moto.com.br
Publicidade:

Off-Road

Amador de MX com pista pesada na segunda etapa

24 de May de 2016
Compartilhe este conteúdo:
A segunda etapa do Amador de MX Dirt Action 2016 foi disputada no último final de semana, 21 e 22 de maio, em Bragança Paulista, na MX Track Bragança, com um tempo instável, que deixou a pista bastante pesada e mais desafiadora para os pilotos. O sábado foi bastante castigado pela chuva e as categorias MX 2 Iniciantes, 230F e MX 50 tiveram que enfrentar um desafio a mais para superar esta etapa.
 
A categoria 230F foi a primeira a largar no sábado, as motos nacionais sofreram com o barro, dentro da pista melhor para Marcelo Souza que venceu mais uma na competição desta vez correndo em casa, na segunda colocação ficou Maxsuel Eduardo e terceiro para Emmanuel Barros. As categorias MX 50 e MX 2 iniciantes largaram juntos devido a redução do numero de inscritos, a chuva afugentou muitos competidores, Holeshot General Motos para José Carlos Guimarães o piloto da MX 50 largou bem mas não conseguiu manter a liderança até o final, foi ultrapassado por Antônio Mantovani o “Telinho” que venceu a etapa na MX 50, Guimarães ficou em segundo e Carlos Lazzaro em terceiro. Na MX 2 Iniciantes vitória para Augustinho Teixeira, segundo para Kenzo Murata e terceiro para Bruno Rios.
 
No domingo apesar do terreno ainda bastante molhado pela chuva do sábado o sol apareceu e trouxe nova expectativa para o final de semana. A pós uma boa sessão de treinos os pilotos da MX Open foram os primeiros a alinhar no gate, o público viu uma bela disputa entre Deninho Alves e Felipe Ferreira, Felipe soube dominar melhor a pista ainda um pouco pesada e venceu a bateria com Deninho em segundo e Francisco Giannetti Neto em terceiro. Na categoria Junior a vitória ficou com o piloto Arthur Alcon de Porto Real (RJ), na segunda chegou Fernando Dias e em terceiro Pedro Felix. A categoria MX 40 teve um bom numero de competidores, e a disputa foi vencida por Nei Marcolim de ponta a ponta, o piloto fez o Holeshot e não perdeu mais a frente da categoria, na segunda ficou Eduardo Andrade e na terceira Maninho Oliveira.
 
Após as três baterias iniciais a pista recebeu mais uma manutenção e ai sim ficou em total condições para os pilotos da MX 1 entrar em ação, novamente a disputa ficou entre Felipe Ferreira e Deninho Alves, só que desta vez quem também entrou na briga foi André Stocovich, mas Felipe estava realmente imbatível nesta etapa e venceu mais uma, com Stocovich superando Deninho e ficando em segundo. Na Intermediária Open uma corrida bastante equilibrada, Lucas DTO assumiu a ponta logo nas primeiras voltas e depois recebeu a pressão de Vinicius Tainan que venceu a categoria, seguido por Lucas e com Edson Cherem em terceiro. Na MX 30 André Stocovich não deu mole pra ninguém, fez o Holeshot e venceu de ponta a ponta, na segunda colocação ficou Francisco Giannetti Neto e em terceiro Marcelo Henrique Souza. Na sequencia entraram os pilotos da casa em uma bateria especial aos pilotos da cidade vitória para Neto Tostes, seguido de Du Reganhão e terceiro para Alexandre Meneglin. A MX 2 foi a última bateria do dia e mais um piloto da casa venceu, desta vez a vitória foi para João Henrique Silva o jovem piloto de 16 anos mostrou muita velocidade, Marcelo Henrique ficou em segundo e Renato Hermann em terceiro.
 
A próxima etapa acontece em Caçapava nos dias 2 e 3 de julho. Mais informações e resultados completos da competição podem ser conferidos no site amamx.com.br.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Zanol Team finaliza temporada 2016 com nova vitória

Equatoriano Jetro Salazar é campeão brasileiro de Motocross

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Final da Polaris Cup teve grandes disputas Off Road e show aéreo

Arena Cross: Quarta etapa define os campeões da temporada 2016

Orange BH KTM fará cerimônia de premiação e entrega de duas 200 Duke

Yamaha WR 250F 2015 traz tecnologia de MX para o enduro

Bragança Paulista recebe a final da Copa SP de Motocross

Sertões: Pagamento em até 10 vezes na CRF 230

Piloto amputado chega em 19ª lugar no Sertões 2016

Honda CRF 110F chega para completar o segmento off-road

Final do Brasileiro de Motocross acontece no Paraná


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras