moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Brasileiro de MX: Balbi Jr. vence 2ª etapa correndo em casa

02 de June de 2014
Compartilhe este conteúdo:

O piloto Antonio Balbi Jr subiu no lugar mais alto do pódio nesta 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, realizada neste domingo em Pedra Bonita (MG). As disputas aconteceram na pista do Motoclube do Brigadeiro e contou com um grande número de público.

O piloto venceu a etapa na MX1 com a combinação de um primeiro lugar na primeira bateria e a segunda colocação na bateria final. Para Balbi Jr que completa 33 anos no próximo dia 9 de junho, a vitória foi um presente de aniversário antecipado.

“Ganhar essa prova me deixa muito orgulhoso. Hoje pude mostrar que posso andar na frente e fiquei muito feliz. Agora é continuar o trabalho para me manter vivo na briga pelo campeonato”, ressalta Balbi.

O espanhol Carlos Campano ficou na segunda colocação na somatória das duas baterias, mas ampliou a vantagem na liderança do Campeonato. O piloto tem 93 pontos, nove a mais que Jetro Salazar (84). Balbi Jr. é o terceiro com 79 pontos. “A pista estava bem divertida. O objetivo é sempre vencer as duas baterias, mas na primeira bateria acabei caindo. Mesmo assim o resultado foi positivo, pois continuo na liderança do Campeonato”, afirma Campano.

1ª Bateria
Uma prova muito disputada. Jetro Salazar largou na frete, seguido de Julien Bill, Wellington Garcia, Carlos Campano e Antônio Balbi Jr. Nas primeiras voltas aconteceram muitas trocas de posições.

Julien Bill começou a perder colocações e Wellington Garcia pressionou Jetro Salazar e conseguiu assumir a liderança. Mas Balbi vinha andando rápido e logo já era o ponteiro da prova. Carlos Campano que buscava boas colocações caiu e voltou na 9ª colocação.

O espanhol fez uma excelente prova de recuperação. Nas voltas finais a disputa entre Carlos Campano e Jean Ramos pela 4ª colocação levantou o público presente. Os dois pilotos chegaram a trocar posições por algumas vezes, mas na penúltima volta para o fim da prova, Carlos Campano conseguiu a ultrapassagem e assegurou o 4º lugar.

Balbi, andando mais rápido que os adversários, liderou a prova praticamente de ponta a ponta. Jetro Salazar foi o segundo, seguido por Wellington Garcia.

2ª Bateria
Balbi largou na frente dessa vez, seguido por Carlos Campano, Marcello Ferreira, o “Ratinho”, Julien Bill, Jean Ramos e Jetro Salazar.  O espanhol logo partiu para cima de Balbi Jr. e conseguiu a ultrapassagem.

Balbi sofreu uma queda e voltou na terceira colocação. Mas começou a pressionar Jean Ramos. Faltando cinco minutos para o fim da prova Balbi encostou ainda mais em Jean e conseguiu fazer a ultrapassagem para recuperar a posição.

Carlos Campano também sofreu uma pequena queda, mas se manteve na liderança até o fim da prova.
Leandro Silva sofreu um acidente e foi levado pelo helicóptero UTI para o Hospital Casa de Caridade em Carangola. A situação do piloto é estável. Um representante da CBM foi até ao hospital acompanhar o piloto, que passa por exames.

Somatória das Baterias
1º - Balbi Jr
2º - Carlos Campano
3º - Jetro Salazar
4º - Jean Ramos
5º - Wellington Garcia

Campeonato MX1
1º Carlos Campano #115 - 93 pontos
2º Jetro Salazar #920 - 84 pontos
3º Antonio Balbi Junior #3 - 79 pontos
4º Wellington Garcia #21 - 71 pontos
5º Jean Ramos #10 - 60 pontos

MX2
Na classe 250 o piloto Paulo Alberto, da Equipe Honda Mobil, assumiu neste a liderança do campeonato. O atual campeão finalizou em segundo lugar a única bateria da categoria. Paulo só ficou em segundo lugar no dia porque foi punido pela direção de prova. Ele havia vencido a corrida, no entanto foi penalizado em 30 segundos por saltar em bandeira amarela. Thales Vilardi herdou a vitória. Apesar disso, o gringo pulou para primeira posição na classificação geral com 67 pontos, mesma pontuação de Hector. O português lidera pelo critério de desempate (melhor resultado na última bateria).

Já a segunda bateria da MX2 foi cancelada em razão do helicóptero de resgate não estar presente no momento da atividade na pista do Motoclube do Brigadeiro, visto que foi utilizado para remoção do piloto Leandro Silva, que sofreu uma queda na segunda corrida da MX1 e precisou ser encaminhado a um hospital da região.

Resultado MX2

1º Thales Vilardi #27
2º Paulo Alberto #1
3º Hector Assunção #30
4º Fábio dos Santos #987
5º Eduardo Lima #2

Campeonato MX2
1º Paulo Alberto #1 – 67 pontos
2º Hector Assunção #30 - 67 pontos
3º Thales Vilardi #27 - 65 pontos
4º Anderson Cidade #20 - 53 pontos
5º Gustavo Henn #90 - 40 pontos



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras