moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Copa EFX de Enduro: Nielsen Bueno vence 4ª etapa

15 de July de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A disputa entre as feras do enduro seguiu acirrada no último domingo (14/07), nas disputas da quarta etapa da Copa EFX Honda ASW, realizada em Pindamonhangaba (SP). O cenário do interior paulista foi perfeito para a sequência da competição e a corrida pelo título da temporada. A maior de todas as brigas ficou entre os mineiros Nielsen Bueno e Rômulo Bottrel pela categoria Elite, onde o veterano levou a melhor.

Nielsen cumpriu os trechos cronometrados em 40min50s23, apenas 26s47 à frente do principal adversário. Estes pontos foram fundamentais para ele na classificação do campeonato. "Foi novamente uma prova interessante, com muita gente andando forte. A travessia de balsa é um diferencial e dá um tempero a mais no evento. A vitória foi muito importante para recuperar meu início de campeonato difícil."

Passadas quatro das seis etapas da temporada, Nielsen e Rômulo estão empatados na pontuação do campeonato com 80 pontos cada, já considerando o descarte do pior resultado. Em terceiro lugar, também muito próximo dos ponteiros, ficou Cauê Aguiar, que fez a primeira prova do ano na categoria, com uma moto 450cc.

Cauê Aguiar avaliou de forma muito positiva sua estreia com a nova motocicleta. “Essa prova aqui em Pindamonhangaba foi diferente das outras. Teve especiais muito rápidas. Para mim foi uma boa etapa. Essa é a primeiras vez que estou andando na Elite com a 450cc, todas as outras foram de 250cc. Cometi alguns erros e como a briga está muito apertada, temos que esperar alguns resultados para ver no que vai dar."

Travessia do Rio Paraíba
Pelo segundo ano a prova em Pindamonhangaba contou com o auxílio do 2º Batalhão de Engenharia e Combate do Exécito que organizou a logística da travessia do Rio Paraíba. Os miitares utilizaram a Portada Pesada Ribbon, coletes salva-vidas e bote de apoio garantindo a eficiência e segurança da operação.

Na categoria Enduro 1, o vencedor foi Ramon Sacilotti, na E2 quem levou a etapa foi Luiz Felipe Rosendo. Ronaldi Santi faturou a Enduro 3, assim como André Tybiriçá a Enduro 4, Felipe Vanelli a Enduro 5, Pelmio de Carvalho Filho a Enduro 6, Washington 'Caipira' a Enduro 7, Bruno Rafael Viviani a Enduro 8 e Janaina Souza a Feminina. A Gas Gas Racing Team levou a melhor tanto na disputa por equipes quanto pelos Clubes.

A competição comemora também a consolidação da categoria feminina que começou ano passado em caráter experimental e tornou-se categoria oficial em 2013. “Como a equipe feminina foi montada recentemente, há um mês, ainda estou me adaptando à moto, mas a prova foi muito bacana e o resultado maravilhoso. Essa é a minha primeira vitória na temporada e já assumi a liderança”, comentou Janaina, a vencedora entre as meninas.

A segunda colocação ficou com Marcella Gomes Gonçalves. “A prova foi ótima se comparada com o ano passado pelo fato de não ter chovido. O Enduro teste estava mais molhado do que este ano. Levei um tombo que me prejudicou bastante, machuquei o cotovelo, mas deu tudo certo”, analisou.

“Essa prova foi diferente das demais, não teve muito declive. Foi tudo mais planos. Tivemos várias especiais em uma só. Isso pode ajudar ou atrapalhar muita gente. Em alguns trechos estratégicos era preciso tomar cuidado para não se prejudicar”, comentou Tainá Aguiar, terceira colocada na classe Feminina.

No sábado o evento contou também com uma prova de infantil de cross country com 14 participantes.os vencedores foram: Thales Uemura, pilotando uma Honda CRF110F, na categoria XCI - 3, Renato Uemura na XCI-2, Márcio Ribeiro na XCJ-2 e Beatriz Machado na XC-I Feminina.

Para a organização, feita pelo Adrenatrilha Trail Clube, a etapa teve a sensação de dever cumprido, como enfatiza o diretor Fábio Simões. “A prova em Pindamonhangaba foi perfeita porque não tivemos nenhum acidente. Tivemos boas especiais. A presença da população foi ótima. Os pilotos gostaram muito das especiais. O apoio do exército mais uma vez foi muito bom, para fazermos a travessia do Rio Paraíba. Enfim, foi mais uma etapa em que todos saem satisfeitos”, analisou.

Sem descanso, ele já prepara o próximo desafio. “Nossa próxima etapa será em Mogi das Cruzes no dia 15 de setembro e, certamente, teremos novidades. Estamos levantando algumas trilhas que não estavam sendo usadas e sem faltar a especial dentro do ASW Off Road Park mais uma vez.”

Resultados 4ª etapa
Pos No Competidor Tempo/Dif Prim

Elite
1. 3 Nielsen Bueno, 0:40:50.23
2. 2 Rômulo Bottrel, +26s47c
3. 5 Cauê Paulini Aguiar, +45s14c
4. 8 Rígor Rico, +2m14s
5. 11 Vinicius Calafati Ribeiro, +2m41s

Enduro 01
1. 14 Ramon Sacilotti, 0:43:39.38
2. 12 Carlo Bergamaschi, +30s93c
3. 15 Ripi Ferreira de Oliveira, +1m02s
4. 18 Rodrigo Pereira Gomes, +2m07s
5. 19 Richard Fliter, +2m08s

Enduro 02
1. 23 Luiz Felipe Rosendo, 0:43:20.34
2. 22 Loandro Roger Anton, +10s13c
3. 27 Vinicius Luis Lopes da Silva, +1m35s
4. 25 Paulo Henrique Vieira, +2m49s
5. 24 Lucas Yoshio Ohara, +2m56s

Enduro 03
1. 36 Ronald Santi, 0:44:38.03
2. 37 Bruno Batista Martins, +3s05c
3. 44 Renan Bueno da Silva Filho, +1m54s
4. 46 Betinho Polaz, +2m39s
5. 38 Marcio Jose Ribeiro Junior, +3m38s

Enduro 04
1. 77 André Tibyriçá, 0:46:20.62
2. 108 Renato Henrique dos Santos, +30s50c
3. 78 Gabriel Carvalho Martins, +1m04s
4. 92 Thiago Guadelupe Biage, +2m19s
5. 81 Felipe Lima, +2m20s

Enduro 05
1. 118 Felipe Montechiari Vanelli, 0:45:16.16
2. 117 Evaldo Tavares Nespoli, 19s04c
3. 127 Renan Vieira Ferreira, 2m23s
4. 128 Anderson Belchior, 3m04s
5. 140 Gustavo Vieira Pereira, 3m29s

Enduro 06
1. 47 Pelmio de Carvalho Filho, 0:46:33.11
2. 48 Clericson Alan, +18s06c
3. 49 Julio Cesar Pereira, +40s20c
4. 50 Rodolfo Jose Ripamonti, +58s16c
5. 63 Leonardo da Graça Ribeiro, +1m17s

Enduro 07
1. 69 Washington Caipira, 0:47:57.42
2. 73 Manuel C. Madruga de Simas, +7s56c
3. 74 José Antonio Ramos Cadima, +34s80c
4. 70 Jean Pierre Buttazzi Junior, +59s65c
5. 71 Valvissir Aguilar, +3m09s

Enduro 08
1. 153 Bruno Rafael Viviani, 0:48:05.60
2. 151 Luiz Henrique Silveira, +4s04c
3. 159 Ramon Muniz Silveira e Cunha, +1m58s
4. 185 Danilo Luiz de Matos Ribeiro, +2m04s
5. 152 Luiz Felipe de Paula, +2m42s

Feminina
1. 144 Janaina Souza, 0:51:41.00
2. 146 Marcella Gomes Gonçalves, +11s76c
3. 143 Tainá Aguiar, +1m04s
4. 145 Lilian Chagas, +9m43s
5. 150 Marina Caleffi de Souza, +10m34s

Equipes
1. Gas Gas Racing Team
2. Bike Box
3. Pindorama Racing
4. Sobre as Nuvens
5. Fas Graficos

Clubes
1. Gas Gas Racing Team
2. Sobre as Nuvens
3. Bike Box
4. Amigos da Trilha
5. Aventuras no Vale

Fotos: Idário Café (PubliX)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Equatoriano Jetro Salazar é campeão brasileiro de Motocross

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piloto amputado chega em 19ª lugar no Sertões 2016

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras