moto.com.br
Publicidade:

Rally dos Sertões

Rally dos Sertões: Vitória de Cyril Despres na 6ª etapa

30 de July de 2013
Compartilhe este conteúdo:

O sexto dia de competições no Rally dos Sertões partiu da cidade de Natividade com destino a cidade de Palmas, ambas no Tocantins. Foram percorridos 424 quilômetros sem assistência mecânica, pois desde ontem os competidores estão disputando a etapa Maratona. O vencedor foi o francês Cyril Despres com o tempo de 3h52min50s.

O até então líder, o espanhol Marc Coma (KTM), enfrentou problemas e perdeu a liderança para o francês Cyril Despres (Yamaha), que venceu a segunda e pela primeira vez aparece na liderança. O destaque brasileiro do dia foi o pentacampeão do Sertões, Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally), que entrou no meio da disputa entre as feras internacionais e fez o segundo tempo, colado em Despres, com diferença de 59 segundos. A terceira posição ficou com o polonês Jakub Przygonski (KTM).

No acumulado, as diferenças são muito pequenas e a disputa promete muito ainda: o português Paulo Gonçalves (Speedbrain 450 Rally), sexto no dia, está em segundo lugar a 5min15 de Despres, seguido pelo polonês Jakub, a 22min08 do líder. Amanhã será outro grande teste de resistência. É dia de entrar no deserto do Jalapão, percorrer a maior especial de todos os tempos com 514 km e o maior percurso total até agora: 746 km. Uma especial completíssima, vai ter de tudo. Os competidores farão um laço, saindo de Palmas e voltando a Palmas.

Feliz com o resultado, Despres foi se refrescar no Rio Tocantins assim que chegou. "Muito legal chegar em Palmas e ter esta praia nos esperando. Dá uma sensação de renovação depois de passar tanto calor durante a especial com todas as roupas de proteção, capacete e botas e poder se refrescar nas águas deste rio. Quanto à competição, a maratona é um pouco diferente porque tem que cuidar da moto, dos pneus e se concentrar muito para não errar. Foi um dia bem rápido, uma especial bacana, mas não dá para acelerar tudo justamente por ser a parte final da maratona. Para ganhar o Sertões é preciso ser rápido, mas não toda vez. A moto me impressionou, foi muito bem, assim como os pneus", analisou o francês.

Coma, que da liderança caiu para sétimo no acumulado a 38 minutos do líder, descreveu o problema enfrentado. "Tive um problema no aro da roda traseira. Então tive que vir lento até o final, pois não tinha como forçar. Infelizmente, isso acontece", lamentou. Já Azevedo falou de sua superação para conquistar o resultado. "Tive uma lesão no ombro direito antes da competição e não estou correndo como gostaria. Hoje, como o piso era menos acidentado e mais rápido, e isso me favorece, eu não senti o ombro e pude conseguir um bom resultado. Com a lesão, quando pego muita quebradeira não consigo render tanto. Agora é preparar para tentar subir ainda mais", comenta o piloto, que está em oitavo no acumulado.

No acumulado entre os brasileiros, o melhor é Dario Julio (Honda Mobil de Rally), que hoje terminou em quarto lugar e subiu uma posição no geral, agora em quinto, seguido pelo companheiro na Equipe Mobil Honda de Rally, Ike Klaumann (oitavo hoje) e sexto no acumulado.

Quadriciclos
Nos Quads, o polonês Rafal Sonik (Honda TRX 700) vence a quinta seguida, mas a diferença para o segundo colocado no dia e no acumulado, o brasileiro Marcelo Medeiros, atual campeão, caiu de 23 para 21 minutos. Eletrizante está o duelo entre Medeiros (Yamaha Raptor 700) e Robert Nahas (Honda TRX 700), que hoje foi o terceiro do dia. A diferença que ontem era de sete minutos, caiu hoje para apenas 3min40.

UTVs
Entre os UTVs, Carlo Collet e Marcos Gouvea (Can Am Maverick) venceram a terceira seguida, seguidos por Bruno Sperancini/Lourival Roldan (Polaris RZR XP 900), que se mantém na liderança isolada no acumulado, com 58 minutos de vantagem para o estreante Rodrigo Varela/João Arena (Can An Comander), que hoje completou na terceira posição.

Amanhã acontece o dia mais longo desta 21ª edição do Rally dos Sertões. Os pilotos vão percorrer em vários tipos de terreno um total de 746 quilômetros, sendo 514 de trechos cronometrados.

Etapa do dia
6ª Etapa - 30/07 - terça-feira
NATIVIDADE (TO) - PALMAS (TO)
Deslocamento inicial: 27 km
Trecho de Especial: 355 km
Deslocamento final: 43 km
TOTAL: 424 km

Resultado motos - sexta etapa (extraoficial):
 
1º #5 Cyril Despres 3h52min50s
2º #25 Jean Azevedo 3h53min50s
3º #3 Jakub Przygonsky 3h54min57s
4º #10 Dário Júlio 3h55min44s
5º #34 Fausto Mota 3h58min10s
8º #13 Ike Klaumann 4h01min27s
 
Resultado motos - acumulado após seis etapas (extraoficial):
 
1º #5 Cyril Despres 15h35min05s
2º #4 Paulo Gonçalves +5min15s1
3º #3 Jakub Przygonski +22min08s2
4º #7 Michael Metge +27min45s9
5º #10 Dário Júlio +32min51s1
6º #13 Ike Klaumann +35min53s4
8º #25 Jean Azevedo +42min48s3

Confira como será a etapa de amanhã (31):
Palmas (TO) - Palmas (TO)
Deslocamento Inicial: 109 km
Especial: 514 km
Deslocamento Final: 123 km
Total do dia: 746 km

Fotos: Marcelo Maragni/Vipcomm/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

Sertões: Edição histórica de 25 anos promete fortes emoções

Sertões: Pagamento em até 10 vezes na CRF 230

Piloto amputado chega em 19ª lugar no Sertões 2016

Sertões: Ações sociais marcaram a competição em 2016

Sertões: Categoria Regularidade foi atração em 2016

Sertões: Prova de Goiânia (GO) a Bonito (MS) em 2017

Sertões: Categoria Regularidade foi atração em 2016

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

Lista de pilotos Rally dos Sertões 2016

Sertões: 2016 com saída em Goiânia e final em Palmas

Sertões: Edição histórica de 25 anos promete fortes emoções

Sertões: Categoria CRF 230F é porta de entrada

Sertões: Contagem regressiva para edição 2016

Comentários ( 0 )


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Vídeos Rally dos Sertões

Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Sponsors