moto.com.br
Publicidade:

Fique por dentro de tudo que acontece no Rally Dakar, considerado o rally mais difícil do mundo! Muita adrenalina, drama e superação.

Rally Dakar - O Rally mais difícil do mundo

Rally Dakar: Paulo Gonçalves fatura a sétima etapa

12 de January de 2015

Após um dia de descanso no acampamento de Iquique, no Chile, os participantes das motos voltaram no último domingo (11) à rota do Rally Dakar 2015 com um duro desafio: superar a primeira parte da etapa maratona, onde não podem ter assistência das equipes na manutenção dos veículos. A sétima especial, que culminou na chegada da categoria à Uyuni, na Bolívia, em 321 quilômetros percorridos, trouxe mais emoção na disputa pelo título, uma vez que o líder Joan Barreda (ESP), da Team HRC, terminou apenas em 12º e viu sua vantagem no acumulado despencar pela metade. A vitória ficou com o português Paulo Gonçalves, também da Honda.

O resultado abre um sinal de alerta para Barreda, que antes da etapa tinha uma diferença superior a 12 minutos sobre o seu principal rival e vice-líder Marc Coma (ESP), da KTM. Agora, ainda com mais seis dias de competição pela frente, o ponteiro está apenas 6min28s de distância do tetracampeão, segundo colocado do dia. Gonçalves, terceiro no geral, também se beneficiou do dia inconsistente do companheiro de equipe e diminuiu para 10min59s a vantagem do líder.

Vivendo altos e baixos, o austríaco Matthias Walkner, da KTM, voltou a figurar no Top 5 com a terceira posição, 30 segundos atrás do vencedor luso. O chileno Pablo Quintanilla segue em ritmo forte e completou em quarto, 1min32 atrás de Gonçalves. Já o brasileiro Jean Azevedo não teve grandes dificuldades para terminar a especial em 31º. O piloto da Honda South America Rally Team é o 28º na classificação geral.

Oitava etapa
A breve passagem do Dakar na Bolívia termina nesta segunda-feira (12) com a segunda parte da maratona e com o Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo, na rota. Serão 808 quilômetros de percurso total, sendo 784 km de trechos cronometrados, até o retorno da competição ao Chile.
 
Resultados (extraoficiais) – 7ª etapa do Dakar – Motos
1º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) 3h56min00s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +14s
3º Matthias Walkner (AUT) #27 (KTM) +30s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +1min32s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +1min49s
31º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +21min47s
 
Resultados (extraoficiais) - Classificação geral do Dakar após sete etapas – Motos
1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 25h40min48s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +6min28s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +10min59s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +25min16s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +29min20s
28º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +3h27min10s

A edição 2015 do Rally Dakar chegou no último sábado (10) à metade na cidade de Iquique, no Chile, com o abandono de 127 veículos (carros, motos, quadriciclos e caminhões), dos 406 que iniciaram a 37ª edição da competição no dia 4 de janeiro, em Buenos Aires (ARG). A terceira etapa, entre San Juan e Chilecito, na Argentina, foi a que mais castigou os competidores e teve o maior número de abandonos: 43 veículos deixaram a prova.

Os cinco brasileiros que disputam o Dakar continuam firme tentando desbravar os mais de nove mil quilômetros de prova pela América do Sul: Jean Azevedo, da equipe Honda South America Rally Team, nas motos, em 28º; a dupla Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, no carro da equipe Mitsubishi Petrobras, em 16º; e os estreantes André Suguita, com um quadriciclo Can-Am, em 17º, e o navegador Eduardo Sachs, com o português Ricardo Leal, em um Nissan, em 28º.

Dia de descanso para motos e quadriciclos
Após seis etapas e mais de 3.500 quilômetros percorridos pela Argentina e Chile, os competidores ganharam hoje um dia de descanso no acampamento de Iquique (CHI). Eles retornam ao “batente” no domingo (11) com a abertura da primeira maratona. O trajeto com destino a cidade de Uyuni, na Bolívia, terá um trecho cronometrado de 784 quilômetros, o maior deste Dakar.

Nas motos, a liderança continua com o espanhol Joan Barreda, da Team HRC, equipe de fábrica da Honda. Ele possui uma vantagem de 12min17s para o vice-líder e tetracampeão Marc Coma (ESP), da KTM. Já nos quadris, o polonês Rafal Sonik está tranquilo em primeiro, 16min08s de diferença sobre o chileno e atual campeão Ignacio Casale.

Sexta etapa
Na disputa da sexta etapa da competição, os pilotos espanhóis erraram o caminho e o piloto português Helder Rodrigues, da equipe Team HRC, venceu a especial que antecede o dia de descanso em Iquique (CHI). Décimo colocado antes da largada das motos nesta sexta-feira (9), no trajeto que saiu de Antofagasta em direção a Iquique, no Chile, em 318 km de trechos cronometrados, Helder Rodrigues precisava mostrar serviço após um início irregular no Rally Dakar. E ele finalmente conseguiu. O português saiu com a vitória na sexta etapa com o tempo total de 3h40min10s, 1min10s de vantagem para o estreante australiano e segundo colocado Toby Price, outro que teve uma importante performance.

O resultado fez Helder saltar quatro posições no acumulado. Agora, ele ocupa o sexto lugar e está pouco mais de 36 minutos atrás do ponteiro Joan Barreda. Por falar no espanhol, que até agora tem ditado o ritmo da 37ª edição da prova, o também piloto Honda conseguiu manter boa distância sobre o vice-líder e tetracampeão Marc Coma, da KTM, na classificação geral. A diferença entre eles continua em 12 minutos. No km 130 da especial, os compatriotas chegaram a errar o caminho e quase colocaram tudo a perder. No entanto, eles concluíram o percurso: Barreda em sexto, e Coma, em oitavo.

Quem teve atuação sólida e continua perseguindo o líder é o português Paulo Gonçalves. O piloto Honda foi o terceiro colocado do dia, 1min42s atrás do compatriota Helder. No geral, ele é o terceiro, 17min12s atrás de Barreda.

O brasileiro Jean Azevedo, da Honda South America Rally Team, terminou a sexta etapa na 33ª posição. Já no acumulado, o piloto de São José dos Campos (SP) é o 28º colocado.

Resultados (extraoficiais) – 6ª etapa do Dakar – Motos
1º Helder Rodrigues (POR) #5 (Honda) 3h40min10s
2º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +1min10s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +1min42s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +6min11s
5º Stefan Svitko (SVK) #18 (KTM) +6min42s
33º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +41min19s
 
Resultados (extraoficiais) - Classificação geral do Dakar após seis etapas – Motos
1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 21h38min35s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +12min27s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +17min12s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +29min57s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +33min44s
28º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +3h11min36s
 
Foto: Frederic Le Floch/DPPI


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Dakar: Vídeo de apresentação das etapas em 2017

Dakar: Edição 2017 da competição promete ser mais radical

Concept Lac Rose faz homenagem da BMW ao Rally Dakar

Dakar: Argentina, Bolívia e Paraguai no roteiro 2017

Dakar: Chile fica de fora e abre oportunidade para Brasil

Dakar: Brasileiros de UTV marcam presença no pódio

Dakar: Confira o vídeo da 13ª etapa de 2016

Dakar: Confira o vídeo da 1ª etapa de 2016

Conheça as motos na disputa do Rally Dakar 2016

Dakar: Vídeo de apresentação das etapas em 2017

Dakar: Edição 2017 da competição promete ser mais radical

Dakar: Argentina, Bolívia e Paraguai no roteiro 2017

Dakar: Jean Azevedo representa o Brasil nas motos

PILOTOS RALLY DAKAR

Comentários

Galeria de Fotos

Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender