moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Copa EFX de Enduro: Rômulo Bottrel é o grande campeão

21 de October de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A edição 2013 da Copa EFX Honda ASW de Enduro chegou ao fim no último domingo (20/10), com a sexta etapa, realizada em Poços de Caldas (MG). Um dia ensolarado depois de uma temporada agitada, foram conhecidos os campeões da competição. Na categoria Elite, a principal em disputa, o título ficou com o mineiro Rômulo Bottrel, o Oncinha, por apenas um ponto de vantagem sobre Nielsen Bueno - já descartando o pior resultado de cada piloto como previsto no regulamento.

A etapa final contou com a participação de 137 competidores, de mais de quatro estados, que percorreram 135 quilômetros. O estádio Dr. Ronaldo Junqueira sediou a largada da prova e também um extreme teste, no asfalto, com cerca de 500 metros. Além da disputa tradicional, houve também uma demonstração de trial, estreia do primeiro Desafio Pró Moto, que contou com a participação da equipe Gas Gas.

Nielsen Bueno para conquistar o título da Elite precisava concluir a trilha alcançando até a terceira colocação. Entretanto o mineiro não esteve em um de seus melhores dias neste domingo e completou a prova na quarta colocação. Com isso, a vantagem foi de Oncinha, que chegou em primeiro para garantir o título da categoria. Cauê Aguiar foi o segundo mais rápido, à frente de Rigor Rico. A trilha impôs grande dificuldade aos pilotos, que precisaram ficar atentos às pedras presentes no caminho.

“Para mim foi a prova mais dura do ano”, ressaltou Nielsen. "Não andei bem hoje. Cometi alguns erros que prejudicaram meu desempenho. Muita coisa deu errado. Mas, na minha avaliação geral, foi um ano bacana. Tivemos um campeonato muito disputado, com várias equipes prestigiando a competição”, completou o piloto que recebeu o troféu final das mãos do amigo e multicampeão Felipe Zanol. No próximo ano, Nielsen irá utilizar o número 1 por ter computado mais pontos na classificação geral, que engloba todas as categorias.

Para Oncinha, a vitória na última etapa foi um grande feito. “O Nielsen estava sob pressão por estar na liderança. Eu cometi alguns erros durante a temporada e cheguei aqui mais relaxado. O nível do campeonato está cada vez mais forte e isso é muito bom", analisou o mineiro.

Segundo Fábio Simões, diretor do Adrenatrilha Trail Clube, organizador da Copa, essa foi uma etapa diferente. “O ponto alto da prova foi o grande número de pedras no percurso. Os pilotos tiveram sempre que pensar que iriam encontrá-las em todos os trechos".

Popularmente conhecido como Fabião, o organizador adiantou possíveis novidades para a próxima temporada: "Este ano foi muito positivo para nós. Tivemos a nova parceria da Honda que ao lado da ASW incentivou muito, principalmente, as categorias de base. Em 2014, pensamos em atender a todas as cidades candidatas a sediar etapas da competição. Já temos cerca de 12 interessadas. Este ano tivemos seis fases e, quem sabe, para o ano que vem, conseguimos aumentar duas pelos menos".

A trilha contou com o levantamento de Renato Furmann, que também afirmou que esta foi uma etapa incomum. “Tivemos muita pedra e muitas montanhas, típicas da região. O levantamento foi feito com chuva constante, o que nos fez achar que a etapa seria mais difícil do que realmente foi para os pilotos. Em termos de dificuldade, acho que esteve dentro dos objetivos da Copa”, comentou.

A categoria Feminina, que ao longo do ano foi ganhando destaque e mais participantes, teve como campeã a piloto Janaína Souza. A paulista conquistou o público, durante a temporada, encerrando as provas da terceira colocação para cima e vencendo a maior parte das etapas da reta final da competição.

No sábado foi a vez dos pequenos pilotos entrarem na trilha com a categoria de incentivo XC-CRF 110F. Os demais campeões de 2013 foram: Ripi Ferreira de Oliveira (Enduro 1), Loandro Roger Anton (Enduro 2), Bruno Batista Martins (Enduro 3), André Tybiriçá (Enduro 4), Evaldo Tavares Nespoli (Enduro 5), Pelmio de Carvalho Filho (Enduro 6), Washington Caipira (Enduro 7) e Luiz Henrique Silveira (Enduro 8). Entre os clubes, a vitória foi do Gas Gas Racing Team, assim como na disputa do título por Equipes.

CLASSIFICAÇÃO 6ª ETAPA

Elite
1. Rômulo Bottrel
2. Cauê Aguiar
3. Rigor Rico
4. Nielsen Bueno
5. Vinicius Calafati Ribeiro
 
E1
1. Ripi Ferreira de Oliveira
2. Felipe Augusto Pacheco Limonta
3. Gustavo Henrique Correia Sena
4. Claudiney da Silva Couto
5. Marcos Paulo de Oliveira
 
E2
1. Loandro Roger Anton
2. Vinicius Luis Lopes da Silva
3. Paulo Henrique Vieira
4. Luiz Felipe Rosendo
5. Lucas Yoshio Ohara
 
E3
1. Bruno Batista Martins
2. Ronald Santi
3. Augusto Toshiro Matsumori
4. Betinho Polaz
5. Marcio Jose Ribeiro Junior
 
E4
1. Vicente de Melo Júnio
2. Nilson Jose Alves
3. Gustavo Marcondes Martins
4. Patric Chris Quentin
5. Rogério Rodrigues Montilla
 
E5
1. Evaldo Tavares Nespoli
2. Daniel Cardoso Silva
3. Gabriel Alvise Teixeira
4. Rodrigo Rivello
5. Caio Zanettin
 
E6
1. Pelmio de Carvalho Filho
2. Ernest Maiolini
3. Clericson Alan
4. Rodolfo Jose Ripamonti
5. Osmar Yuiti Shimosak
 
E7
1. Jean Pierre Buttazzi Junior
2. Breno Campos Christo
3. Valvissir Aguilar
4. Waldir Bertolucci Estevam
5. Heraldo Augusto Terra
 
E8
1. Felipe Gomes Alves
2. Luiz Henrique Silveira Bruno
3. Amarildo Borges de Carvalho
4. Luiz Felipe de Paula
5. Eder Luis de Vasconcelos
 
Feminina
1. Janaina Souza
2. Michelle Furmann
3. Tainá Aguiar
4. Andreia Fukumoto
5. Lilian Chagas
 
Equipes
1. Gas Gas Racing Team
2. Mão Colada
3. KR Internacional
 
Clubes
1. Gas Gas Racing Team
2. Sobre as Nuvens Campos do Jordão
3. KR Internacional
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO
Elite 1. Rômulo Bottrel 2. Nielsen Bueno 3. Cauê Paulini Aguiar 4. Rígor Rico 5. Júlio César Zavatti
E1 1. Ripi Ferreira de Oliveira 2. Carlo Bergamaschi 3. Claudiney da Silva Couto 4. Ramon Sacilotti 5. Giovanni Galzerano
E2 1. Loandro Roger Anton 2. Luiz Felipe Rosendo 3. Vinicius Luis Lopes da Silva 4. Lucas Yoshio Ohara 5. Henry Horita
E3 1. Bruno Batista Martins 2. Ronald Santi 3. Luiz Bueno da Silva Filho 4. Leonardo Machado Frossard 5. Marcio Jose Ribeiro Junior
E4 1. André Tibyriçá 2. Gabriel Carvalho Martins 3. Nilson Jose Alves 4. Felipe Lima 5. Thiago Guadelupe Biage
E5 1. Evaldo Tavares Nespoli 2. Riago Dilan de Oliveira 3. Rodrigo Rivello 4. Felipe Montechiari Vanelli 5. Flavio Yatsugafu
E6 1. Pelmio de Carvalho Filho 2. Clericson Alan 3. Rodolfo Jose Ripamonti 4. Julio Cesar Pereira 5. Leonardo da Graça Ribeiro
E7 1. Washington Caipira 2. Jean Pierre Buttazzi Junior 3. Valvissir Aguilar 4. José Antonio Ramos Cadima 5. Adalberto Gerez
E8 1. Luiz Henrique Silveira 2. Bruno Rafael Viviani 3. Luiz Felipe de Paula 4. Felipe Gomes Alves 5. Andre Ricardo Costa Lima
Feminina 1. Janaina Souza 2. Tainá Aguiar 3. Lilian Chagas 4. Marcella Gomes Gonçalves 5. Marina Caleffi de Souza

Fotos: Luiz Garcia (Agência Publix)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Latino-Americano de Motocross: Maiara Basso é representante do Brasil

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Ilhabela recebe grande final da temporada 2016 do Arena Cross

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras