moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Arena Cross: Carlos Campano é o campeão da temporada

Com pista pesada piloto espanhol superou adversários brasileiros e levou pela primeira vez o título da competição

29 de September de 2014
Compartilhe este conteúdo:

A temporada do Arena Cross 2014 chegou ao fim, neste sábado (27), com corridas e disputas inesquecíveis na cidade de Itapema (SC), sede pela primeira vez na história do evento nacional. Nem a chuva que atingiu a cidade catarinense nos últimos dias foi capaz de atrapalhar o espetáculo proporcionado pelos pilotos, dentro da pista, e pelo público, nas arquibancadas e camarotes, que compareceu em massa e vibrou com os pegas válidos pela quinta etapa da 16ª edição do campeonato.

A pista estava pesada, havia muita lama e os obstáculos eram duríssimos. Superação foi a palavra da noite. E quem conseguiu se destacar e atingir o objetivo final de ser campeão foram os seguintes competidores: O espanhol Carlos Campano, na Pró; Enzo Lopes, na Júnior; Carlos Eduardo Dadalzinho, na 65cc; e Diogo Nascimento, na 50cc. A exceção foi o português Paulo Alberto, que já havia garantido a taça da MX2 de forma antecipada, na prova passada.

1ª bateria Pró: Carlos Campano largou na frente, mas logo foi ultrapassado pelo equatoriano Jetro Salazar. A primeira posição durou pouco com o piloto do Equador, que caiu e perdeu diversas posições. O espanhol voltou ao primeiro lugar, porém viu o inglês Adam Chatfield e o brasileiro Jean Ramos encostarem.

Com direito a toques entre as motos e troca de posições em algumas oportunidades, Campano superou o embate diante dos dois concorrentes e levou a vitória. Jean finalizou em segundo, seguido do goiano Wellington Garcia, que melhorou seu desempenho na metade da prova e alcançou a terceira posição.

2ª bateria Pró: Mais uma vez, Carlos Campano tomou a dianteira após a largada. Mas a primeira posição não ficou muito tempo com o espanhol. Em melhor ritmo, Jean ultrapassou o rival e caminhou livre para vitória. Apesar do primeiro lugar, o brasileiro precisava que o estrangeiro chegasse em sexto para conquistar o título.

Tranquilo na bateria, Campano procurou não se envolver em qualquer perigo. Adam Chatfield e Wellington Garcia o ultrapassaram sem dificuldades. Com o regulamento “debaixo do braço”, ele completou em quinto e garantiu o primeiro título do Arena Cross. Na classificação geral, terminou dois pontos a frente do paranaense. “Era o título que faltava aqui no Brasil. Comecei o campeonato muito bem, mas me machuquei. Perdi uma etapa e o Jean encostou. Procurei andar forte na primeira bateria e consegui vencer. Na segunda, administrei. Não precisava arriscar”, conta o campeão.

MX2: De ponta a ponta, Hector Assunção venceu a última corrida do ano. Com a ausência do português Paulo Alberto, que levou o título antecipado em Jundiaí e que está na Letônia no Motocross das Nações, coube ao paulista a missão de vencer. E ele correspondeu. Abriu grande vantagem para Fábio Santos, piloto que se destacou na bateria ao terminar em segundo, e mesmo depois de cair nas últimas voltas, Hector manteve a posição e ficou com a vitória. O norte-americano Blake Wharton, que fez sua estreia no campeonato, sofreu uma queda na largada. Mas ele mostrou todo seu repertório de manobras, técnica e ultrapassagens e, após recuperação incrível, acabou no pódio, em terceiro. “O traçado estava pesado, a bateria exigiu muita concentração. Mas consegui vencer e ganhar confiança para o restante do ano”, afirma Hector.

Júnior: O líder do campeonato era Djalminha Brito, mas o favorito a vencer a corrida e conquistar o campeonato era Enzo Lopes. Ausente na etapa anterior por estar disputar na mesma data uma prova internacional, o gaúcho mostrou porque é a principal promessa do motocross brasileiro. Ele fez o holeshot e, sem qualquer dificuldade, venceu pela quarta vez na temporada, alcançando o bicampeonato da categoria.

65cc: O jovem catarinense Olívio Alves surpreendeu os favoritos e, de ponta a ponta, venceu a bateria. Foi a primeira vitória do garoto na competição. Mas a disputa pelo título ficou entre o mineiro Carlos Eduardo Daldazinho e o goiano Keven Ikeda, que antes da corrida estavam separados por diferença de um ponto. Dadalzinho terminou a prova em segundo e alcançou o seu segundo título no Arena (foi campeão em 2013, na 50cc). Já Keven ficou com o vice-campeonato ao terminar a final apenas em quinto.

50cc: O piloto da casa Rafael Becker desbancou os postulantes ao título na largada e conseguiu o holeshot. Porém, na primeira volta, ele foi ultrapassado pelo goiano Luis Souza. O ponteiro tentou abrir vantagem, mas recebeu ataques do conterrâneo Marcello Leodorico, que no final venceu o embate e ficou com a vitória. Luis terminou em segundo, seguido de Diogo Nascimento. O terceiro lugar foi suficiente para o paulista levar o título nacional. “Treinei bastante para ser campeão. Sabia que seria uma prova com muita lama e procurei me preparar”, afirma Diogo.

Campeões do Arena Cross 2014:
Pró
1º Carlos Campano #115 - 150 pontos
2º Jean Ramos #18 - 148 pontos
3º Wellington Garcia #21 - 125 pontos

MX2
1º Paulo Alberto #1 - 80 pontos
2º Anderson Cidade #20 - 67 pontos
3º Eduardo Lima #2 - 61 pontos

Júnior
1º Enzo Lopes #16 - 80 pontos
2º Djalma Brito #102 - 79 pontos
3º Vinícius Abreu #143 - 62 pontos

65cc
1º Carlos Eduardo Dadalzinho #77 - 83 pontos
2º Keven Ikeda #170 - 76 pontos
3º Joaquim Neto #11 - 60 pontos

50cc
1º Diogo Nascimento #2 - 92 pontos
2º Marcello Leodorico #44 - 84 pontos
3º Luis Souza #171 - 67 pontos

Resultados - 5ª etapa:
Pró (somatório baterias)
1º Jean Ramos #18 - 37 pontos
2º Carlos Campano #115 - 33 pontos
3º Adam Chatfield #407 - 30 pontos

1ª bateria Pró
1º Carlos Campano #115
2º Jean Ramos #18
3º Wellington Garcia #21

2ª bateria Pró
1º Jean Ramos #18
2º Adam Chatfield #407
3º Wellington Garcia #21

MX2
1º Hector Assunção #30
2º Fábio Santos #987
3º Blake Wharton #731

Júnior
1º Enzo Lopes #16
2º Djalma Brito #102
3º Vinícius Abreu #143

65cc
1º Olívio Alves #101
2º Carlos Eduardo Dadalzinho #77
3º Gabriel Andrigo #10

50cc
1º Marcello Leodorico #44
2º Luis Souza #171
3º Diogo Nascimento #2



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Javier Villegas é o grande campeão do Duelo de Motos

Desafio Verão de Velocross começa 2017 em ritmo intenso

Copa Verão Rota K de Motocross acontece no interior paulista

Duelo de Motos promete muita agitação em Atibaia (SP)

Pré-temporada do Velocross Paulista começa neste fim de semana

Grande festa para os campeões do Rally Piocerá de 30 anos

Começaram as emoções do Enduro Rally Piocerá 30 anos

Javier Villegas é o grande campeão do Duelo de Motos

10 dicas para pilotar sua big-trail na terra

Duelo de Motos promete muita agitação em Atibaia (SP)

Copa Verão Rota K de Motocross acontece no interior paulista

Desafio Verão de Velocross começa 2017 em ritmo intenso

Kawasaki KLX 140L desembarca no Brasil

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras