moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Brasileiro de MX: Etapa final no RJ define os campeões

23 de November de 2015
Compartilhe este conteúdo:

A última etapa da temporada 2015 do Campeonato Brasileiro de Motocross, realizada em Três Rios (RJ), no último final de semana (21 e 22/11), definiu os grandes campeões em mais um ano de muitas disputas e fortes emoções nas principais pistas do país.

Na categoria principal, MX1, o piloto espanhol Carlos Campano, da equipe Yamaha Grupo Geração conquistou o terceiro título nessa classe, com as conquistas de 2012, 2014 e agora de 2015.

Campano venceu a última etapa da temporada, com um terceiro lugar na primeira bateria e a primeira colocação na segunda corrida, somando 278 pontos.

"Sem dúvida, este título foi o melhor dos três que já conquistei no Brasil, pois o nível da categoria estava muito elevado, com pilotos fortes", afirma Campano.

O vice-campeonato ficou para o brasileiro Jean Ramos, da Yamaha Grupo Geração, que somou 242 pontos na classificação geral. No fim de semana, o paranaense repetiu o bom desempenho que apresentou durante toda a temporada. Mas com quedas nas duas baterias, Ramos terminou em nono a primeira corrida e em oitavo na segunda, ficando com o oitavo lugar na somatória da etapa.

"Considero que meu ano foi bom, mas cometi erros nesta prova. Meu principal aprendizado é de que tenho que arriscar mais e não simplesmente esperar o erro do adversário", avalia Ramos.

MX1 - Primeira bateria
Carlos Campano largou na frente, mas perdeu posições para Paulo e Alberto Adam Chatfield ainda na primeira volta. Jean Ramos largou na sexta colocação, chegou a ganhar posições até encostar em Carlos Campano, mas se chocou com um retardatário e caiu. Assim, Ramos terminou a bateria na nona colocação, ficando mais distante do título. Já Campano, com a terceira posição, abriu 24 pontos de vantagem na liderança faltando apenas 25 na disputa da última bateria.

MX1 - Segunda bateria
Jean Ramos largou em segundo lugar na última bateria, seguindo de perto Balbi Junior. Mas, Ramos acabou errando na entrada de um salto no meio da prova e caiu. Carlos Campano, que havia largado em sexto, foi ganhando posições e na parte final da prova conseguiu ultrapassar o líder, vencendo a segunda bateria.  

Já na categoria MX2, o piloto brasileiro Hector Assunção, da Equipe Honda Mobil, também anotou um tricampeonato com a conquista de mais um título no Brasileiro de Motocross na MX2, após vitória na primeira corrida da categoria da última etapa da temporada 2015.

Além da façanha em 2015, Hector Assunção foi campeão em 2014 e 2012. Aos 23 anos e natural de Osasco (SP), ele também tem dois títulos brasileiros na 65cc e um na 85cc.

“É muita emoção. Só quando eu acordar nesta segunda-feira que vou dar conta que sou tricampeão. Foi um fim de semana incrível, me senti muito à vontade na pista e saio da última etapa com duas ótimas corridas. Muito obrigado para todos da equipe”, diz Hector.

MX2 - Primeira bateria
Para levar o título com a CRF 250R, Hector Assunção precisava apenas chegar à frente de Dudu Lima, que terminou em terceiro lugar. Com a missão cumprida na primeira bateria, o piloto Honda comemorou a conquista com toda a equipe.

MX2 - Segunda bateria
Na segunda corrida, de novo, ele sobrou na pista. Já consagrado tricampeão, o piloto Honda venceu também a segunda bateria da categoria. Na primeira volta, Hector assumiu a ponta da corrida e seguiu à frente até o final, abrindo mais de 12 segundos em relação ao segundo colocado. Assim, o paulista encerrou o campeonato com mais uma vitória.

MX3
O gaúcho Duda Parise, piloto Honda da Escuderia X, levou o bicampeonato (2015 e 2011) brasileiro de motocross na MX3. Mesmo com a segunda colocação na última corrida da temporada, Duda já entrou na pista com o título antecipado, porque o seu adversário direto, Milton Becker, o Chumbinho, não participou da etapa. A vitória na prova ficou com o esloveno Roman Jelen, da Ipiranga IMS Levorin.

"É uma grande alegria ganhar mais esse título em um ano difícil para todo mundo. Estou deixando as pistas como piloto, mas espero continuar no meio", conta Duda emocionado que também anuncia a aposentadoria.

Júnior
Leonardo Almeida, da Dunas Team, encerrou com vitória a temporada 2015 do Brasileiro de Motocross, com a CRF 150R. Com o título da categoria garantido na penúltima etapa, o garoto de 15 anos acelerou forte para fechar o ano com mais um primeiro lugar.

O duelo, novamente, foi com Renato Paz. Os dois revezaram a liderança, mas no final, melhor para o piloto Honda, que comemorou no lugar mais alto do pódio. "É muito bom ser campeão brasileiro e também ganhar mais uma corrida para fechar o ano com chave de ouro. Quero agradecer toda a minha equipe pela temporada e agora é pensar nos futuros desafios", destaca Leo.

Wellington Garcia (MX1) e Gustavo Pessoa (MX2), ambos da Equipe Honda Mobil, não participaram da última do Brasileiro, pois se recuperam de cirurgias.

Resultados – 6ª etapa Brasileiro de Motocross – Três Rios (RJ)

Soma baterias MX1 – Cinco primeiros
1º Carlos Campano #1 – 45 pontos
2º Adam Chatfield #407 – 38 pontos
3º Thales Vilardi #27 – 36 pontos
4º Jetro Salazar #920 – 36 pontos
5º Paulo Alberto #211 – 35 pontos

1ª corrida da MX1 – Cinco primeiros
1º Paulo Alberto #211
2º Adam Chatfield #407
3º Carlos Campano #1
4º Jetro Salazar #920
5º Thales Vilardi #27

2ª corrida da MX1 – Cinco primeiros
1º Carlos Campano #1
2º Antonio Balbi Junior #3
3º Thales Vilardi #27
4º Jetro Salazar #920
5º Adam Chatfield #407

Soma baterias MX2 – Cinco primeiros
1º Hector Assunção #1 – 50 pontos
2º Fábio dos Santos #987 – 44 pontos
3º Eduardo Lima #2 – 40 pontos
4º Pedro Bueno #97 – 34 pontos
5º José Bryan Soares #31 – 33 pontos

1ª corrida MX2 – Cinco primeiros
1º Hector Assunção #1
2º Fábio dos Santos #987
3º Eduardo Lima #2
4º Pedro Bueno #97
5º João Pedro Ribeiro #282

2ª corrida MX2 – Cinco primeiros
1º Hector Assunção #1
2º Fábio dos Santos #987
3º Eduardo Lima #2
4º José Bryan Soares #31
5º Pedro Bueno #97

Corrida MX3 – Cinco primeiros
1º Roman Jelen #912
2º Duda Parise #992
3º Mariana Balbi #81
4º Rene de Alburquerque #911
5º Joelson Bazilio #199

Corrida Júnior – Cinco primeiros
1º Leonardo Almeida #62
2º Renato Paz #101
3º Tallys Brito #183
4º Thiago Brenner #24
5º Joaquim Neto #11

Fotos: Cesar Araújo/Vipcomm e Mau Haas/Yamaha Grupo Geração



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Latino-Americano de Motocross: Maiara Basso é representante do Brasil

Ilhabela recebe grande final da temporada 2016 do Arena Cross

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras