moto.com.br
Publicidade:

Acompanhe as novidades do Salão Duas Rodas 2015 em sua 13ª edição. Fique por dentro dos lançamentos de motos, bicicletas, peças, equipamentos e acessórios.

Salão Duas Rodas 2015 consolida negócios e diversão

23 de October de 2015

Com 64 horas de entretenimento, 268.794 mil visitantes, presença de 12 mil profissionais do setor em um dia exclusivo para negócios, 58 apresentações e shows, mais de 400 marcas e 500 modelos de motocicletas expostas, sendo 40 lançamentos. Esse foi o balanço da 13ª edição do Salão Duas Rodas, maior evento do setor da América Latina e um dos maiores do mundo, que aconteceu de 7 a 12 de outubro, no Anhembi, em São Paulo. Mais uma vez, o evento – organizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado – mostrou as novidades e tendências do mercado de duas rodas e foi um polo gerador de negócios, além de um espaço de entretenimento.

Para João Paulo Picolo, diretor do Salão, as expectativas para esta edição foram superadas. “Tivemos um feedback muito positivo do público presente e dos expositores. Os visitantes puderam conhecer as novidades das principais marcas de duas rodas do Brasil e do mundo, além de se divertir com todas as atrações que trouxemos este ano, como o Duas Rodas Experience; o grupo Força e Ação, de manobras radicais sobre duas rodas; os testes rides da Honda e Yamaha; o Led’s Tattoo, que pela primeira vez esteve no evento; o Triumph Wheelie Machine, com desafio para empinar uma moto, Jorge Negretti e equipe em shows de acrobacias, e muito mais. Fora que as marcas expositoras ficaram satisfeitas com o público e com os contatos feitos”,declara Picolo.

Para Marcos Fermanian, presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), o evento teve um saldo positivo. “A 13ª edição do Salão Duas Rodas reforçou ainda mais o comprometimento das fabricantes com o mercado nacional. Foram cerca de 40 lançamentos e atualizações apresentadas durante o evento, bem como a entrada de novas marcas, que devem estimular o segmento nesse final de ano”, diz Fermanian.

DIA EXCLUSIVO PARA PROFISSIONAIS DO SETOR É APROVADO
Trazendo sempre novidades, o Salão Duas Rodas inovou nesta edição por abrir suas portas um dia antes –6 de outubro – para que profissionais do setor pudessem conhecer as novidades e lançamentos, fazer contato com expositores, networking, realização de negócios e abertura de novos canais de venda. Tudo com muito conforto e agilidade. “Essa foi uma decisão acertada, pois tivemos a adesão de 12 mil profissionais do setor que puderam vir e ter contato direto com os expositores e falar de negócios. Pelo retorno que tivemos, os expositores também aprovaram a iniciativa”, avalia João Paulo Picolo. Neste mesmo dia houve, pela primeira vez no Salão, o Premium Club Plus – ação de relacionamento com os compradores Vips do setor. O projeto contou com a presença de 200 compradores com poder de decisão,que participaram de 100 reuniões de negócios junto aos expositores do evento.

Quem também aprovou a iniciativa foram os profissionais do segmento de duas rodas. “Um dia exclusivo para os profissionais é superimportante para uma melhor visualização dos produtos e mais tranquilo para conversar com os expositores e ver os lançamentos das marcas”, disse Vinícius Guerra, da 74 Motos Ltda. Luciana Araújo, da Potiguar Norte, também gostou da ideia. “Está sensacional visitar o Salão com o público restrito, pois facilita para ver os lançamentos da marca que represento, a Honda. O Salão está lindo”. Superação é a palavra que define o evento, segundo Marta Martinelli, da Motonanuque. “O Salão Duas Rodas parece que a cada ano se supera. Eu vim para uma reunião nacional e também para visitar. Está tudo espetacular, além de ser o momento ideal para que possamos fazer networking e trocar informações calmamente”, declarou.

CONFORTO E AGILIDADE: VENDA ANTECIPADA DE INGRESSOS
Outra inovação foi a venda de ingressos antecipada no site do evento. Desde o mês de maio, os amantes das duas rodas puderam adquirir a sua entrada para conhecer os lançamentos do Salão e visitar o evento de forma ágil e prática, já que puderam imprimir seu ingresso em casa. “A venda de ingressos pelo site também foi um grande sucesso. Semanas antes do início do evento, nós já tínhamos batido o número de vendas da edição anterior. Prova de que as pessoas estavam interessadas em garantir seu acesso e do crescimento do setor. Fizemos também uma campanha maciça nas redes sociais, inclusive oferecendo descontos para quem curtisse nossa página no facebook, o que nos ajudou bastante”, avaliou o diretor.



GRANDES LANÇAMENTOS MARCARAM O SALÃO DUAS RODAS
Triumph, Harley-Davidson, Yamaha,Traxx, Kawasaki, Honda, Dafra, BMW, Ducati, Polaris, Suzuki foram algumas marcas que fizeram seus lançamentos dentro do Salão Duas Rodas. A KTM e a Indian Motorcycle escolheram o evento para iniciar suas atividades no mercado brasileiro e mostrar seus produtos para os amantes das duas rodas. A aceitação do público foi imediata e de sucesso. Ao todo foram 400 marcas e 500 modelos de motocicletas apresentadas, sendo 40 lançamentos. Na Harley-Davidson, por exemplo, foi possível conhecer a primeira motocicleta elétrica da história da marca americana. Ela é um protótipo e ainda não está à venda, mas os visitantes do Salão puderam não só conhecer, mas também fazer um test ride “virtual” no modelo, por meio de um simulador. A Indian Motorcycle escolheu o Salão para mostrar os cinco modelos que serão vendidos no país: Scout, Chief Classic, ChiefVintage, Chieftain e Roadmaster.

Para quem curte grandes máquinas, a Kawasaki lançou a Ninja H2R, exclusiva para as pistas. A moto de 316 cavalos de potência só será vendida por encomenda. Já a Triumph apresentou no evento duas novas versões da Tiger 800, sendo a top de linha a XCa, que possui faróis de neblina de LED, bancos e manopla aquecidos, suporte lateral para malas e suporte para GPS. Na Honda foi possível conhecer a scooter que será vendida no Brasil a partir de 2016. O destaque foi a mecânica moderna, boa dose de tecnologia e estilo que mescla o moderno e o clássico e ainda marca a Honda no segmento de scooters de média cilindrada no país.

A chinesa Traxx apresentou, entre outros modelos, a cinquentinha Sky 125 Plus, equipada com motor 8,8 cv a 7500 rpm e torque de 0,96 kgfm. O câmbio rotativo e semiautomático não utiliza embreagem. O painel apresenta mostrador de marcha, hodômetro, marcador de combustível e indicadores de luz alta e neutro. Seu tanque comporta cinco litros. O modelo ainda é conceito e, em breve, entrará em linha de produção. A Yamaha revelou a inédita Factor 150, com motor flex e de uso urbano e utilitário. Também foi apresentada a nova geração da R1, com motor de 4 cilindros e 998 cc e capaz de render 200 cavalos de potência máxima. Outra novidade foi a MT-09 Tracer, baseada na naked MT-09, mas recebeu modificações para se tornar mais confortável e apta a viagens.

Já a BMW promoveu a estreia mundial de um modelo de baixa cilindrada no Salão Duas Rodas: o G 310 Stunt. Em São Paulo, ele aparece ainda como protótipo, mas a marca diz que a versão final será apresentada até o final do ano e que o modelo será produzido também em Manaus, provavelmente a partir do ano que vem. A Dafra revelou duas novidades: a Horizon 150, que estará em breve nas lojas, e substitui a Kansas, que teve produção encerrada; e uma scooter, segmento que a marca irá apostar mais forte nos próximos anos. A Ducati mostrou a Scrambler em várias versões: Urban Enduro, Icon, FullThrottle e Classic. Em todas as versões, a Scrambler conta com motor bicilíndrico de 803 cm³ e 75 cavalos, acoplado ao câmbio de seis marchas. O visual da Scrambler tem como referência o modelo dos anos 1960 e 1970. A KTM, maior fabricante de motos europeia, apresentou a 390 Duke e a 200 Duke, que logo chegarão ao mercado brasileiro. O Salão também foi o espaço ideal para acessórios, itens de segurança e muito mais.



ATRAÇÕES NA ÁREA INTERNA E EXTERNA MOVIMENTARAM O SALÃO DUAS RODAS
Programa ideal para toda a família. Assim foi a 13ª edição do Salão, que contou, ao todo, com 58 apresentações e shows voltada para todas as idades. Na parte externa do Anhembi, grandes atrações atenderam os aficionados das duas rodas, como o Honda Scooter Experience, onde participantes puderam fazer testes rides. Dos mais de 268 mil visitantes, pelo menos 6 mil puderam, pela primeira vez no evento, pilotar grandes motocicletas de marcas famosas premium com valor de mercado de mais de R$ 100 mil. Uma experiência que, certamente, agradou ao público. Uma das novidades foi a SH 300i, sucesso na Europa, com mais de um milhão de unidades vendidas, sua chegada está prevista para o primeiro semestre de 2016 marcando a estreia da Honda no segmento de scooters de média cilindrada no Brasil. No entanto, no Salão Duas Rodas, a empresa possibilitou testes para motos de alta cilindrada Honda, e o visitante teve a possibilidade de dirigir uma NC 750X. Ao todo foram realizados 5.173 testes, sendo 2.129 no espaço dedicado às scooters e 3044 em motos de alta cilindradas.

Teve ainda o Test Ride da Yamaha, que funcionou full time. No espaço era possível pilotar uma MT07, de 700 cilindradas. Outra atração outdoorfoi o Duas Rodas Experience. “Os testes aconteceram com total segurança, disponibilizamos equipamento de segurança individual para todos que participaram do nosso espaço”, contou Clóvis Gesteira, coordenador de negócios da marca. No Duas Rodas Experience, parceria com a Revista Duas Rodas, patrocínio da Pirelli e Mobil, ecom o capacete oficial da Taurus, o público pôde sentir a adrenalina de uma rápida arrancada, teste de frenagem, dirigibilidade, agilidade e ergonomia de modelos premium de grandes marcas como BMW, Triumph, Kawasaki, Ducati e KTM. “Fizemos mais de 3 mil testes. Os participantes puderam escolher entre cinco motos de cinco marcas distintas. Eles saíram felizes. A avaliação do público foi unânime”, disse Eduardo Tostes, representando a revista Duas Rodas.

O público era desafiado no Triumph Wheelie Machine, que foi realizado pela primeira vez no Salão. A atração era um simulador projetado para “empinar” com total segurança uma Triumph Daytona 675R em condições reais de funcionamento da motocicleta. Instrutores devidamente treinados e qualificados conduziram cada participante desde a utilização do equipamento de segurança às técnicas de pilotagem para uma empinada correta.Cada participante teve três tentativas para empinar esta máquina inglesa, campeã em sua categoria entre todas suas concorrentes

O Força e Ação, com manobras radicais sobre duas rodas, também foi um espaço bastante disputado pelo público durante os dias de evento. “Foi fantástico. Não esperávamos que o público se deslocasse até o nosso espaço [no estacionamento do Anhembi], mas superou a nossa expectativa, pois foi melhor do que quando era no sambódromo. Os dias mais concorridos foram sábado e domingo à noite”, disse Fábio Rolim, piloto e líder da equipe. Jorge Negretti e sua equipe foram, mais uma vez, um show à parte durante o evento. Sempre lotado, o público festejava a vibrava a cada manobra e salto sobre caminhões na área externa do Anhembi.

Dentro do Anhembi, a atração Moto Trial, que contou com a presença do piloto espanhol Jordi Pascuet, foi um destaque. “ O evento foi muito bom. Não temos nada para reclamar e muito para elogiar. Durante o campeonato, as pessoas ficaram esperando para assistir os competidores. Todos elogiaram e aplaudiram. Acreditamos que o nosso espaço agregou ao evento”, avaliou Cristiano Dias, proprietário da atração.



PÚBLICO GANHA GRANDES MOTOS NO SALÃO
O militar da Aeronáutica, Saulo Luna de Freitas, de 24 anos, foi o ganhador do campeonato Melhor Motociclista do Brasil. O concurso, uma parceria do Salão Duas Rodas com a Revista Duas Rodas, teve como principal objetivo estimular a pilotagem segura. Como prêmio, ele levou para casa uma Ducati Scrambler. O local recebeu cerca de 35 motociclistas comuns por dia. A primeira fase foi uma prova teórica de direção defensiva de motocicletas. Uma vez aprovado, era necessário mostrar a aplicação dos conceitos e o uso correto dos equipamentos de segurança na prova prática como: a utilização de jaquetas, capacete, luvas e botas; inspeção de pneus e luzes de sinalização; e habilidade ao fazer um percurso pré-definido. Quinze finalistas fizeram mais uma prova prática e Freitas saiu do Salão Duas Rodas pilotando uma Ducati Scrambler – modelo italiano que é o lançamento da marca no evento. "Achei a prova bastante tensa. O início das aplicações dos testes foi bastante apreensivo", disse o vencedor. 

Outro sortudo foi Tiago Alves Gonçalves, que levou para casa uma Harley-Davidson customizada, sonho de qualquer amante das duas rodas. Ele foi o ganhador da promoção do projeto Discovery Turbo, uma parceria do Discovery Channel com o Salão Duas Rodas. No espaço, a equipe AZ Motorcycle, mostrou a cultura biker que está em evidência hoje em dia. Ao final da customização, a moto foi sorteada.

VEJA MAIS
 
Fotos: Kiko Tokuda
Compartilhe este conteúdo:

Salão Duas Rodas 2015 consolida negócios e diversão

Salão Duas Rodas: Supergatas agitam a edição 2015

BMW cria campanha para G 310 Concept Stunt

Salão Duas Rodas: Vídeo das atrações e shows radicais

Mais de 5 mil testes de motos Honda no Salão Duas Rodas

Equipe Honda South America Rally Team no S2R

Race Tech entra no mercado de capacetes no S2R

Salão Duas Rodas: Vídeo do 1º dia da feira em 2015

Yamaha MT-09 Tracer leva aventura para o S2R

Salão Duas Rodas: Vídeo com motos Harley-Davidson

CB Twister 250 é grande atração da Honda no S2R

Salão Duas Rodas: Supergatas agitam a edição 2015

Salão Duas Rodas: Kawasaki lança motos de alta cilindrada

Salão Duas Rodas: Show de atrações para o público

Comentários

Anúncios em Super Destaque