moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Copa Brasil de MX esquenta o calendário Off Road

Pista do CETH, em Indaiatuba (SP), recebe a competição no dia 16 de agosto com premiações de mais de R$ 30 mil

07 de July de 2015
Compartilhe este conteúdo:

A cidade de Indaiatuba, na região de Campinas, no interior de São Paulo, sempre recebeu provas importantes de motocross e o Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH) serviu de palco para grandes para provas como o Motocross das Nações em 1999, e em 2011, sediou o GP Brasil de Motocross, além de etapas do Brasileiro de Motocross e Latino-americano de MX em outros anos. Na temporada 2015, a pista volta ao centro das atenções com a estreia da Copa Brasil de Motocross, em 16 de agosto.

A competição chega como uma nova alternativa de provas de alto nível para fãs, pilotos e todos envolvidos com o motociclismo Off Road brasileiro. A organização é chefiada pelos empresários Wellington Valadares, da IMS Racing, e Sandro Garcia, do Grupo Geração, que têm como objetivo alavancar a modalidade. 

Além de São Paulo, Santa Catarina também será o destino da Copa Brasil de Motocross em outubro. A cada parada, serão distribuídos mais de R$ 30 mil em prêmios até o 15º colocado em quatro categorias: MX1, MX2, Intermediária e MX3. 

“Queremos utilizar nossa experiência no motocross para fazermos uma excelente competição. Não se trata de um campeonato paralelo, pois temos o apoio da CBM, mas de uma iniciativa para promover o motocross no Brasil oferecendo a melhor estrutura ao público e aos patrocinadores envolvidos”, explica Valadares. 

Além das corridas, o público poderá acompanhar atrações extras no local, como um "centro de exposições" com produtos das marcas patrocinadoras, o festival de alimentação com food truck, box aberto ao público e sorteio de brindes para a plateia.

No sábado, 15 de agosto, a mesma estrutura montada para a Copa Brasil MX receberá a terceira etapa da Copa São Paulo de Motocross, com disputas em 11 categorias. Assim, o público terá a oportunidade de assistir às provas de alto nível com os melhores pilotos e equipes do Brasil em dois dias de competição. 

A Copa Brasil MX surge como mais um campeonato importante no calendário esportivo nacional, contando com o patrocínio de Honda e Yamaha, além do apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e de marcas reconhecidas no segmento, como IMS Race Wear, Grupo Geração, Stocovich, America Sports Motocross Parts, MCR Racing, General Motos e Web Racing.

A Prefeitura de Indaiatuba também é parceira da prova. O deputado estadual e ex-piloto, Rogério Nogueira, e o prefeito, Reinaldo Nogueira, já confirmaram apoio ao evento.

"Acredito que esta prova vai reacender a chama do motocross em Indaiatuba, que desde 1998, quando foi inaugurado o CETH, recebeu grandes eventos. Todo mundo gosta de Indaiatuba, os pilotos gostam, o público também. A prefeitura vai dar total apoio e, inclusive, já disponibilizou o maquinário para começar a arrumar a pista. Tem tudo para ser um grande evento", afirma Rogério Nogueira.  

Premiação
Uma das particularidades da Copa Brasil será a premiação diferenciada. Com intenção de incentivar a participação de um grande número de pilotos, a organização pagará até R$ 500 para o 15º colocado de cada categoria. De acordo com Sandro Garcia, esta premiação permite que o piloto tenha suas despesas de viagem diminuídas para participar de um grande evento, onde estarão presentes também as maiores equipes do país, como Honda Mobil, IMS Racing, Yamaha Grupo Geração e Escuderia X.

"Estamos fazendo um esforço para realizar um campeonato que ajude o piloto. Sabemos que no Brasil as distâncias são grandes, então escolhemos dois grandes centros para fazer as provas e ainda vamos dar uma premiação boa até o 15º colocado na MX1, MX2 e Intermediária. O piloto vai participar de uma grande prova, com os melhores do Brasil, em uma pista de alto nível, com estrutura de grande evento, e ainda ganha este incentivo na premiação”, salienta Sandro Garcia.

Vale ressaltar que quem fizer resultado melhor que 15ª ganha premiação ainda mais elevada. O primeiro colocado da categoria MX1 leva pra casa R$ 1.800, enquanto o primeiro da MX2 ganha R$ 1.500 e o primeiro da Intermediária recebe R$ 1.200.

SERVIÇO
Copa Brasil de Motocross 2015
Primeira etapa
Data: 16 de agosto
Local: Centro Educacional de Trânsito Honda
Cidade: Indaiatuba, São Paulo
Categorias: MX1, MX2, Intermediária, MX3
Inscrições: em breve
Ingresso: 1kg de alimento não perecível

Fotos: Mau Hass, Vitrus Digital e Reprodução



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Brasileiro de Enduro FIM 2017: quinta etapa acontece em Paraopeba (MG)

Fred Kyrillos representa o Brasil na disputa do Nitro World Games

Confira cinco dicas valiosas para corrigir erros no motocross

Arena Cross: segunda etapa acontece em Criciúma (SC) dia 24

Contagem regressiva: 2 meses para a largada do Rally dos Sertões

Hard Enduro acontece nas montanhas de ferro da Áustria

Fred Kyrillos vai representar o Brasil no X-Fighters 2017

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Hard Enduro acontece nas montanhas de ferro da Áustria

Arena Cross: segunda etapa acontece em Criciúma (SC) dia 24

Confira cinco dicas valiosas para corrigir erros no motocross

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Yamaha Lander XTZ 250 e Jorge Negretti na escadaria de Santos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras