moto.com.br
Publicidade:

Fique por dentro de tudo que acontece no Rally Dakar, considerado o rally mais difícil do mundo! Muita adrenalina, drama e superação.

Rally Dakar - O Rally mais difícil do mundo

Rally Dakar: Marc Coma é o grande campeão em 2015

19 de January de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Um título marcado pela regularidade. Foi assim o pentacampeonato do espanhol Marc Coma nas motos do Rally Dakar, conquistado neste sábado (17), em Buenos Aires (ARG), depois de 14 dias de aventura pela América do Sul. O piloto da KTM confirmou o favoritismo ao terminar a 37ª edição da prova com quase 17 minutos de vantagem para o segundo colocado, o português Paulo Gonçalves, da Honda. O estreante Toby Price (AUS), também da KTM, completou o pódio da categoria.

Apesar de ter vencido apenas uma das 13 etapas disputadas em 2015, Coma usou sua experiência e habilidade para estar durante todo o trajeto percorrido pela Argentina, Chile e Bolívia no pelotão de frente. Ele finalizou todos os trechos cronometrados entre os nove primeiros. Além da vitória no quinto dia, o competidor da equipe austríaca concluiu quatro estágios em segundo, dois em terceiro, um em quarto e quinto.

Coincidentemente, a pior colocação do espanhol no Dakar foi justamente a que lhe deu a liderança no acumulado das motos. Até então vice-líder da prova, seis minutos atrás de Joan Barreda, da Honda, Coma viu seu compatriota ter um dia terrível durante a oitava etapa, que passou pelo Salar de Uyuni, na Bolívia, e teve como destino Iquique, no Chile. Assim, o piloto da KTM, que completou o trecho apenas em nono lugar, assumiu o primeiro posto na classificação geral e não largou mais.

Hegemonia de equipe austríaca
Marc Coma, que com o quinto título na categoria igualou a marca do francês Cyril Despres, seu ex-companheiro de time, ajudou a aumentar a dinastia da KTM na competição. Agora, a equipe austríaca conta com 14 títulos consecutivos nas motos do rali mais perigoso do mundo.

Eslovacos confirmam boa fase
A 13ª e última etapa, que contou com apenas 101 km de especial por causa do mau tempo, terminou com dobradinha eslovaca, da KTM. Ivan Jakes venceu pela segunda vez na atual edição, 45 segundos a frente de Stefan Svitko. Toby Price acabou em terceiro, seguido de Paulo Gonçalves e Marc Coma.

Mulher faz história na categoria
A espanhola Laia Sanz, da Honda, entrou para história da categoria ao ser a primeira mulher a completar o Rally Dakar na nona colocação do acumulado. Ela superou o feito da francesa Christine Martin, também da Honda, que em 1981 terminou o trajeto disputado entre Europa e África na 10ª posição.

Brasileiro conclui o percurso
Jean Azevedo, de São José dos Campos (SP),  acabou o último trecho cronometrado deste ano em 24º lugar. O piloto da Honda South America Rally Rally Team terminou sua 17ª participação na prova na 22ª posição da classificação geral.

Todos os campeões das motos no Rally Dakar
2015: Marc Coma (ESP) – KTM 450 Rally
2014: Marc Coma (ESP) - KTM 450 Rally
2013: Cyril Despres (FRA) - KTM 450 Rally
2012: Cyril Despres (FRA) - KTM 450 Rally
2011: Marc Coma (ESP) - KTM 450 Rally
2010: Cyril Despres (FRA) - KTM 690 Rally
2009: Marc Coma (ESP) - KTM 690 Rally
2008: Cancelado
2007: Cyril Despres (FRA) - KTM 690 Rally
2006: Marc Coma (ESP) - KTM LC4 660 R
2005: Cyril Despres (FRA) - KTM LC4 660 R
2004: Nani Roma (ESP) - KTM LC4 660 R
2003: Richard Sainct (FRA) - KTM LC4 660 R
2002: Fabrizio Meoni (ITA) - KTM LC8 950R
2001: Fabrizio Meoni (ITA) - KTM LC4 660 R
2000: Richard Sainct (FRA) – BMW
1999: Richard Sainct (FRA) – BMW
1998: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1997: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1996: Edi Orioli (ITA) - Yamaha YZE850T
1995: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1994: Edi Orioli (ITA) - Cagiva Elefant 900
1993: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1992: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1991: Stéphane Peterhansel (FRA) - Yamaha YZE850T
1990: Edi Orioli (ITA) - Cagiva Elefant 900
1989: Gilles Lalay (FRA) - Honda NXR750V
1988: Edi Orioli (ITA) - Honda NXR750V
1987: Cyril Neveu (FRA) - Honda NXR750V
1986: Cyril Neveu (FRA) - Honda NXR750V
1985: Gaston Rahier (BEL) - BMW GS980R
1984: Gaston Rahier (BEL) - BMW GS980R
1983: Hubert Auriol (FRA) - BMW GS980R
1982: Cyril Neveu (FRA) - Honda XL500R
1981: Hubert Auriol (FRA) - BMW GS800R
1980: Cyril Neveu (FRA) - Yamaha XT 500
1979: Cyril Neveu (FRA) - Yamaha XT 500

Resultados (extraoficiais) – 13ª etapa do Dakar – Motos
1º Ivan Jakes (SVK) #21 (KTM) 52min06s
2º Stefan Svitko (SVK) #18 (KTM) +45s
3º Toby Price (AUS) #26 (KTM) 1min07s
4º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +1min15s
5º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +3min11s
24º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +16min21s

Resultados (extraoficiais) - Classificação geral do Dakar após 13 etapas – Motos
1º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) 46h03min49s
2º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +16min53s
3º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +23min14s
4º Pablo Quintanilla (CHL) #31 (KTM) +38min38s
5º Stefan Svitko (SVK) #18 (KTM) +44min17s
22º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +6h44min13s

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Dakar: Edição 2017 da competição promete ser mais radical

Concept Lac Rose faz homenagem da BMW ao Rally Dakar

Dakar: Argentina, Bolívia e Paraguai no roteiro 2017

Dakar: Chile fica de fora e abre oportunidade para Brasil

Dakar: Brasileiros de UTV marcam presença no pódio

Dakar: Confira o vídeo da 13ª etapa de 2016

Dakar: Toby Price é o grande campeão nas motos

Conheça as motos na disputa do Rally Dakar 2016

Dakar: Argentina, Bolívia e Paraguai no roteiro 2017

Dakar: Confira o vídeo da 1ª etapa de 2016

Rally Dakar: Honda lança CRF 450 para a competição

Rally Dakar: KTM planeja lançamento da 450 Rally Replica

Concept Lac Rose faz homenagem da BMW ao Rally Dakar

PILOTOS RALLY DAKAR

Comentários

Galeria de Fotos

Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender