moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Cross: Carlos Campano vence em Blumenau (SC)

24 de February de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Pela primeira vez na história do roteiro do Arena Cross, a cidade de Blumenau (SC) sediou a competição, com disputas de tirar o fôlego. Nesse sábado (22/02), no Bianchini Business Park, local onde a arena foi montada, mais de 100 pilotos, de oito estados brasileiros, somados a competidores de oito países, deram show nas provas das categorias Pró, MX2, Júnior, 65cc e 50cc.

Nas arquibancadas e camarotes, o público de sete mil pessoas compareceu em peso para prestigiar e empurrar os participantes. Ao final da primeira etapa, o espanhol Carlos Campano saiu com a vitória na Pró após um segundo lugar e uma vitória nas baterias da categoria. Já o português Paulo Alberto teve que se esforçar ao máximo para assegurar sua primeira vitória na temporada e largar na frente na classificação geral da MX2.

Nas categorias infantis, o garoto prodígio Enzo Lopes (#16) começou com tudo e venceu com muita tranquilidade a bateria da Júnior. Dadalzinho (#77) e Diogo Nascimento (#2) também iniciaram a competição com o pé direito após vitória na 65cc e 50cc, respectivamente.

1ª bateria Pró – Ótima largada de Jean Ramos (#18), que pulou para a primeira colocação. O segundo lugar era do catarinense Pipo Castro (#10), seguido de Wellington Garcia (#21). Ainda na primeira volta, o goiano caiu e perdeu várias posições. Na sequência, o suíço Julien Bill (#902), que fazia sua estreia na competição, conseguiu a vice-liderança.

Na nona volta, Carlos Campano (#115), que havia caído logo no início, passou a brigar pelo top 5. Ele encostou em Leandro Silva (#14), que mostrou grande pilotagem defensiva. No entanto, na 15ª volta, Leandro caiu e o espanhol ganhou de bandeja o terceiro lugar.

Próximo a Bill, Campano foi atrás do concorrente e ainda fisgou a segunda colocação. Já a vitória ficou com Jean Ramos. Wellington Garcia, em prova de recuperação, acabou em quarto, atrás do suíço. “Fiz uma boa pré-temporada e isso foi fundamental para começar bem o campeonato”, afirma Jean.

2ª bateria Pró – Holeshot de Julien Bill. Campano, em segundo, caiu na seção de costelas e foi para as últimas posições da prova. Mais rápido que o suíço, Wellington Garcia ultrapassou o companheiro de equipe e chegou à liderança. Porém, na quinta volta, teve mais uma queda, comprometendo a corrida. 

Em primeiro, Julien tentava abrir vantagem, mas sem sucesso. Jean Ramos o ultrapassou na nona volta e assumiu a ponta. Em ótima recuperação, Campano venceu o suíço e grudou no paranaense. Após muita pressão, o espanhol conquistou a liderança e caminhou livre para vitória. Jean acabou em segundo, seguido de Bill e Pipo Castro. “Encontrei uma boa linha para ultrapassar meus concorrentes. Na primeira bateria fui fechado e caí. Mesmo assim, me recuperei. Tive uma disputa dura com o Leandro (Silva), mas consegui o ultrapassar. Na segunda, também sofri uma queda boba logo no início, mas não fiquei desesperado e fui buscar. O resultado está muito bom. Ainda temos algumas coisas para acertar a moto, mas valeu à pena”, destaca o espanhol.

MX2 – Paulo Alberto fez ótima largada e assumiu a liderança após a primeira curva. O português tentava imprimir um forte ritmo, mas era seguido por Hector Assunção (#30) e Tauan Brenner (#900). Após ser ultrapassado por Thales Vilardi (#27), Tauan caiu e perdeu diversas colocações.

Na ponta, o português teve que superar o pneu traseiro furado para continuar na prova. Além disso, viu Hector encostar e tentar roubar a primeira colocação. A segunda metade da prova reservou fortes emoções para a dupla, que mostrou um “pega” intenso. No fim, Paulo manteve a liderança e venceu a corrida, seguido de Hector e Marçal Muller (#544). “Estava bem na corrida, mas tive um pneu furado e isso quase comprometeu o meu desempenho. Mantive a calma e consegui vencer após muito esforço”, revela.

Júnior – Corrida excepcional de Enzo Lopes (#16), que liderou de ponta a ponta. O gaúcho de Lajeado mostrou experiência durante os mais de 10 minutos de prova e por pouco não deu volta no segundo colocado. Leo Almeida (#962), que vinha na segunda colocação, sofreu uma queda, teve um pneu furado e deixou a disputa pelo pódio. Com a vitória, Enzo deu início à corrida pelo bicampeonato da categoria. Em segundo, ficou o paulista Djalma Brito (#102), seguido do também gaúcho Yuri Campelo (#818). ”É sempre bom começar com vitória, pois nos dá uma nova motivação. Consegui fazer uma boa largada e abrir vantagem. Consegui controlar bem a corrida”, comenta Enzo.

65cc – A bateria começou agitada com a queda de Bruno Schmitz (#4). Carlos Eduardo Pereira, o Dadalzinho (#77), assumiu a frente da prova e foi assim até o final. Em ritmo forte na segunda posição, Gabriel Andrigo (#10) teve problema na moto e parou na última volta. Com isso, o segundo lugar caiu no colo de João Silva (#210), seguido de Joaquim Neto (#11).

50cc – Boa largada de Luis de Souza (#171), mas logo no início da bateria, Diogo Nascimento (#2) assumiu a ponta. Quem também ultrapassou Luis foi Marcello Leodorico (#44) que subiu para a segunda posição. A cada volta, o paulista de Guarulhos abria mais vantagem. A 40 segundos do final da prova, Diogo sofreu uma queda na seção de costelas. Porém, como havia conseguido se distanciar bem dos adversários, não perdeu a posição e garantiu a primeira vitória em 2014. Marcello confirmou o segundo lugar e Luis terminou em terceiro.

A caravana do Arena Cross 2014 volta no dia 26 de abril para as emoções da disputa da segunda etapa na pista montada na cidade de Gramado (RS), na serra gaúcha.

Fotos: César Araújo (Imagem)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Piocerá: Competição Off Road completa 30 anos em 2017

Sertões: Inscrições com desconto até 30 de novembro

Amador de Motocross teve grande final na temporada 2016

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

KTM lança série especial de motos de enduro no Brasil

Latino-Americano de Motocross: Maiara Basso é representante do Brasil

Ilhabela recebe grande final da temporada 2016 do Arena Cross

Maiara Basso é vice-campeã do Latino-Americano de Motocross

Amador de Motocross tem grande final neste domingo

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras