moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Velocross agitou Campina Grande do Sul (PR)

Pista coberta paranaense reuniu 279 competidores de diversas partes do país para uma competição cheia de adrenalina

03 de December de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Em sua estreia como campeonato Brasileiro, o Arena Velocross deu um verdadeiro show de emoção com a presença maciça de motos e pilotos na pista. Rafael Faria venceu a categoria principal, VX1 enquanto Leonardo Souza foi o melhor na VX2 e Willian Guimarães o mais rápido na VX3.

O box ficou lotado de equipes e pilotos no último sábado, 28 de novembro, no Campeonato Brasileiro Borilli Arena Velocross. A competição ganhou a chancela de campeonato brasileiro da modalidade em 2015 e reuniu 279 competidores de diversas partes do país que lotaram os gates das onze categorias participantes na maior arena coberta da América Latina, em Campina Grande do Sul, no Paraná.

Trazendo inovações e novidades inspiradas em modelos internacionais, o Arena Velocross agradou aos pilotos e ao público, que pôde acompanhar tudo de perto na grande festa do motociclismo nacional. A Joker Lane, linha de passagem em um trecho da pista que torna o percurso do piloto mais lento em algum momento da prova, foi aprovada pelos competidores. A inovação, baseada na Monster Cup 2014, obrigou cada piloto a usar a melhor estratégia para superar o desafio.

“Larguei bem na prova da VX3, mas cometi um erro e fui para a 4ª posição. Então decidi passar pela Joker Lane ainda nas primeiras voltas e fui me recuperando no decorrer da prova. Os demais pilotos esperaram mais tempo para passar na Joker Lane e, com isso, ganhei vantagem, venci a prova e conquistei o título brasileiro!”, relatou #21 Willian Guimarães sobre a estratégia usada para a Joker Lane.

Também fez sucesso o Desafio dos 4 Estados, que agitou a arquibancada na torcida pelos seus pilotos preferidos. Vitória para o time da casa, o Paraná, com #945 Leonardo Souza, #112 Endrews Armstrong e #89 Matheus Willyan que representaram o Estado, conquistando a 2ª, 3ª e 8ª posições, respectivamente, e alcançando o melhor resultado na soma de pontos, no mesmo esquema de pontuação do Motocross das Nações, um dos eventos mais importantes do mundo.

“Foi muito divertido acelerar no Arena Velocross,  ver o pessoal vibrando nas arquibancadas, torcendo pelo seu Estado. Dá gosto participar de um evento tão bem organizado, com toda a estrutura necessária para fazermos nosso trabalho da melhor forma possível, dentro da pista”, revelou #945 Leonardo Souza, campeão da VX2 e 2º lugar no Desafio dos Estados, ajudando o Paraná na conquista da prova.

Para Rafael Faria, vencedor da VX1, o formato da competição torna as provas divertidas e traz um clima muito familiar à disputa.

"Sempre é muito divertido correr no Arena Velocross. A competição, que é em etapa única, permite que o público acompanhe todas as categorias, vendo a pista, de cerca de 400 metros de extensão, por completo e acompanhando cada detalhe das provas. Todas as categorias estão contempladas aqui, desde os pequenos, passando pela feminina, nacional, especial e as VX. Estou feliz por ter participado, vencido e feito parte deste evento tão bacana para o nosso calendário", disse o piloto.

Tradição seguida em todas as edições do evento, todos os pequenos pilotos da categoria minimotos receberam troféu e subiram no pódio. A iniciativa é uma forma de incentivar as crianças que estão iniciando no esporte. As mulheres também foram destaque na categoria Batom, formatada só para elas.

Cale Neto, idealizador do evento, destaca a parceria com os patrocinadores, que tornou possível a realização do evento e o sucesso da prova. “O mais importante foi contar com a colaboração dos nossos patrocinadores que, mesmo em um ano de crise como o que vive o Brasil, investiram e incentivaram o nosso evento, o nosso esporte, indo na contramão do que se vê nos noticiários, nos quais só vemos notícias ruins. São empresas que realmente são apaixonadas pelo esporte e que acreditam na evolução dele no país. O evento 2015 acabou, com sucesso, mas nós já estamos trabalhando para a realização da edição 2016 com ainda mais novidades para tornar essa grande festa do motociclismo cada vez melhor para todos, público, pilotos, empresas e todos os profissionais envolvidos. Depois de três anos de pausa, estava com saudades do Arena Velocross e agradeço a todos que fizeram parte disso”, afirmou.

Fotos: Idário Café/Speedcom



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Tom Pages busca quinta vitória no X-Fighters na Espanha

Copa de Velocross em ritmo intenso na primeira etapa

Copa EFX Brasil promete boas novidades na segunda etapa

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017

Copa Interestadual de Velocross começa no fim de semana em Caçapava

Primeira etapa do Arena Cross 2017 acontece no litoral de SP

Copa São Paulo de VX teve disputas intensas em Atibaia

Para iniciantes, Yamaha TT-R-230 custa R$ 13.040

Enduro da Independência 2014 - o preço da aventura

Equipe Yamaha Geração testa novas YZ 450 e YZ 250 2014

Copa EFX Brasil promete boas novidades na segunda etapa

Arena Cross: entenda o sistema das disputas da temporada 2017

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Copa Interestadual de Motocross agitou Itajubá (MG)


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras