moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Copa Brasil de MX esquenta o calendário Off Road

Pista do CETH, em Indaiatuba (SP), recebe a competição no dia 16 de agosto com premiações de mais de R$ 30 mil

07 de July de 2015
Compartilhe este conteúdo:

A cidade de Indaiatuba, na região de Campinas, no interior de São Paulo, sempre recebeu provas importantes de motocross e o Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH) serviu de palco para grandes para provas como o Motocross das Nações em 1999, e em 2011, sediou o GP Brasil de Motocross, além de etapas do Brasileiro de Motocross e Latino-americano de MX em outros anos. Na temporada 2015, a pista volta ao centro das atenções com a estreia da Copa Brasil de Motocross, em 16 de agosto.

A competição chega como uma nova alternativa de provas de alto nível para fãs, pilotos e todos envolvidos com o motociclismo Off Road brasileiro. A organização é chefiada pelos empresários Wellington Valadares, da IMS Racing, e Sandro Garcia, do Grupo Geração, que têm como objetivo alavancar a modalidade. 

Além de São Paulo, Santa Catarina também será o destino da Copa Brasil de Motocross em outubro. A cada parada, serão distribuídos mais de R$ 30 mil em prêmios até o 15º colocado em quatro categorias: MX1, MX2, Intermediária e MX3. 

“Queremos utilizar nossa experiência no motocross para fazermos uma excelente competição. Não se trata de um campeonato paralelo, pois temos o apoio da CBM, mas de uma iniciativa para promover o motocross no Brasil oferecendo a melhor estrutura ao público e aos patrocinadores envolvidos”, explica Valadares. 

Além das corridas, o público poderá acompanhar atrações extras no local, como um "centro de exposições" com produtos das marcas patrocinadoras, o festival de alimentação com food truck, box aberto ao público e sorteio de brindes para a plateia.

No sábado, 15 de agosto, a mesma estrutura montada para a Copa Brasil MX receberá a terceira etapa da Copa São Paulo de Motocross, com disputas em 11 categorias. Assim, o público terá a oportunidade de assistir às provas de alto nível com os melhores pilotos e equipes do Brasil em dois dias de competição. 

A Copa Brasil MX surge como mais um campeonato importante no calendário esportivo nacional, contando com o patrocínio de Honda e Yamaha, além do apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e de marcas reconhecidas no segmento, como IMS Race Wear, Grupo Geração, Stocovich, America Sports Motocross Parts, MCR Racing, General Motos e Web Racing.

A Prefeitura de Indaiatuba também é parceira da prova. O deputado estadual e ex-piloto, Rogério Nogueira, e o prefeito, Reinaldo Nogueira, já confirmaram apoio ao evento.

"Acredito que esta prova vai reacender a chama do motocross em Indaiatuba, que desde 1998, quando foi inaugurado o CETH, recebeu grandes eventos. Todo mundo gosta de Indaiatuba, os pilotos gostam, o público também. A prefeitura vai dar total apoio e, inclusive, já disponibilizou o maquinário para começar a arrumar a pista. Tem tudo para ser um grande evento", afirma Rogério Nogueira.  

Premiação
Uma das particularidades da Copa Brasil será a premiação diferenciada. Com intenção de incentivar a participação de um grande número de pilotos, a organização pagará até R$ 500 para o 15º colocado de cada categoria. De acordo com Sandro Garcia, esta premiação permite que o piloto tenha suas despesas de viagem diminuídas para participar de um grande evento, onde estarão presentes também as maiores equipes do país, como Honda Mobil, IMS Racing, Yamaha Grupo Geração e Escuderia X.

"Estamos fazendo um esforço para realizar um campeonato que ajude o piloto. Sabemos que no Brasil as distâncias são grandes, então escolhemos dois grandes centros para fazer as provas e ainda vamos dar uma premiação boa até o 15º colocado na MX1, MX2 e Intermediária. O piloto vai participar de uma grande prova, com os melhores do Brasil, em uma pista de alto nível, com estrutura de grande evento, e ainda ganha este incentivo na premiação”, salienta Sandro Garcia.

Vale ressaltar que quem fizer resultado melhor que 15ª ganha premiação ainda mais elevada. O primeiro colocado da categoria MX1 leva pra casa R$ 1.800, enquanto o primeiro da MX2 ganha R$ 1.500 e o primeiro da Intermediária recebe R$ 1.200.

SERVIÇO
Copa Brasil de Motocross 2015
Primeira etapa
Data: 16 de agosto
Local: Centro Educacional de Trânsito Honda
Cidade: Indaiatuba, São Paulo
Categorias: MX1, MX2, Intermediária, MX3
Inscrições: em breve
Ingresso: 1kg de alimento não perecível

Fotos: Mau Hass, Vitrus Digital e Reprodução



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Primeira etapa do Arena Cross 2017 acontece no litoral de SP

Copa São Paulo de VX teve disputas intensas em Atibaia

Luís Oliveira vence segunda etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2017

Tunico Maciel vence o Rally RN 1500 na categoria motos

Brasileiro de Enduro FIM: segunda etapa ocorre em Patrocínio (MG)

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Copa Interestadual de Motocross agitou Itajubá (MG)

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras