a Dafra dá mais um passo importante para impulsionar o seu ritmo de crescimento no mercado. Um exercício e um desafio interessante para os demais produtos nesse segmento, que estão presentes há mais tempo no mercado e são visivelmente mais caros.

De fato, a Riva 150 tem o preço mais agressivo nessa categoria de cilindrada, além disso, consegue entregar um design moderno e com leve toque esportivo. Um quesito que agrada, e muito, a grande maioria dos motociclistas. A moto pode ser encontrada nas concessionárias da marca nas cores Branco Pérola, Vermelho e Preto, com garantia de um ano.

Ficha Técnica
Motor: Monocilíndrico, 149,4 cm³, quatro tempos, OHC, refrigerado a ar
Potência: 12,1 cv a 8.250 rpm
Torque: 1,11 kgfm a 6.600 rpm
Câmbio: 5 velocidades
Alimentação: Carburador
Quadro: Tubular em aço
Partida elétrica ou a pedal
Suspensão dianteira: Garfo telescópico com 105 mm de curso
Suspensão traseira: Sistema Bichoque com curso de 77 mm
Comprimento: 1.995 mm
Altura: 1.095 mm
Largura: 760 mm
Entre-eixos: 1.280 mm
Altura mínima do solo: 178 mm
Tanque: 13,3 litros
Peso (em ordem de marcha): 136 kg
Freio dianteiro: Disco simples com 240 mm de diâmetro
Freio traseiro: Tambor
Pneu dianteiro: 2.75-18
Pneu traseiro: 90/90-18
Cores: Pérola, vermelha e preta
Preço sugerido: R$ 4.990

Fotos: Aladim Lopes Gonçalves



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Na lata! Avaliamos a Yamaha MT-07

Teste: Kawasaki Ninja H2 é um avião sobre rodas

Teste Yamaha R3, novidade nas miniesportivas

Teste: Harley-Davidson Low Rider tem estilo anos 1970

Teste: Yamaha T 115 Crypton é prática e econômica

Teste: BMW S1000RR emagrece e fica mais sofisticada

Teste: Para Kawasaki Z300 tamanho não é documento

Teste: Kawasaki Ninja H2 é um avião sobre rodas

Na lata! Avaliamos a Yamaha MT-07

Teste Yamaha R3, novidade nas miniesportivas

Teste: Para Kawasaki Z300 tamanho não é documento

Teste: KTM Duke 390 tem perfil de moto grande

Teste da Falcon NX4 por um usuário

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras