moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Cross: Paulo Alberto é o campeão em 2015

07 de December de 2015
Compartilhe este conteúdo:
Um show de manobras, saltos e pegas emocionantes na briga pelo título. Estes foram alguns dos ingredientes que tiraram o fôlego do público presente na Super Final do Arena Cross, na noite do último sábado (5/12), na pista montada na paradisíaca Ilhabela, no litoral norte de São Paulo.
 
A expectativa era muito grande, afinal, como o regulamento previa pontuação dobrada, ninguém poderia se considerar vitorioso antes da bandeirada final. E foi exatamente isso que aconteceu, com títulos que foram decididos em manobras rápidas dentro de uma atmosfera de festa, mas também com muita pressão em cima de pilotos equipes.
 
Duelo Arena 1x1
Novidade no Arena Cross 2015, a disputa reúne os dois primeiros colocados no classificatório da MX Pró em um duelo de duas voltas. Jean Ramos e Adam Chatfield, respectivamente primeiro e segundo colocados no classificatório, fizeram um duelo rápido e emocionante.
 
Melhor para o britânico da Honda IMS, que venceu o brasileiro da Yamaha Geração. Após uma largada fantástica, Jean sofreu uma queda na última volta. Um detalhe interessante: Jean Ramos esteve nas cinco disputas, ou seja, se manteve entre os primeiros durante toda temporada.
 
Categoria MX PRÓ 
1ª Bateria - Esperança brasileira com Jean Ramos
Na primeira bateria da PRÓ, a mais importante do Arena Cross, a vitória foi de Jean Ramos da Yamaha Geração. O brasileiro foi soberano, liderando de ponta a ponta a prova. O britânico Adam Chatfield da Honda IMS foi o segundo, obedecendo a ordem do classificatório. A terceira posição foi do equatoriano Jetro Salazar da Escuderia X.
 
A essa altura do campeonato, o português Paulo Alberto, quarto na bateria, liderava com 180 pontos, apenas 5 de diferença para Jean Ramos que somava 175 pontos. Ou seja, tudo iria ser decidido na segunda bateria, e quem vencesse iria faturar o título da temporada 2015.
 
2ª Bateria - Festa portuguesa com o Campeão Paulo Alberto
Jean Ramos e Paulo Alberto iniciaram a segunda bateria com a pressão pela vitória. Logo na largada o brasileiro foi espremido pelo pelotão intermediário, o que dificultou a briga pela primeira posição. O piloto da Yamaha ainda sofreu uma forte queda nos minutos finais.
 
Melhor para Paulo Alberto, que assumiu a ponta após o holeshot de Jetro Salazar, que foi segundo colocado, para não mais perder a prova e o campeonato que ele liderou desde o início.
 
Os números do português foram impressionantes, alcançando três vitórias em cinco etapas, totalizando desta forma 220 pontos em sua estreia na PRÓ.
 
- Estava com muita dor nas costas na primeira bateria, mas sabia que tinha necessidade da vitória, então fiz um último esforço. Quero agradecer a minha equipe por todo o trabalho, foi o primeiro ano na PRÓ, e fazer a estreia com o título é sensacional - Comemorou o Português.
 
O brasileiro Jean Ramos chegou em terceiro, mas garantiu a vitória na etapa na soma das duas baterias. O vice-campeonato veio após intensas disputas com Paulo Alberto.
 
- Cometi alguns erros e tive algumas quedas que comprometeram o campeonato. Mas não deixa de ser muito bom esse resultado de vice-campeão. Agora é pensar em 2016 e lutar mais forte pelo título - Comentou o brasileiro.
 
PÓDIO DA PRÓ (SOMA DAS DUAS BATERIAS EM ILHABELA)
1º #10 Jean Ramos
2º #211 Paulo Alberto
3º #920 Jetro Salazar
 
Categoria MX2
Na categoria MX2 o show foi de Hector Assunção. O piloto paulista que já tinha feito o melhor tempo no classificatório, deu show na pista de Ilhabela, venceu o duelo particular com Dudu Lima, a prova e o campeonato. Desta forma o piloto da Honda Mobil coroa uma recuperação espetacular a partir da metade da temporada, sendo vitorioso por apenas um ponto de diferença para Dudu Lima (100 a 99).
 
- Foi sensacional, me recuperei no campeonato, é muito bom vencer aqui em Ilhabela e comemorar esse título pela primeira vez no Arena Cross - Disse Hector Assunção.
 
A segunda posição ficou com Dudu Lima, que também foi vice-campeão. Completou o pódio o gaúcho Enzo Lopes. O holeshot foi de Fábio dos Santos.
 
- Infelizmente no início da temporada quebrei meu dedo, e isso me atrapalhou bastante no rendimento, mas estou feliz com o resultado alcançado. Agora é planejar 2016 - Disse o vice-campeão Dudu Lima.
 
CLASSIFICAÇÃO DA PROVA
 1º #30 Hector Assunção
 2º #2 Dudu Lima
 3º #16 Enzo Lopes
 4º #945 Leonardo de Souza
 5º #282 João Pedro Ribeiro 
 
Categoria Júnior
Renato Paz, o Muguinho, fez a festa em Ilhabela com o título da Júnior. O piloto de Bragança Paulista foi o terceiro colocado na prova, o que lhe garantiu o a taça em Ilhabela com 107 pontos conquistados.
 
O Holeshot foi do quarto colado Bruno Schmitz. Renan Goto venceu a prova, com Leonardo Cassaroti em segundo na prova e vice no campeonato marcando 101 pontos. (Vide classificação)
 
- Gostaria de agradecer a Deus, minha equipe, família. Larguei em quinto, tive que me recuperar, mas consegui uma posição que me deu o título. Estou muito feliz, vou levar essa taça para Bragança e comemorar - Comemorou Muguinho, campeão da Júnior.
 
CLASSIFICAÇÃO DA PROVA
1º Renan Goto #55
2º Leonardo Cassaroti #25
3º Renato Paz #101
4º Thiago Brenner #24
5º Bruno Schmitz #40
 
Categoria 65cc -
Na 65cc festa foi mineira em Ilhabela. Carlos Eduardo Pereira - O Dadal - fez uma prova impecável, contou com o tombo de Carlos Eduardo Baltazar, venceu a prova e o campeonato com 114 pontos.
 
- Quero agradecer primeiramente a Deus. Foi uma semana difícil de muito trabalho. Agora é comemorar e pensar em 2016 - completou o garoto da cidade de Cristiano Otoni.
 
Completaram o pódio José Antônio Pedro e Diogo Nascimento. O holeshot da prova foi de Carlos Eduardo Baltazar, que ficou com o vice-campeonato após 86 pontos.
 
CLASSIFICAÇÃO DA PROVA
1º Carlos Eduardo Pereira - #77
2º José Antônio Pedro - #89
3º Diogo Nascimento - #2
4º Carlos Eduardo Baltazar - #14
5º Caíque Takeyama - #110
 
Categoria 50cc -
Na categoria 50cc a vitória foi de Rafael Becker, o garotinho de Santa Catarina venceu a corrida e o campeonato, vibrando muito com o resultado.
 
- Eu gostaria de agradecer aos patrocinadores, família, ao chumbinho (Becker) e toda a equipe. Tive a oportunidade de treinar bem no Mato Grosso, correr na Flórida (EUA) e chegar bem aqui - completou emocionado o garoto, que também fez o holeshot da prova.
 
A segunda posição foi de Garmichel Rodrigues, com Gustavo Oliveira em terceiro. O vice-campeonato foi Raul Miranda, que não fez uma boa largada, fato que o impediu de brigar pela corrida e consequentemente pelo título.
 
 CLASSIFICAÇÃO DA PROVA
 1º Rafael Becker #7
 2º Garmichel Rodrigues #4
 3º Gustavo de Oliveira #22
 4º Raul Miranda #205
 5º Gustavo Rodrigues #55
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL
 
MX PRÓ
 1º #211 Paulo Alberto - 220 pontos
 2º #10 Jean Ramos - 205 pontos
 3º -#1 Carlos Campano - 157 pontos
 4º #407 Adam Chatfield - 156 pontos
 5º #920 Jetro Salazar - 147 pontos
 
MX2
 1º #30 Héctor Assunção - 100 pontos
 2º #2 Eduardo Lima - 99 pontos
 2º #282 João Pedro Ribeiro - 83 pontos
 4º #16 Enzo Lopes - 79 pontos
 5º #945 Leonardo de Souza - 59 pontos
 
 Júnior
 1º - #101 Renato Paz- 107 pontos
 2º - #25 Leonardo Cassaroti - 101 pontos
 3º - #55 Renan Goto - 87 pontos
 4º - #24 Thiago Brenner - 79 pontos
 5º #40 Bruno Schmitz - 51 pontos
 
65CC
 1º #77 Carlos Eduardo Pereira - 114 pontos
 2º #14 Carlos Eduardo Baltazar - 86 pontos
 3º #44 Marcelo Leodorico - 67 pontos
 4º #89 José Antônio Pedro - 61 pontos
 5º #805 Bernardo Zeppelini - 60 pontos
 
50CC
 1º #7 Rafael Becker - 114 pontos
 2º #205 Raul Miranda - 90 pontos
 3º #4 Garmichel Rodrigues - 90 pontos
 4º #4 Gustavo Rodrigues - 69 pontos
 5º #22 Gustavo de Oliveira- 67 pontos


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

Latino-Americano de Motocross: Maiara Basso é representante do Brasil


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras