moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Cross: Joaquim Rodrigues é o campeão na MX Pró

25 de November de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A 15ª temporada do Arena Cross chegou ao fim neste sábado (23/11) com mais um espetáculo de disputas em Botucatu (SP), palco da quinta e última etapa da competição em 2013. Cinco pilotos comemoraram o título. Após disputas intensas com o espanhol Carlos Campano (#115) e o inglês Adam Chatfield (#1), o português Joaquim Rodrigues (#108) fez valer a primeira colocação alcançada na penúltima etapa, em Recife (PE), e manteve a ponta na rodada final. Com uma vitória e um terceiro lugar nas baterias, ele venceu no somatório da MX Pró.

Na MX2, o título já era de Paulo Alberto, pois o piloto havia conquistado a categoria de forma antecipada. O português deu um show em Botucatu e garantiu o 100% de aproveitamento com cinco vitórias.

Com boa vantagem sobre vice-líder Ramyller Alves (#822), Enzo Lopes (#16) administrou na Júnior e foi campeão após o segundo lugar na bateria. Já na 65cc e 50cc, Renan Japinha (#55) e Gabriel Andrigo (#10) fizeram valer a liderança na última etapa e alcançaram o inédito título.

1ª bateria MX Pró – Carlos Campano fez o holeshot e pulou para primeiro. Joaquim era o segundo, seguido de Wellington Garcia (#21), Humberto Martin (#101) e Adam Chatfield (#1). Ainda na primeira volta, o espanhol caiu na seção de costelas e perdeu algumas posições. Após recuperação, terminou em quinto.

Na ponta, Joaquim administrou e cruzou o salto de chegada em primeiro. Já Wellington e Humberto tiveram um belo duelo a partir da nona volta. Após perseguir o rival, Humberto assumiu o segundo lugar e foi assim até o fim. Wellington acabou em terceiro, seguido do atual campeão Adam Chatfield.

2ª bateria MX Pró - Adam saiu na frente. O inglês era o primeiro do pelotão que tinha Joaquim em segundo, seguido de Humberto Martin, Wellington Garcia, Jean Ramos (#992) e Campano.

Apesar da má largada, o espanhol se recuperou e imprimiu forte ritmo. Além disso, Humberto e Jean sofreram quedas, o que também ajudaram o espanhol. Em terceiro, ele tentou encostar em Joaquim na entrada da curva da vitória, mas também caiu. Sem qualquer problema, levantou-se e foi novamente em busca do português. Enquanto isso, Adam seguia tranquilo, na liderança.

Nas últimas voltas, Campano ultrapassou Joaquim, assegurando o segundo lugar. No entanto, o título foi para o português, que chegou logo atrás do rival. "Estava bastante focado nesta etapa. Manter a tranquilidade é fundamental para provas de alta pressão. Estou muito contente com o resultado. O Arena Cross é um campeonato disputado e de alto nível. Isso valoriza o meu título", afirma o campeão, que chegou aos 171 pontos.

MX2 – Campeão antecipado, Paulo Alberto fez o holeshot e logo abriu vantagem para o segundo colocado Gustavo Pessoa (#891). Na segunda volta, o português cometeu um erro, caiu e perdeu o primeiro lugar. Rapidamente, voltou para pista e foi em busca do líder. Arrojado, ele ultrapassou Pessoa e, sem ninguém pela frente, venceu a quinta etapa na temporada.

Na briga pelo vice-campeonato, Hector Assunção venceu o duelo com Rafael Faria (#1) e Anderson Cidade (#20) ao completar em segundo. Faria terminou a prova em terceiro. “Meu ano aqui no Brasil foi perfeito. Conquistei dois títulos e ganhei muitos fãs. Hoje, procurei terminar o Arena Cross da melhor forma. Apesar da queda, tive um pouco de sorte, pois não demorei muito para voltar à prova”, comenta Paulo.

Júnior - Apesar de ter feito o holeshot, Enzo Lopes caiu ainda na primeira volta. Vitor de Almeida (#111) e Ramyller Alves (#822), que passaram a brigar pela ponta, também caíram. Com isso, Leonardo de Souza ganhou o primeiro posto de bandeja. Ele assumiu a liderança e venceu a prova.

Enzo se recuperou, foi para segundo e garantiu o título. “A pista estava escorregadia. Caí no início, mas não prejudiquei minha prova. A vantagem era boa para o segundo. Estou muito feliz de ser campeão”, afirma Enzo, que fechou o campeonato com 89 pontos.

65cc - Boa largada de Leonardo Nunes, que assumiu o primeiro lugar. Em segundo, Japinha tentava diminuir a vantagem do ponteiro. A emoção ficou para a parte final. Japinha, que havia perdido uma posição, tentou uma manobra arrojada ao ultrapassar Felipe Migliorini (#6), que ocupava o segundo lugar, e Leonardo, o líder. No entanto, ficou para trás.

Já na última volta, ele encostou na dupla rival e viu Felipe cair na seção de costelas. Mas era tarde demais para alcançar Leonardo, que ficou com a vitória. Em segundo, Japinha conquistou o campeonato. “O Arena Cross é uma prova difícil. Este ano tive o Leonardo como concorrente e foi bem complicado. Cheguei a cair na prova, mas me recuperei e conquistei o título”, diz Japinha.

50cc - Andrigo fez boa largada e assumiu a ponta após a primeira curva. Perseguido por Diogo, ele viu o rival sofrer uma queda ainda no início de prova. Com tranquilidade, liderou a bateria e chegou a terceira vitória no ano. Assim, alcançou o título. "Ano passado não consegui completar o Arena Cross porque caí. Mas neste ano fui campeão. Estou muito feliz, pois é uma competição que gosto de correr", coloca o vitorioso. Victor Fronza (#16) foi o segundo na prova, seguido de Henrique Henicka (#50).

CLASSIFICAÇÃO FINAL
 
MX PRÓ
1º #108 Joaquim Rodrigues - 171 pontos
2º #115 Carlos Campano - 161 pontos
3º #1 Adam Chatfield - 159 pontos
 
MX2
1º #211 Paulo Alberto - 100 pontos
2º #30 Hector Assunção - 74 pontos
3º #20 Anderson Cidade - 67 pontos
 
JÚNIOR
1º #16 Enzo Lopes - 89 pontos
2º #822 Ramyller Alves - 70 pontos
3º #45 Leonardo de Souza - 67 pontos
 
65cc
1º #55 Renan Japinha - 88 pontos
2º #989 Leonardo Nunes - 85 pontos
3º #210 João Silva - 43 pontos
 
50cc
1º #10 Gabriel Andrigo - 94 pontos
2º #2 Diogo Nascimento - 83 pontos
3º #5 Matheus Dedel - 53 pontos

Fotos: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Arena Cross: Organização divulga calendário de 2017

Marc Marquez domina edição 2016 do Dirt Track Barcelona

Falta um mês para o fim das inscrições no Rally Piocerá

Campeões do Cerapió vão disputar o Rally Piocerá 2017

Definidos os campeões 2016 da Copa SP de Motocross

Superprestigio DTX promete agitar pilotos na Espanha

Zanol Team finaliza temporada 2016 com nova vitória

Arena Cross: Organização divulga calendário de 2017

Categoria UTV segue crescente no Brasil

Rally Baja Jalapão 500 está com inscrições abertas

Kawasaki KLX 140L desembarca no Brasil

10 dicas para pilotar sua big-trail na terra

Arena Cross: Londrina tem motocross noturno nesse sábado

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras