moto.com.br

Publicidade:

Testes

BMW R 1200 GS: A DONA DA ESTRADA

23 de February de 2010
Compartilhe este conteúdo:

André Jordão

Para marcar os 15 anos de tradição da bem sucedida série GS, a BMW Motorrad lançou, no ano passado, a R 1200 GS Special Edition, com ainda mais acessórios disponíveis. Este modelo comemorativo traz assento bicolor, para brisa fumê, protetores de mão, setas com LEDs e uma pintura branca alpina. Ela ainda traz protetor do cárter, cobertura dos cabeçotes em alumínio e rodas raiadas com aros “externos”, tudo para realçar seu gene de enduro.

Ao receber este modelo logo percebi que o local para avaliar esta motocicleta não podia ser próximo. Ela figura entre as melhores motos para se viajar do mundo e com tanta tecnologia embarcada, o Rio de Janeiro foi o local escolhido para testá-la.

Conforto + Tecnologia = Tranquilidade

Ao chegar na estrada você começa a pôr em prática toda a tecnologia que a R 1200 GS possui. O botão com as letras RDC, permitirá que você acompanhe eletronicamente a pressão dos pneus. Além de verificar cada vez que a moto é ligada, o sistema monitora permanentemente a calibragem dos pneus. Uma sigla já conhecida por todos também está presente neste modelo, o ABS. Os freios garantem segurança nas frenagens de emergência e podem ser desligados, o que é bom para quem não gosta do sistema.

Já o botão do ESA (Electronic Suspension Adjustment) permite ajustar eletronicamente as suspensões da BMW R 1200 GS. Outra tecnologia que ajuda e muito, principalmente no fora de estrada, é o ASC (Automatic Stability Control), um exclusivo controle de tração que evita derrapagens indesejadas em superfícies escorregadias. Pode-se acelerar sem medo, que o sistema corrige os exageros. Para os mais experientes, o ASC oferece um ajuste mais esportivo que permite leves derrapagens ou ainda pode-se desligar o sistema.

Depois de um tempo na estrada e tendo desvendado toda essa tecnologia, a vontade é ir mais longe. E é ai que entra um dos poucos defeitos desta moto. Seu tanque de 20 litros, não dá uma autonomia muito boa, em média ela fez 14,3/l — “bebe” bem —, o que foi suficiente para rodar 286km. Mas isso não é motivo para pânico, porque o computador de bordo irá lhe informar o consumo médio e a distância que você pode percorrer até o próximo posto. Além de velocidade média, relógio, nível de combustível e hodômetros. Dois mostradores analógicos – conta-giro e velocímetro – completam o painel.

Outro ponto positivo para o conforto, são os “bauletos” que podem ser instalados na lateral deste modelo especial da R 1200 GS. O esquerdo é um pouco menor por conta do escapamento,  mas os dois juntos lhe dão um bom espaço para as quinquilharias.   

Potência e Força que ajudam

A edição especial da GS tem a mesma base mecânica: o motor boxer de dois cilindros opostos e 1.170 cm³ de capacidade. Mesmo com refrigeração mista (ar e óleo), o propulsor, alimentado por injeção eletrônica de combustível, tem excelente desempenho: 105 cv de potência máxima a 7.500 rpm e torque de 11,7 kgf.m a 5.750 rpm.

Todos estes números se traduzem em muito conforto na estrada. Ao engatar a sexta marcha você só se concentra no seu caminho, pois a moto lhe dará torque e potência suficiente para realizar qualquer ultrapassagem, ou mesmo fugir de uma possível situação adversa.  A posição de pilotagem também favorece e, fez 550km, na ida, parecerem uma ida ao mercado. Vale uma ressalva aos pilotos altos com cerca de 1,90m como eu: toda vez que parei a motocicleta bati a canela nos cabeçotes, que na R 1200 GS, ficam bem à frente dos pedais. 

Até o momento da volta, a chuva não tinha aparecido, foi quando a 200km de São Paulo ela chegou. De baixo de muita água, foi assim que encerramos as avaliações desta motocicleta, que mesmo com o dilúvio se comportou bem. As suspensões BMW Telelever, com 190 mm de curso, na dianteira, e com 200 mm de curso, na traseira, aliada às rodas de aro 19, na frente e 17, atrás, mantêm ela firme no asfalto, inclusive passando por aquaplanagem.

Por fim um último defeito: seu preço. É preciso ter uma boa conta bancária para ter essa edição especial: R$ 80.900,00 e ela é sua. “Apenas” R$ 1.000 mais cara que a versão top de linha da R 1200 GS e com muito mais equipamentos.

Ficha técnica   
Motor:
Dois cilindros opostos (boxer), 4 válvulas por cilindro e refrigeração mista
Capacidade cúbica: 1.170 cm³
Potência máxima (declarada): 105 cv a 7.500 rpm
Torque máximo (declarado): 11,7 kgf.m a 5.750 rpm
Câmbio: Seis marchas
Transmissão final: eixo-cardã
Alimentação: Injeção eletrônica
Partida: Elétrica
Quadro: Multitubular em aço
Suspensão dianteira: BMW Telelever com 190 mm de curso
Suspensão traseira: BMW Paralever com 200 mm de curso
Freio dianteiro: Disco duplo de 305 mm de diâmetro
Freio traseiro: Disco simples de 265 mm de diâmetro
Pneus: 110/80-19 (diant.)/ 150/70-17 (tras.)
Comprimento: 2.210 mm
Largura: 935 mm
Altura: 1.450 mm
Distância entre-eixos: não disponível
Distância do solo: não disponível
Altura do assento: 870/890 mm
Peso em ordem de marcha: 225 kg
Peso a seco: 199 kg
Tanque de combustível: 20 litros
Cores: Branca alpina
Preço sugerido: R$ 80.900,00



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Teste: Honda CBR 600RR é uma esportiva dócil

Teste: Harley-Davidson Iron 883 e Triumph Bonneville T100

Teste Yamaha Crosser 150: Uma trail para o dia a dia

Teste BMW S 1000R: Amor à primeira volta!

Teste: Honda CTX 700N aposta no futuro do motociclismo

Triumph lança no Brasil a Thunderbird Commander

Teste: Comparativo BMW C 600 Sport versus Yamaha Tmax 530

Teste: Honda CBR 600RR é uma esportiva dócil

Teste: Harley-Davidson Iron 883 e Triumph Bonneville T100

Teste: Comparativo Flex Honda CB 300R x Yamaha Fazer 250

Teste Yamaha Crosser 150: Uma trail para o dia a dia

Yamaha lança XTZ 150 Crosser e nós já avaliamos, confira!

Teste: Primeiras impressões com a Honda CB 500X

CB 300 ou Fazer 250. Qual é a melhor?


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss