moto.com.br
Publicidade:

MotoGP

MotoGP: Marc Marquez vence o GP da Argentina

04 de April de 2016
Compartilhe este conteúdo:

O GP da Argentina foi marcado por várias situações inusitadas. As corridas válidas pela segunda etapa da temporada 2016 da MotoGP foram realizadas no último domingo (3/04), mas os problemas começaram já no dia anterior com o estouro do pneu traseiro da moto de Scott Redding (Octo Pramac Yakhnich) Ducati durante os treinos livres FP4.

Diante desta situação inesperada, a fornecedora de pneus Michelin e a direção de prova não tinham certeza sobre a segurança dos pneus traseiros para o Grande Prêmio da Argentina, e a decisão foi reduzir a corrida de 25 para 20 voltas.

Até então as motos estavam sendo utilizadas em condições de pista molhada, mas a corrida começou seco e ficou decidido que os pilotos foram teriam que entrar nos boxes entre as voltas nove e décima primeira, para mudança de moto para melhorar as condições de segurança.

O espanhol Aleix Espargaro (Team Suzuki Ecstar) foi o único piloto a optar pelo pneu extra duro na traseira. Praticamente o grid inteiro optou por usar pneus duros na frente e médios na traseira. A corrida começou com nuvens escuras, Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) logo disparou na frente na curva 1. Andrea Iannone (Ducati Team) teve um grande começo, mas entrou em contato com Dani Pedrosa (Repsol Honda Team), que o deixou de fora dos dez primeiros.

Andrea Dovizioso (Ducati Team) usou a força do motor Ducati para deixar Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) para trás. Logo atrás, Marc Marquez (Repsol Honda Team) era uma ameaça sempre presente. Enquanto isso, Lorenzo perdeu rendimento e acabou em sexto.

No final da primeira volta, Cal Crutchlow (LCR Honda) e Aleix Espargaro cairam, mas conseguira voltar à corrida. O australiano Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) subiu para a sétima posição, encarando a moto de Lorenzo para depois deixa-lo para trás.

A equipe nos boxes alertavam os pilotos sobre a parada para troca de motos. Marquez e Rossi entraram praticamente grudados, mas o espanhol levou a melhor com o "salto" da formiga atômica para mudança de moto. A situação de Lorenzo, que já era difícil, ficou pior com sua queda após a troca de moto, faltando 15 voltas para o final. Após um final de semana perfeito no Catar, poucos imaginavam que o campeão do mundo teria tantos problemas na Argentina.

Na retomada da corrida, Marquez acelerou cada vez mais para se distanciar de Rossi e conseguiu abrir uma vantagem de mais de dois segundos para o italiano. A diferença pulou para três segundos enquanto nas últimos nove voltas, Viñales aparecia com dois segundos de diferença sobre Rossi. O piloto da Suzuki foi capaz de manter a terceira posição após a troca de moto. 

No entanto, Viñales começou a receber pressão de Iannone e acabou caindo com a sua Suzuki e se despedindo da corrida. Isso deu a Rossi um tempo para respirar, mas Iannone vinha acelerando. Iannone deu combate para Rossi e acabou abrindo a porta para o companheiro da Ducati Dovizioso passar pelos dois.

A última volta começou com Dovizioso em segundo e Iannone em terceiro. Rossi vinha perseguindo as máquinas da Ducati em busca do pódio. Iannone (The Maniac) não deu importância para a aproximação de Rossi e partiu para cima de Dovi em um ataque levou as duas motos ao chão na curva 12.

O tombo das máquinas da Ducati promoveram Rossi para segundo e deram para Dani Pedrosa ganhou de presente o terceiro lugar no pódio.

Determinado a terminar a corrida, Dovizioso mostrou verdadeira coragem e determinação empurrando sua Ducati até a linha de chega para garantir o 13º lugar.

O piloto irlandês Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP), terminou em quarto, como melhor piloto da equipe privada, e superando o espanhol Hector Barbera (Avintia Racing) por 0.169s.

Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3) garantiu a sexta posição na frente de Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini). Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3), Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0) e Álvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini), completaram o top ten.

Nas categorias intermediárias, a moto2 teve como vitorioso o atual campeão da categoria, o francês   Johann Zarco,  da equipe Ajo Motorsport. Já na Moto3, uma vitória surpreendente para o novato malaio Khairul Idham Pawi, da Honda Team Asia, e destaque para a dramática chegada do também malaio Adam Norrodin, da Drive M7 SIC Racing Team, que, assim como Dovizioso, na MotoGP, cruzou a linha quadriculada empurrando sua moto após uma queda a poucos metros do final.

A próxima etapa da MotoGP acontece já no próximo domingo, dia 10 de abril, com o GP dos Estados Unidos, no Circuito das Americas, que fica em Austin, no Texas.

RESULTADOS
1 25 93 Marc MARQUEZ SPA Repsol Honda Team Honda 168.4 34'13.628 
2 20 46 Valentino ROSSI ITA Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 167.8 +7.679
3 16 26 Dani PEDROSA SPA Repsol Honda Team Honda 166.2 +28.100
4 13 50 Eugene LAVERTY IRL Aspar Team MotoGP Ducati 165.5 +36.542
5 11 8 Hector BARBERA SPA Avintia Racing Ducati 165.5 +36.711
6 10 44 Pol ESPARGARO SPA Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 165.4 +37.245
7 9 6 Stefan BRADL GER Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 165.1 +41.353
8 8 38 Bradley SMITH GBR Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 164.4 +50.709
9 7 53 Tito RABAT SPA Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda 164.4 +50.983
10 6 19 Alvaro BAUTISTA SPA Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 163.6 +1'01.388
11 5 41 Aleix ESPARGARO SPA Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 163.0 +1'08.868
12 4 51 Michele PIRRO ITA OCTO Pramac Yakhnich Ducati 162.2 +1'18.987
13 3 4 Andrea DOVIZIOSO ITA Ducati Team Ducati 161.1 +1'33.419
 
CLASSIFICAÇÃO
1 Marc MARQUEZ Honda SPA 41 pontos
2 Valentino ROSSI Yamaha ITA 33
3 Dani PEDROSA Honda SPA 27
4 Jorge LORENZO Yamaha SPA 25
5 Andrea DOVIZIOSO Ducati ITA 23
6 Pol ESPARGARO Yamaha SPA 19
7 Hector BARBERA Ducati SPA 18
8 Eugene LAVERTY Ducati IRL 17
9 Bradley SMITH Yamaha GBR 16
10 Maverick VIÑALES Suzuki SPA 10
11 Aleix ESPARGARO Suzuki SPA 10
12 Alvaro BAUTISTA Aprilia SPA 9
13 Stefan BRADL Aprilia GER 9
14 Tito RABAT Honda SPA 8
15 Scott REDDING Ducati GBR 6 


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP define o calendário da competição em 2017

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

MotoGP: Vitória de Jorge Lorenzo no GP da Espanha

MotoGP: GP da Espanha acontece neste domingo (13/11)

MotoGP: Gatas exóticas no paddock do GP da Malásia

MotoGP: Vitória de Andrea Dovizioso no GP da Malásia

MotoGP: Gatas exóticas no paddock do GP da Malásia

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: GP da Espanha acontece neste domingo (13/11)

MotoGP: Vitória de Jorge Lorenzo no GP da Espanha

MotoGP: Veja novas regras da competição em 2016

MotoGP: Vitória de Andrea Dovizioso no GP da Malásia


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras