moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Bananalama 2013 bate recorde de motos de trilha em SC

Evento contou com 3.312 motocicletas, 1.180 a mais do que na edição registrada no Guinness Book

11 de July de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Realizar o feito de bater o próprio recorde foi o maior presente no aniversário de 10 anos do Bananalama, evento reconhecido pelo Guinness Book como o maior encontro de trilheiros do mundo. Dentre as 60 mil pessoas que compareceram a festa realizada entre os dias 4 e 7 de julho, em Corupá (SC), 3.312 largaram com suas motos para a trilha, 1.180 a mais do que na edição registrada no livro dos recordes.

O Clube de Trilheiros Bananalama, responsável pela organização da festa, comemorou o sucesso. "Tivemos um total de 4.281 inscritos, mas muitos não passaram pelo grid ou foram na garupa, então aquele é o número oficial. Esta conquista não é apenas nossa, mas de cada um que marcou presença. Com a ajuda de nossos parceiros, fizemos de tudo para oferecer um grande evento. Esperamos ter atendido a expectativa de todos. Fica aqui registrado nosso agradecimento", afirma o presidente, Alisson Siqueira.

A nova marca já foi registrada pelo Rank Brasil, que esteve presente para acompanhar o processo, desde a inscrição até a largada. O reconhecimento é um grande aval para que o Guinness Book também faça a homologação. Toda a documentação necessária foi levantada e nos próximos dias deve ser encaminhada a sede do livro, em Londres, na Inglaterra. Não há prazo para uma resposta, mas pela experiência anterior, acredita-se que ela saia até o fim do ano.

O que se viu na trilha do Pro Tork Bananalama 2013 foi muita diversão. Crianças e adultos, homens e mulheres, enfim, todos curtiram o percurso de 60 quilômetros. Alguns com mais facilidade, outros nem tanto. É o caso do experiente piloto Paulo Stedile, campeão brasileiro de motocros, velocross, cross-country, supermoto e supercross, mas que nunca havia participado de um evento desta modalidade.

"Dei risada do início ao fim e fiz muita gente rir também com as minhas trapalhadas. Sou um verdadeiro roia. Logo no primeiro riacho, deixei a moto morrer e cai, levando outros trilheiros comigo. A experiência é incrível, a largada então, é emocionante. Eu estou acostumado a alinhar com 40 motos no gate e me vi cercado de milhares de pessoas, não tem como não se arrepiar. Quase não acreditei quando me falaram que ela durou cerca de uma hora", disse Paulo Stedile.

A presença de vários casais também chamou a atenção. Os jovens namorados, Caio Mees e Bárbara Mahnke, curtiram cada um a sua maneira, ele de moto e ela de quadriciclo. "Este foi meu terceiro Bananalama, começamos a namorar há apenas um mês e fiquei contente de acompanhá-la em sua primeira trilha no evento. Foi muito legal", comenta Caio Mees.

Enquanto a trilha rolava, os visitantes aproveitavam a programação intensa. Aline Weinert Paulista viu o marido e o cunhado largarem e depois curtiu as atrações espalhadas pelo Seminário Sagrado Coração de Jesus, com a filha, Agata Luiza, de apenas três anos. "Fiquei impressionada com o evento, bastante familiar. É tudo bem organizado e todos conseguem aproveitar", destaca.

David Fernando de Oliveira Sousa, de 13 anos, veio com um grupo de 40 pessoas das cidades paraguaias de Santa Rita e Santa Tereza e destacou os shows radicais. "Eu fiquei louco com as apresentações das equipes Pro Tork, os pilotos arrebentaram no wheeling, drifting e motocross freestyle. Nunca tinha visto nada parecido antes", ressalta.

Fotos: Maurício Arruda/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Primeira etapa do Arena Cross 2017 acontece no litoral de SP

Copa São Paulo de VX teve disputas intensas em Atibaia

Luís Oliveira vence segunda etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2017

Tunico Maciel vence o Rally RN 1500 na categoria motos

Brasileiro de Enduro FIM: segunda etapa ocorre em Patrocínio (MG)

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Copa Interestadual de Motocross agitou Itajubá (MG)

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras