moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

SBK Series: Maico Teixeira é o grande campeão em 2013

09 de December de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Após corrida emocionante, Maico Teixeira (#36), da Equipe Honda Mobil, sagrou-se campeão de 2013 da SuperBike Pro, a principal categoria do SuperBike Series Brasil, maior campeonato de motovelocidade da América Latina. Mais de 15 mil pessoas estiveram no Autódromo Internacional de Curitiba nesse domingo (8/12) para assistir de perto à competição, um público jamais visto em provas da modalidade na cidade.

Gaúcho de Alvorada, Maico terminou a décima e última etapa na segunda colocação, atrás apenas do argentino Leandro Mercado (#136), da Team SBK Ducati Perfect Motors, que participou da prova como piloto convidado. Danilo Andric (#64), da Andric Motorcycles, foi o terceiro, seguido de José Luiz Cachorrão (#51), também da Equipe Honda Mobil, em quarto, e Bruno Corano (#34), da Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, em quinto.

SuperBike Pro - "Estou muito feliz com essa conquista, o que mostra minha evolução como piloto. Atribuo o resultado ao excelente trabalho da equipe e ao equipamento fantástico. Eu tinha uma boa vantagem e por isso acabei segurando no início. Tive uma oportunidade e acelerei para ultrapassar o Danilo Andric e fechar o ano com mais um pódio. Consegui cinco vitórias e sete pole positions. O que mais quero é comemorar", disse o campeão, que somou 603 pontos na classificação final do Showdown, sistema de pontuação que definiu a classificação da SuperBike Pro.

Cachorrão, segundo com 584, destacou a estratégia utilizada na prova. Foi uma corrida de cálculos. "Eu tinha uma posição confortável na classificação. Por isso, pude administrar. Vi que poderia garantir o vice sem precisar correr riscos”, contou.

Danilo Andric, terceiro no ShowDown, com 576 pontos, revelou que enfrentou problemas físicos durante a corrida. “Para mim, essa disputa se resume em uma palavra: superação. Meu braço travou na parte final, o que não nunca tinha acontecido. Mas isso não justifica. Pensei no campeonato e me mantive em terceiro lugar”, declarou.

Bruno Corano, o quarto, com 566, destacou a qualidade dos adversários. “Claro que eu gostaria de estar brigando pelo título, pois estou mal acostumado. Entretanto, terminei entre os quatro melhores pilotos do país e isso é muito importante”, comparou.

Massao Nishimoto (#41), da Dynel’s, que ficou em quinto, com 560 pontos, mostrou-se satisfeito com o desenvolvimento que apresentou durante a temporada. “Para mim, o importante é aprender. Andei no meio de grandes feras e isso faz a diferença”, apontou.

Confira os campeões de 2013 das demais categorias:

SuperBike Pro Amador - Beto Van Cleef (#62), da Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, foi o vencedor da última prova da temporada na SuperBike Pro Amador. O piloto terminou a competição em sétimo na classificação, com 62 pontos. O campeão antecipado da categoria foi Marcelo Cortes (#144), que somou 144, porém não disputou a etapa final. Marcelo Skaf (#177), da MotoSchool Racing Team, cruzou a linha de chegada na segunda colocação. João Sobreira (#113), da Andric Motorcycles, foi o terceiro na corrida, entretanto, assegurou o vice-campeonato, com 143 pontos. Tiago Pavanelli (#61), da Bikes Wash Racing, chegou em quarto e José Aguilar (#6), da SBK Brasil, foi o quinto.

SuperBike Pro Estreante - Pablo Moyses (#777), da BH Racing, foi o primeiro entre os pilotos da SuperBike Pro Estreante. Com o resultado, ele também assegurou o título da temporada, com 191 pontos, na classificação final do campeonato. Fernando Ferraz (#11), da Dynel’s, ficou em segundo. Ricardo Fox (#69), da Motor & Cia Racing Team, terminou a prova na terceira colocação e, com isso, garantiu o vice, somando 125. Du Rodrigues (#13), da Sinohara Motorcycles, foi o quarto.

SuperBike Pro Master - Elson Tenebra (#2), da equipe K10, foi primeiro colocado entre os pilotos da categoria SuperBike Pro Master na última etapa da temporada 2013 do SuperBike Series Brasil e também o campeão da temporada. Carlos Augusto Pop (#94), da Fast Pop, terminou a prova na segunda colocação.

600cc SuperSport Pro - Douglas Figueiredo (#777), da Bordsak, foi o campeão da 600cc SuperSport Pro. Ele chegou na quinta colocação, mas foi o suficiente para assegurar o troféu. “É muito gratificante faturar este título. Foi um ano de batalhas, contra adversários muito competitivos. Estou muito feliz”, afirmou. Matheus Oliveira (#92), da Motom, foi o vencedor. Alex Schultz (#22), da Schultz Racing Team, que cruzou a linha em segundo, ficou com o vice-campeonato. Estreante na categoria, Sabrin a Paiuta (#88), da Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, terminou em terceiro lugar e Marcos Senra (#67), da Racing 360, em quarto.

600cc SuperSport Pro Amador - Douglas Pecoraro (#19), da Bikes Wash Racing, faturou o título da 600cc SuperSport Pro Amador. Ele foi o primeiro de sua categoria a cruzar a linha de chegada no Autódromo Internacional de Curitiba, onde ocorreu a décima e última etapa de 2013. “Foi uma temporada perfeita, na qual subi ao pódio em todas as etapas, conquistei o título paulista e agora fechei com chave de ouro”, festejou o campeão. Antonio Carlos Franzen (#10), da Fast Brothers Team, foi o segundo n a pista e vice-campeão. Fabricio de Castro (#75), BH Racing, chegou em terceiro, com Juninho Garcia (#37), da Motor &Cia Racing Team, em quarto. Daniel Silingardi Lopes (#98), da Serra Racing, completou o pódio.

SuperBike Light - Em disputa emocionante a poucos metros da linha de chegada, Ricardo Negretto (#38), da Sapienza Racing, venceu na SuperBike Light. O piloto largou bem, mas perdeu posições ao enfrentar problema na marcha da motocicleta, além de sair da pista. Ele, no entanto, conseguiu se recuperar e brigou até o fim pela primeira colocação com Marcelo Skaf (#177), da MotoSchool Racing Team, que chegou logo atrás. “Fiz uma corrida de superação. Venci na última curva da volta fi nal, passei dois retardatários e estou muito feliz com a conquista”, contou Negretto. A terceira posição ficou com Sérgio Makoto (#999), da Bike's Wash Racing, seguido de Luciano Gomes Pokemon (#77), da Pokemon Pneus e Alex Picoli (#40). Como James Mike (#137), da Misano Racing Team, havia conquistado o título antecipado na categoria em Cascavel, Negretto ficou em segundo lugar na classificação geral do campeonato.

SuperBike Light Master - Apesar de não ter largado bem, Osmar Gonçalves (#62), da equipe Ótica Anavaz, conseguiu imprimir um bom ritmo e foi o vencedor da categoria SuperBike Light Master. “Após três anos sem correr, voltei nesta temporada e disputei apenas uma corrida. Fico muito satisfeito com o resultado e em 2014 pretendo estar novamente no SuperBike Series Brasil”, planeja. A segunda posição da corrida e o vice-campeonato ficaram com Edson Errera (#86), da Errera Racing, que cruzou a linha de chegada à frente de Fabio Prandini (#5), da Misano Racing Team. O título de 2013 foi conquistado antecipadamente por Jun Sakakibara (#71), da Bordsak, que não disputou a última etapa.

Copa Honda CB 300R Pro - Osvaldo Jorge Filho, o Duende (#55), da Duende Racing, garantiu o título da Copa Honda CB 300R Pro. Ele cruzou a linha de chegada na quarta colocação. Entretanto, a vantagem que acumulou ao longo da temporada, foi suficiente para assegurar o troféu de primeiro lugar. Mauricio Venhoven, o Sagui (#17), da Tuba Racing Team, que brigava pelo campeonato, chegou em segundo na geral. "Esse título tem sabor de vitória dupla porque sou piloto e preparador. Estou muito feliz por esse campeona to e agradeço a todos que me apoiaram durante o ano todo. Fiz uma corrida estratégica. Se houvesse a oportunidade de atacar para assumir a ponta, eu só faria se fosse com muita segurança. Como não aconteceu e eu tinha uma boa vantagem, preferi administrar", relatou Duende.

Copa Honda CB 300R Light - Allex Alvarenga (#50), da Tomate Racing, levou o título da Copa Honda CB 300R Light. Ele venceu a última etapa da temporada, disputada neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). "Minha estratégia durante a corrida era tentar ultrapassar o Sagui para me distanciar do Murillo. Felizmente consegui isso na bandeirada final e estou muito feliz por essa conquista, que é meu primeiro título", disse Alvarenga. Murillo Grandino Latorre (#954), da PZ Racing , terminou a prova em segundo e assegurou o vice. Regis Gomes Primos (#126), da Rodas Mil/RP Competições, cruzou a linha em terceiro lugar. Allan Schartner (#52), da Tomate Racing, foi o quarto, com Alef Barbosa (#33), da Tomate Racing, em quinto.

Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro - Uma temporada praticamente perfeita. Foi assim que André Gama (#46) fechou a última corrida da Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro. Mesmo com o título antecipado, o piloto da Procomps Racing Team acelerou forte para marcar a sexta vitória em oito corridas no ano. "Tive um problema no classificatório e perdi posições. Vim com tudo para baixar o tempo e me recuperar. O equipamento estava com acerto pefeito. Posso dizer que eu e a moto somos um só. Queria fechar com chave de ouro e consegui", ressaltou Gama. A segunda colocação da corrida ficou com Gustavo Gil (#31), também da Procomps Racing Team, seguido de Josué Buchecha Junior (#404), da mesma equipe, que assegurou o vice-campeonato. Carlos Passaro (#777), da Duda Racing, ficou em quarto.

Copa Kawasaki Ninja 300cc Light - William Rodrigo Ribeiro (#15), da WR Racing Team/Tuba Racing Team, foi o campeão da Copa Kawasaki Ninja 300cc Light, com 170 pontos. Na pista, ele ficou com a segunda posição, o suficiente para ficar com o troféu. Junior Loterio (#58), da MB Racing, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada. Diego Querzoli (#92), da Schultz Racing Team, terminou em terceiro e André Ming (#333), da MotoSchool Racing Team, ficou em quarto.

Copa Kawasaki Ninja 250R Pro - Marcelo Augusto Cristal (#9), da Bordsak, encerrou a temporada 2013 da Copa Kawasaki Ninja 250R Pro com vitória e o título de campeão nas mãos. O piloto assegurou a conquista com o ponto extra da pole position do sábado (7), no Autódromo Internacional de Curitiba, e ainda venceu a última corrida do ano. "Gostei da qualidade do campeonato e dos meus adversários. Estou muito feliz com o título", disse. Maicon Benass (#171) ficou com o segundo lugar na prova. Julio Castroviejo (#24), da Sarachu Racing Team, foi o terceiro, com Leandro Bressan (#17), da Bressan Racing, em quarto.

Copa Kawasaki Ninja 250R Light - Com o título da Copa Kawasaki Ninja 250R Light já assegurado, Claudinei Costa e Silva (#44), conquistou a quarta vitória seguida. "Hoje vim com o pensamento de fazer uma ótima corrida e não deixar o Cristiano Aires chegar na frente. Ano que vem tem mais", contou. Em segundo lugar chegou Cristiano Aires (#14), da Serra Racing. Cleber Parrado (#117) e Dudu Rossini (#60), representantes da Procomps Racing Team, ficaram, respectivamente, com a terceira e quar ta posições. Gustavo Aldegheri (#18), da MB, terminou em quinto.

Honda Junior Cup - Lucas Torres (#46) conquistou o campeonato da Honda Junior Cup. O jovem de 14 anos se tornou o primeiro vencedor da categoria-escola para crianças e adolescentes, que visa à formação de novos pilotos. Na última corrida do ano, Lucas chegou na segunda posição e garantiu o título. "A ficha ainda não caiu. Estou muito feliz. Desde a primeira etapa, queria muito esse título. Está sendo uma experiência incrível", destacou Lucas. Rafael Traldi (#134), de 11 anos, que fez os melhores tempos nos treinos de sexta e sábado venceu a prova de ponta a ponta. A terceira colocação ficou com Davi Gomide (#31), seguido de Gigi Erbolato (#58). O estreante na categoria Renzo Ferreira (#13) completou o pódio da garotada.

Fotos: Donini Produções - Imagem/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Alex Barros vence e dá show na final do Superbike Brasil

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

Copa Red Bull convoca 23 nomes para a temporada 08

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

Entenda como funciona um Track Day

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

SBK Brasil: Mudança de calendário e circuitos na temporada 2016

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras