moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Brad Baker é o campeão no Dirty Track Barcelona

Piloto americano, uma das grandes feras da modalidade, superou a disputa acirrada na Espanha com Marc Marquez e Jared Mees

14 de December de 2015
Compartilhe este conteúdo:
 
A terceira edição do Superprestigio Dirty Track, que aconteceu no último sábado (12/12), na Arena Palau Sant Jordi, em Barcelona (Espanha), decretou o fim do empate que havia até então, com um vitória para os Estados Unidos, com Brad Baker, e com uma vitória para o fenômeno espanhol Marc Marquez. Com uma pilotagem agressiva e contundente o piloto americano, considerado uma das grandes feras da modalidade, foi o grande campeão em 2015, superando também o compatriota Jared Mees.
 
Como o grande vencedor da terceira edição do Superprestigio Dirty Track, Brad Baker teve como companhia no pódio Marc Marquez, em segundo, e Jared Mees, em terceiro. Com esse feito, Brad Baker superou outras grandes feras das competições de motos na Superfinal, que teve as participações dos consagrados pilotos Alex Rins, Dani Ribalta, Xavi Vierge, Masatoshi Ohmori e Fredrik Lindgren.
 
A edição 2015 da competição foi marcada por corridas com momentos distintos. Logo na saída, fator decisivo no Dirty Track, Brad Baker conseguiu levar vantagem sobre os outros pilotos, uma pequena diferença que dificultou o ímpeto de ataque de Marc Marquez apesar de todo seu esforço nas 16 voltas da disputa final. Depois de várias tentativas de ultrapassagem, Marc Marquez pareceu  não ter a mesma disposição no início e parece ter preferido não se arriscar, garantindo o segundo lugar. Enquanto isso, Jared Mees, que tem feito um início muito irregular, conseguiu subir para o terceiro lugar, formando um pódio com pilotos de luxo.
 
O público de cerca de 8.700 espectadores que lotou a Arena Palau Sant Jordi desfrutou de uma noite inesquecível, com um verdadeiro show de pilotagem na pequena pista de terra com uma série de corridas emocionantes. As arquibancadas também vibraram muito com uma incrível bateria de derrapagens (drifting), com o especialista japonês Masatoshi Ohmori, além de uma apresentação de tirar o fôlego da fera de trial Adam Raga. Uma corrida humana envolveu os 25 voluntários que também queriam correr e dar seu sprint na pista de terra.
 
"Foi uma aventura incrível aqui e sinto Barcelona como uma segunda casa. Foi um ano muito louco para mim, pois há um ano eu estava no hospital e agora estou com mais uma vitória no Superprestigio Dirty Track. A disputa da Superfinal foi brutal. Não foi nada fácil, pois Marc Marquez estava me pressionando durante toda a corrida. Mas ninguém queria se arriscar e levar um tombo. Por isso tudo foi muito emocionante", ressalta o campeão Brad Baker.
 
"Este evento cresce a cada ano, mais e mais. Em relação à corrida, eu não consegui fazer uma largada eficiente e Brad Baker conseguiu sair na frente com uma diferença de poucos metros. Eu parti para cima, mas não foi possível ultrapassa-lo. No final estar no pódio, com dois pilotos profissionais de Dirty Track é uma coisa incrível, eu aprendi muitas coisas com os pilotos americanos, e vamos esperar o próximo ano", destaca Marc Márquez.
 
"Eu tive um grande pressentimento em Barcelona, mas a corrida decisiva não foi a melhor para mim. Minha largada foi muito ruim e praticamente arruniou minhas chances de vitória na disputa. Felizmente eu consegui alcançar o terceiro lugar, já que não era possível ameaçar as posições de Marc Marquez e Brad Baker que estavam mais rápidos naquele momento da prova", explica Jared Mees.
 
 
RESULTADOS SUPERPRESTIGIO DIRTY TRACK - SUPERFINAL 2015
 

Pos

No

Rider

Country

Bike

Race Series

Gap

1

6

Brad Baker

USA

Honda

Flat Track

2

93

Marc Márquez

ESP

Honda

MotoGP

0.130

3

1

Jared Mees

USA

Honda

Flat Track

2.843

4

142

Alex Rins

ESP

Honda

Moto2

4.096

5

15

Dani Ribalta

ESP

KTM

Endurance

4.952

6

97

Xavi Vierge

ESP

Honda

Moto2

5.552

7

70

Masatoshi Ohmori

JPN

Suzuki

Flat Track

6.691

8

66

Federik Lindgren

SWE

Honda

Speedway

10.440

 
Fotos: DTX Barcelona/Divulgação


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Primeira etapa do Arena Cross 2017 acontece no litoral de SP

Copa São Paulo de VX teve disputas intensas em Atibaia

Luís Oliveira vence segunda etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2017

Tunico Maciel vence o Rally RN 1500 na categoria motos

Brasileiro de Enduro FIM: segunda etapa ocorre em Patrocínio (MG)

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Copa Interestadual de Motocross agitou Itajubá (MG)

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Primeira etapa do Arena Cross 2017 acontece no litoral de SP


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras