moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Cross: Show de Paulo Alberto em Ilha Comprida

02 de May de 2016
Compartilhe este conteúdo:
A segunda etapa da temporada 2016 do Arena Cross foi um verdadeiro show de saltos, manobras e grandes disputas na noite fria do último sábado, 30/04, em Ilha Comprida -SP. O público compareceu e contribuiu para aquecer ainda mais o espetáculo.
 
Na pista, quem teve motivos de sobra para comemorar foi o português Paulo Alberto, que venceu as duas baterias da noite na PRÓ, conseguindo assim a liderança do campeonato. O resultado serviu para recolocar o piloto da Honda Mobil de volta ao patamar de favorito ao título que conquistou em 2015.
 
Duelo Arena 1×1
A disputa reuniu os dois primeiros colocados no classificatório da MX PRÓ em um duelo de duas voltas. Companheiros de Honda Mobil, Paulo Alberto e Hector Assunção, respectivamente primeiro e segundo colocados no classificatório, fizeram um duelo rápido e emocionante.
 
Melhor para o português atual campeão, que após duas voltas venceu o brasileiro na pista. Grande sensação da temporada passada, o Duelo Arena 1×1 permanece para a temporada 2016.
 
Categorias e classificação em ilha Comprida
 
Categoria MX PRÓ 1ªBateria - Paulo Alberto sobrando
 
Na primeira bateria da PRÓ, a mais importante do Arena Cross, uma vitória tranquila de Paulo Aberto da Honda Mobil. Após uma prova discreta na abertura da temporada em Jundiaí, o português colocou um ritmo muito forte em Ilha Comprida, fazendo o holeshot e impondo uma diferença considerável para o segundo colocado, o espanhol Carlos Campano da Yamaha Geração.
 
A terceira posição foi do brasileiro Jean Ramos, também da Yamaha Geração, que largou bem, mas não resistiu aos ataques do companheiro de equipe ao perder a segunda posição já no final da prova. Hector Assunção foi o quarto, e Adam Chatfield o quinto. O britânico, até então líder do campeonato, sofreu com problemas físicos.
 
A sexta posição foi de Jorge Balbi Junior. O brasileiro, um dos maiores nomes da história do Motocross nacional, fez sua estreia no Arena Cross com uma boa classificação, mas com algumas dificuldades de adaptação ao estilo da categoria.
 
Classificação 1ª da PRÓ:
1 - Paulo Alberto #1
2 - Carlos Campano #115
3 - Jean Ramos #10
4 - Hector Assunção #30
5 - Adam Chatfield #407 
 
2ªBateria - Duelo de gigantes
 
Uma fantástica batalha pela vitória, assim será lembrada por muito tempo a parte final da 2ª bateria em Ilha Comprida. Em uma disputa de gigantes, Paulo Alberto e Carlos Campano, os dois últimos campeões do Arena Cross, protagonizaram uma disputa roda a roda até a bandeirada final.
 
Holeshot mais uma vez, ao contrário da 1ª bateria onde teve uma vitória tranquila, Paulo Alberto levou a vitória para a Honda Mobil com enorme dificuldade ao ser perseguido sempre de perto pela dupla da Yamaha Geração, Campano e Jean Ramos. Após se tocarem na curva final da última volta, o português concretizou o triunfo no litoral sul paulista, conquistando 40 pontos em duas vitórias.
 
"Foi muito tenso, pois no final achava que era o Jean que estava atrás de mim. De repente, quando chegou para disputar a curva, vi que era o Campano. Depois de um começo difícil em Jundiaí, espero ter me recuperado para lutar pelo Bi", disse o Português.
 
Tentando também o segundo título, Carlos Campano comemorou a regularidade em Ilha Comprida, mas lamentou a disputa final. "Foi uma disputa dura, mas leal. Eu tinha um bom ritmo no final, lá na última volta até cheguei a passar por fora, mas entramos juntos na caneleta e houve o toque. Como ele estava mais forte, levou a melhor", explicou Campano.
 
Melhor brasileiro na prova, Jean Ramos foi ao pódio duas vezes, ambas em terceiro. O piloto da Yamaha promete se empenhar para a próxima prova.
 
"Preciso focar nos erros de hoje para corrigi-los em Ilhabela. O campeonato é equilibrado e vamos buscar a regularidade para lutar pelo título do campeonato", colocou Jean Ramos.
 
Classificação 2ª da PRÓ:
1 - Paulo Alberto #1
2 - Carlos Campano #115
3 - Jean Ramos #10
4 - Jorge Balbi #3
5 - Adam Chatfield #407
 
Categoria MX2 -
Na categoria MX2 Gustavo Pessoa comemorou a vitória em Ilha Comprida. Ele teve uma intensa disputa com João Ribeiro, que ao chegar em segundo se colocou na liderança do campeonato.
 
O pódio foi completado Enzo Lopes. Aqui cabe o destacar que o piloto gaúcho caiu na largada, ficando em último, para a partir daí, construir uma reação impressionante até o pódio.
 
Emocionado, Gustavo Pessoa comemorou no pódio. "Foi muito difícil chegar aqui, por isso agradeço ao meu pai, minha mãe e todos que me proporcionaram isso. Vamos lutar pelo título até o fim", disse Guga.
 
Classificação geral da MX2
1º Gustavo Pessoa #891 -
2º João Pedro Ribeiro #282 -
3º Enzo Lopes #16 -
4º Pedro Bueno #97 -
5º Caio Lopes #134 -
 
Categoria Júnior -
Na Júnior o vencedor mais uma vez foi Leonardo Cassarotti da equipe Dunas/Honda. O paranaense teve que se recuperar após uma largada conturbada e vencer o duelo particular com Renan Goto, o segundo colocado e também holeshot. Completou o pódio Leonardo Nunes.
 
Larguei mal, tive que me recuperar. Acho que tive paciência em fazer a ultrapassagem na hora e depois apenas administrar. Quero agradecer a equipe por todo o trabalho", disse Leonardo Cassarotti.
 
Classificação da prova
 
1º Leonardo Cassarotti #25
2º Renan Goto #55
3º Leonardo Nunes #989
4º Bruno Schmitz #40
5º Joaquim de Oliveira #11
 
Categoria 50cc -
Na categoria 50cc a vitória mais uma vez do catarinense de Itapiranga Rafael Becker. O garotinho venceu a corrida de forma incontestável, para delírio da torcida de Ilha Comprida que torcia por ele.
 
"Eu gostaria mais uma vez de agradecer aos patrocinadores, família e toda a equipe. É a segunda vitória no ano graças ao trabalho forte", explicou no pódio o garoto.
 
Classificação da prova 50cc
1º Rafael Becker #7 -
2º Vitor Hugo #28 -
3º Bruno Rodrigues #317 -
4º Bernardo Tibúrcio #3 -
5º João Torres #3 - Holeshot
 
Categoria 65cc -
Na 65cc a festa foi Marcello Silva, que travou um belo duelo com José Antônio Pedro pela liderança da prova. Completou o pódio Henrique Henicka.
 
"Achei a prova muito difícil, mas conseguimos a vitória com muita garra. Agora vou treinar bastante, pois quero vencer também na próxima prova em Ilhabela", disse Marcello Silva de apenas 11 anos.
 
Classificação da prova 65cc
1º Marcello Silva #77
2º José Antônio Pedro Filho #89
3º Henrique Henicka #202
4º Gustavo de Oliveira #55
5º Garmichel Giehl #4
 
Classificação do campeonato após duas provas
 
Classificação campeonato - PRÓ:
1 - Paulo Alberto #1 - 65 pontos
2- Jean Ramos #10 - 63 pontos
3- Carlos Campano #115 - 57pontos
4- Adam Chatfield #407 - 56 pontos
5- Hector Assunção #30 - 41 pontos
 
Classificação campeonato - MX2
1º João Ribeiro #282 - 37 pontos
2º Gustavo Pessoa #291 - 33 pontos
3º Pedro Bueno #97 - 15 pontos
4º Gustavo Pessoa #891 - 28 pontos
5º Caio Lopes #134 - 20 pontos
 
Classificação campeonato - Junior
1º Leonardo Cassarotti #25 - 40 pontos
2º Renan Goto #55 - 34 pontos
3º Bruno Schmitz #40 - 26 pontos
4º Joaquim de Oliveira #11 - 22 pontos
5º Vanderlei Junior #72 - 16 pontos
 
Classificação campeonato - 65CC
1º Marcello Silva #77 - 40 pontos
2º Henrique Henicka #202 - 32 pontos
3º José Pedro Filho #89 - 30 pontos
4º Gustavo Oliveira #55 - 23 pontos
5º Garmichel Giehl #4 - 22 pontos
 
Classificação campeonato - 50CC
1º Rafael Becker #7 - 40 pontos
2º Vitor Hugo #28 - 32 pontos
3º Bruno Rodrigues #317 - 28 pontos
4º Felipe Marques #160 - 27 pontos
5º Bernardo Eto #3 - 24 pontos


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras