moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Rally Transbahia: Confira o percurso da prova em 2013

Organização revela as características da prova de motos, válida pelo Brasileiro de Enduro de Regularidade

07 de March de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A organização da 3ª edição do Rally Transbahia revelou distâncias e características do percurso das motocicletas, que terão planilha exclusiva na terceira edição do evento válido pelo Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade. Entre os dias 11 e 13 de abril, os pilotos percorrerão 622 quilômetros, de Porto Seguro a Itacaré, passando por Canavieiras e Ilhéus, no sul do Estado.

“Os três dias de prova terão nível técnico parecido, com picos de dificuldades e médias justas. Os competidores serão bastante exigidos na parte de navegação”, antecipou Edimilson José Campos, da Pró Enduro. Assim como nas duas edições anteriores, ele será o diretor de prova das motocicletas. O percurso para carros, quadriciclos e UTVs está na fase final de conferência das distâncias e postos de controle, e em breve será divulgado pela organização.

Por terem caminho exclusivo, as motocicletas enfrentarão dificuldades específicas. “Há trechos por onde só as motos passam. A prova da categoria será totalmente diferente, em alguns locais os veículos de quatro rodas passarão longe, a 50, 80 quilômetros de distância. O trajeto das motos também será bem diferente das últimas duas edições do Transbahia, com trilhas inéditas”, continuou Campos.

Em alguns pontos, os pilotos terão tempo para apreciar a bela paisagem da região. “Acredito que os competidores vão elogiar a prova, que exige que eles fiquem na adrenalina o tempo todo. Planejamos alguns trechos neutros em locais muito bonitos, o que irá ajudar quem estiver atrasado e ainda permitirá que os pilotos curtam um pouco e consigam olhar o visual”, concluiu o diretor de prova.

PROGRAMAÇÃO

11/4 – Etapa 1
Porto Seguro / Canavieiras
Trajeto: 277 km

Os pilotos terão pela frente plantações de eucalipto, estradas de areia, trechos rurais inóspitos e trilhas inéditas. O dia conta ainda com passagem por região serrana, incluindo aclives e declives bastante acentuados, além de locais de criação de bovinos e trechos pantanosos.

12/4 – Etapa 2
Canavieiras / Ilhéus
Trajeto: 190 km

Dia de altas velocidades, o qual irá exigir habilidade técnica e perícia na navegação. O palco da disputa é marcado por reservas ambientais e plantações de dendê, cacau e de eucaliptos. A região é plana, com terreno escorregadio.

13/4 – Etapa 3
Ilhéus / Itacaré
Trajeto: 155 km

A última etapa levará os competidores até Itacaré por caminhos de serra e com paisagens ímpares. Tendo a mata atlântica nativa como plano de fundo, os pilotos passarão por estradas abandonadas, riachos e pela beira do Rio de Contas. No final do trajeto, laços de trilhas inéditas colocarão mais uma vez a navegação à prova.

Fotos: Haroldo Nogueira/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Sertões: Goiânia (GO) abre as atividades da competição

Socorro (SP) tem programação de esportes em duas rodas

Sertões: UTVs Can-Am partem em busca do quinto título

Rally dos Sertões: Projeto Ideia Fixa realiza ações sociais no roteiro

Maiara Basso conquista Campeonato Brasileiro de Velocross

Rally dos Sertões 2017: Faltam apenas 10 dias para a largada

Brasileiro de Motocross: Carlos Campano vence e segue líder

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Bananalama 2017: presença de mais de 3 mil trilheiros em Corupá (SC)

Nova MXF 250RX será lançada no Bananalama 2017

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Bananalama 2017 em SC vai sortear 10 motos e 1 quadriciclo

Nova Yamaha de motocross é conectada ao smartphone


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras