moto.com.br
Publicidade:

MotoGP

MotoGP: Grande vitória de Dani Pedrosa no Japão

13 de October de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Após uma largada apertada e com Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) disparando na frente, ninguém diria que no final do Grande Prêmio do Japão a posição mais alta do pódio seria ocupada por Dani Pedrosa (Repsol Honda), com Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) em segundo e Lorenzo em terceiro.

Pedrosa, vindo de sexto no grid, realizou uma corrida com muita tática, recuperando posições de forma gradual, sem exigir demais pelos pneus. Na 11ª volta Pedrosa já superava Andrea Dovizioso (Ducati Team) para chegar em terceiro e iniciar o ataque a Rossi, que na altura rodava isolado em segundo e dando sinais que já não tinha como alcançar seu colega de equipe.

Contudo, quatro voltas mais tarde o italiano viu Pedrosa passar por ele sem qualquer cerimônia e, ao invés de dar tudo para recuperar a posição ao espanhol, Rossi optou por aproveitar a oportunidade e ir também atrás de Lorenzo, que a esta altura começava a perder rendimento com problemas no pneu dianteiro, e a aposta deu frutos.

Incapaz de manter o ritmo, Lorenzo não só foi passado por Pedrosa na 17ª volta, como duas voltas depois, na sequência de um erro, viu Rossi também passar na sua frente. E assim, em apenas quatro voltas Lorenzo passou de um atraso de cinco pontos para Rossi na classificação da MotoGP para 18 ao terminar na terceira posição, atrás de Rossi e de Pedrosa, que conquistou o 50º vitória em sua carreira na MotoGP.

Um resultado que não deixa de ser interessante, pois se na última etapa, em Aragon (Espanha), Pedrosa foi crucial para Lorenzo ao terminar em segundo, na frente de Rossi, desta vez o espanhol foi crucial para Rossi ao levá-lo de reboque para o segundo posto na frente de Lorenzo.

Enquanto isso, atrás deles Marc Márquez (Repsol Honda) tinha apenas uma corrida para esquecer. Depois de uma largada ruim, partindo do terceiro posto no grid e de perder algumas posições, o atual campeão do mundo não conseguiu nada melhor que a quarta posição, depois de passar Andrea Dovizioso (Ducati Team), que acabou por fechar a lista dos cinco primeiros depois de ter chegado a rodar em terceiro nos momentos iniciais da corrida.

Cal Crutchlow (LCR Honda), em sexto, foi o grande vencedor da luta entre os pilotos Satélite ao bater Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3), em sétimo, enquanto o wildcard Katsuyuki Nakasuga (Yamaha Factory Racing Team) foi o melhor representante da casa, com o oitavo posto. Héctor Barberá (Avintia Racing) foi o melhor piloto Open, em nono, enquanto Scott Redding (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) completou o Top 10.

O piloto de San Marino Alex de Angelis (E-Motion Ioda Racing Team) permanece em tratamento intensivo depois do grave acidente que sofreu nos treinamentos FP4, na véspera da realização do GP do Japão, na pista de Motegi.

Em relação ao campeonato em 2015, Rossi continua liderando com 283 pontos, 18 a mais que Jorge Lorenzo, enquanto Marc Márquez está agora a 86 pontos de distância, com Andrea Iannone, em quarto, com uma diferença de 111 pontos.

A próxima etapa do MotoGP está programada para acontecer no dia 18 de outubro, com a realização do GP da Austrália, na pista de Phillip Island. 

 

RESULTADOS 

 

Points

 

Rider

Nation

Team

Bike

Time/Gap

1

25

26

Dani PEDROSA

SPA

Repsol Honda Team

Honda

46'50.767

2

20

46

Valentino ROSSI

ITA

Movistar Yamaha MotoGP

Yamaha

+8.573

3

16

99

Jorge LORENZO

SPA

Movistar Yamaha MotoGP

Yamaha

+12.127

4

13

93

Marc MARQUEZ

SPA

Repsol Honda Team

Honda

+27.841

5

11

4

Andrea DOVIZIOSO

ITA

Ducati Team

Ducati

+35.085

6

10

35

Cal CRUTCHLOW

GBR

LCR Honda

Honda

+37.263

7

9

38

Bradley SMITH

GBR

Monster Yamaha Tech 3

Yamaha

+37.667

8

8

21

Katsuyuki NAKASUGA

JPN

Yamaha Factory Racing Team

Yamaha

+44.654

9

7

8

Hector BARBERA

SPA

Avintia Racing

Ducati

+48.572

10

6

45

Scott REDDING

GBR

EG 0,0 Marc VDS

Honda

+50.121

11

5

41

Aleix ESPARGARO

SPA

Team SUZUKI ECSTAR

Suzuki

+1'00.535

12

4

72

Takumi TAKAHASHI

JPN

Team HRC with Nissin

Honda

+1'01.211

13

3

69

Nicky HAYDEN

USA

Aspar MotoGP Team

Honda

+1'11.261

14

2

68

Yonny HERNANDEZ

COL

Octo Pramac Racing

Ducati

+1'13.896

15

1

63

Mike DI MEGLIO

FRA

Avintia Racing

Ducati

+1'15.421

 

CLASSIFICAÇÃO 

 

Rider

Bike

Nation

Points

1

Valentino ROSSI

Yamaha

ITA

283

2

Jorge LORENZO

Yamaha

SPA

265

3

Marc MARQUEZ

Honda

SPA

197

4

Andrea IANNONE

Ducati

ITA

172

5

Dani PEDROSA

Honda

SPA

154

6

Bradley SMITH

Yamaha

GBR

152

7

Andrea DOVIZIOSO

Ducati

ITA

150

8

Cal CRUTCHLOW

Honda

GBR

98

9

Danilo PETRUCCI

Ducati

ITA

93

10

Pol ESPARGARO

Yamaha

SPA

88

11

Aleix ESPARGARO

Suzuki

SPA

81

12

Maverick VIÑALES

Suzuki

SPA

74

13

Scott REDDING

Honda

GBR

73

14

Yonny HERNANDEZ

Ducati

COL

49

15

Hector BARBERA

Ducati

SPA

30



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP define o calendário da competição em 2017

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

MotoGP: Vitória de Jorge Lorenzo no GP da Espanha

MotoGP: GP da Espanha acontece neste domingo (13/11)

MotoGP: Gatas exóticas no paddock do GP da Malásia

MotoGP: Vitória de Andrea Dovizioso no GP da Malásia

MotoGP define o calendário da competição em 2017

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Gatas exóticas no paddock do GP da Malásia

MotoGP: Peugeot pode entrar na disputa de Moto3

MotoGP: Veja novas regras da competição em 2016

Yamaha Aerox 125 é scooter da marca no MotoGP


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras