moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

SBK Brasil: Diego Faustino vence etapa gaúcha

14 de September de 2015
Compartilhe este conteúdo:
O piloto Diego Faustino (#68), da equipe Honda Mobil, venceu a 5ª etapa da SuperBike, prova disputada no último domingo (13/09) no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. Com a vantagem de largar na pole, o piloto do time japonês protagonizou nas primeiras voltas um duelo impressionante com o companheiro de equipe Maico Teixeira (#36). Os dois correram no mesmo centésimo e, no início da segunda volta, Maico chegou a ocupar rapidamente a liderança, após se beneficiar do vácuo na reta dos boxes. Entretanto, levou o troco em seguida e Faustino recuperou a ponta.
 
Nas voltas seguintes, os dois companheiros se distanciaram dos demais pilotos e mantiveram a disputa acirrada pela liderança. Mas Faustino conseguiu impor seu ritmo intenso e abriu uma confortável vantagem sobre Maico. Na segunda metade da corrida, o atual líder da categoria correu praticamente sozinho e cruzou a linha de chegada em primeiro com mais de seis segundos de vantagem para o companheiro de equipe, que recebeu a bandeirada em segundo.
 
Robson Portaluppi (#46), da equipe Portaluppi Race Team, que disputou a corrida pelo Campeonato Gaúcho, garantiu a terceira posição no geral. Já Danilo Lewis (#17), da Tecfil Racing Team, fez uma largada ruim e perdeu três posições. O piloto, que vinha apresentando bons resultados nos treinos e prometia colar nos ponteiros da Honda, iniciou uma corrida de recuperação. Após ultrapassar Marcelo Dahmer (#49), da K Racing, e José Luiz "Cachorrão" (#51), da Honda Mobil, Lewis entrou na volta final a apenas três centésimos atrás de Portaluppi. A distância foi reduzida curva a curva, mas Lewis não conseguiu ultrapassar o adversário e ficou com a quarta posição no geral – terceira na categoria Pro.
 
Cachorrão chegou logo atrás, em quarto na Pro, seguido por Pablo Nunes (#777), da equipe BH Racing, em quinto.
 
Pela categoria Pro Amador, o primeiro colocado foi Fernando Min (#20), da equipe MotoSchool Racing Team. Fabrício de Castro (#75), da BH Racing, ficou em segundo, logo à frente de Rodrigo Rocky (#43), da MotoSchool Racing Team, o terceiro.
 
Já na categoria Pro Master, Rogério Gentil Fernandes (#31), da Duda Racing Team, garantiu o lugar mais alto do pódio, seguido por Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Best Riders, em segundo.
 
Categoria 600 SuperSport - Matheus assegura liderança e vence a 5ª etapa na SuperSport
 
Matheus de Oliveira Dias (#70), da equipe Tecfil Racing Team, levou a melhor e venceu a 5ª etapa do SuperBike Brasil na categoria SuperSport. A corrida foi marcada por um longo período de bandeira amarela, com relargada no início da 11ª volta.
 
O piloto da Tecfil fez um bom início de prova e manteve a liderança até a pista ser fechada. Antonio Telvio (#5), da Serra Racing, perdeu o controle da sua moto e caiu logo na segunda volta, o que exigiu o atendido da equipe de segurança e o início do período de bandeira amarela. Com a reabertura da pista, no início da 11ª volta, Matheus manteve a ponta e foi perseguido de perto por Alex Schultz (#22), da Dynel's Racing Team, que aproveitou a relargada para ultrapassar Sebastian Salom (#77), da Extreme By Xirú, e assumir a segunda posição.
 
A disputa pela ponta seguiu até a volta final. Schultz pressionou o líder, que se obrigou a fazer um traçado defensivo para manter a posição. Mas Matheus se saiu melhor e cruzou a linha de chegada em primeiro, com meio segundo de vantagem para o adversário. Schultz ficou em segundo, à frente de Salom, que disputou a prova pelo Campeonato Gaúcho.
 
Luiz Cerciari (#3), da equipe Cerciari Racing School, pressionou o piloto argentino durante toda a segunda parte da corrida e conseguiu baixar a diferença entre os dois volta após volta. Apesar disso, não conseguiu ultrapassar o adversário e ficou com a quarta posição no geral – a terceira na Pro.
 
Dudu Costa Neto (#117), da Mobil Ituran Racing, chegou logo atrás, em quarto na Pro, seguido por Rafael Dadario (#86), da Viana Racing.
 
Dadario também venceu a SuperSport Pro Amador. O segundo desta categoria foi Leopoldo Bittar (#336), da Masut Racing, seguido por Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing School, em terceiro. Já Walteny Amaral Scoob (#12), da Serra Racing, garantiu a quarta posição.
 
Na Pro Estreante, Irineu Trudes Jr Juninho (#72), da Viana Racing, se saiu melhor e venceu a corrida na categoria. Alessandro Ferraz (#66), da Qatar, cruzou a linha de chegada em segundo, seguido por Christian Cerciari (#83), da Cerciari Racing School, em terceiro
 
Categoria SuperBike Light - Black não dá chances aos adversários e vence a 5ª etapa da SuperBike Light
 
Juracy Rodrigues "Black" (#560), da equipe Black Day Racing Team, venceu a 5ª etapa da SuperBike Light, disputada na Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. O piloto largou na segunda posição do grid e rapidamente conquistou a liderança da prova. Na segunda volta, a corrida foi interrompida e entrou em bandeira amarela após a queda do piloto Marlon Fabiano Verdi (#83), da equipe Agroplanta Byxiruextreme.
 
A relargada ocorreu apenas no início da 9ª volta e Black não teve dificuldades para sustentar a posição. O piloto liderou as voltas finais e recebeu a bandeirada em primeiro lugar. Maico Colussi (#14), da equipe Rad Racing School, que disputou a prova pelo Campeonato Gaúcho, foi o segundo a cruzar a linha de chegada.
 
Já o piloto Guto Figueiredo (#18), da equipe Kobe Motos/A2 Informática, fez uma grande corrida. Ele saltou de oitavo, sua posição na largada, e encerrou a prova em terceiro no geral, o segundo na categoria Pro.
 
Nas posições seguintes, dois pilotos que somam pontos pelo Campeonato Gaúcho. Anselmo Perini (#23), da Morangos ANS Perini, foi o quarto do geral, seguido por Diego Zapaya (#37), da equipe Nexo, em quinto.
 
Retomando os pilotos mais rápidos da categoria Pro, Jean Vieira (#11), da MS Racing Team, terminou a etapa em terceiro, logo à frente de Rodrigo Soncini Ronchetti (#49), da Viana Racing, em quarto. A quinta posição ficou com Cássio Silva (#45), piloto da equipe SBR Racing Team.
 
Entre os pilotos que disputam a categoria Master, o primeiro colocado foi Jirios Semaan Abboud (#100), da BH Racing, seguido pelo seu companheiro de equipe Michel Abboud (#8). Já a terceira posição ficou com Edson Errera (#86), da Errera Racing.
 
Categoria Master - Black chega em primeiro na categoria Master e acumula mais uma vitória
 
Juracy Rodrigues Black (#560), da equipe Black Day Racing Team, venceu a 5ª etapa da categoria Master. O piloto, que já havia garantido a primeira posição da SuperBike Light, não teve dificuldade para se distanciar dos adversários. Logo na largada, Black assumiu a ponta e em poucas voltas abriu uma vantagem confortável de seis segundos.
 
Diego Zapaya (#37), da equipe Nexo, que vinha logo atrás, até tentou se aproximar do líder. Na segunda metade da prova, o piloto diminuiu a vantagem de Black, fazendo seguidas voltas rápidas. Quando a distância entre os dois caiu para a casa dos dois segundos, Black mostrou toda sua habilidade ao cravar a melhor volta da corrida, 1m28s110, e acabar com qualquer expectativa de Zapaya pela liderança.
 
Black recebeu a bandeira quadriculada em primeiro, quatro segundos à frente de Zapaya, que encerrou a prova em segundo lugar.
 
A disputa mais acirrada da corrida ficou entre os pilotos Rodolfo Rafael Rodrigues (#93), da Rolly Team, Jirios Semaan Abboud (#100), da BH Racing e Elson Tenebra Otero (#2), da equipe Suzuki/Econs/Best Riders. Os três corriam na mesma pegada e brigavam pela terceira colocação. Rodolfo se defendeu o quanto pode, mas não conseguiu impedir que Elson fizesse a ultrapassagem e abrisse uma boa vantagem. Ao fechar voltas dois segundos mais rápido que os dois adversários, Elson disparou na frente e garantiu a terceira posição.
 
A partir deste momento, a briga ficou entre Rodolfo e Jirios. Notoriamente mais lento, Rodolfo segurou o quarto lugar até as curvas finais da última volta, quando foi ultrapassado por Jirios, que cruzou a linha de chegada quatro décimos à frente e garantiu a quarta colocação. Rodolfo recebeu a bandeirada logo atrás e encerrou a prova com o quinto lugar.
 
Categoria Copa Kawasaki Ninja 600 - Viveiros vence com facilidade a 5ª etapa da Ninja 600
 
Nenhuma surpresa na disputa da 5ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 600. Após liderar os treinos e garantir a pole, Diego Viveiros (#23), da Tecfil Racing Team, fez uma corrida sem nenhum imprevisto e venceu a prova com bastante tranquilidade. O piloto ficou à frente durante todas as 12 voltas e recebeu a bandeira quadriculada com mais de 15 segundos de vantagem para o segundo colocado.
 
Jefferson Ramos Valcézia (#99), também da Tecfil Racing Team, garantiu a segunda posição. O piloto foi beneficiado por um erro cometido por Douglas S. Tomé (#67), durante a segunda volta, e tomou a posição do adversário, que a sustentou até o fim da corrida. Raphael Arcari Brito (#96), da Duende e Senra Racing, foi o terceiro colocado e também realizou uma prova sem nenhum imprevisto.
 
Já Douglas Tomé, teve que iniciar uma corrida de recuperação. O piloto largou em segundo e manteve a posição até passar reto em uma curva e ir parar na grama. Tomé conseguiu reconduzir sua moto para a pista, mas ficou de fora de disputa pelas primeiras posições. O piloto conseguiu ainda ultrapassar Edvaldo José Martinati (#113), da Duende e Senra Racing, e ficar com a quarta posição.
 
O quinto na categoria Pro foi Luis Ferraz (#13), da equipe Tecfil Racing Team. O piloto sofreu uma queda durante os treinos livres, mas conseguiu se recuperar para participar da corrida.
 
Pela categoria Master, o primeiro colocado foi Martinati, que também garantiu a quinta posição no geral. Já Marcelo Kitadai (#36), da Moto School Racing Team, foi o segundo.
 
Categoria CBR 500R - Sem dar chance aos adversários, Tamburro vence a 5ª etapa da CBR 500R
 
O resultado dos treinos se confirmou durante a disputa da 5ª etapa da Copa Honda CBR 500R, realizado no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Leonardo Tamburro (#53), da equipe Honda MotoSchool de Talentos, dominou todas as sessões – livres e classificatórias – e garantiu a pole. Na corrida, nenhum imprevisto. Tamburro disparou na ponta, fez a volta mais rápida da prova e recebeu a bandeira quadriculada com mais de 12 segundos de vantagem para os adversários.
 
Willian Ribeiro (#15), da equipe WR, beneficiou-se da queda de Renzo Ferreira (#13), da Honda MotoSchool de Talentos, ainda na segunda volta e assumiu a vice-liderança da prova. Willian abriu uma vantagem confortável para o pelotão que vinha logo atrás e terminou a corrida em lugar.
 
As principais disputas por posições ocorreram entre os pilotos Rodrigo Jantonio (#99), da Serv Moto Racing Team, Lucas Dezeró (37), da Alemão Pneus, e Davi Gomide (#31), da Honda MotoSchool de Talentos. Os três seguiram na mesma pegada, na segunda metade da prova, e protagonizaram um espetáculo à parte. Jantonio conseguiu manter a liderança do pelotão e cruzou a linha de chegada em terceiro no geral – somando ainda o primeiro lugar da Light. Dezeró ficou sete décimos atrás e foi o terceiro da categoria Pro. Já Gomide, tentou até o último segundo reduzir a distância para o adversário, mas não conseguiu ultrapassá-lo. O piloto recebeu a bandeira quadriculada três centésimos atrás de Dezeró e garantiu a quarta posição na categoria Pro e a quinta no geral.
 
Seguindo as primeiras colocações entre os pilotos que disputaram a Light, Kleriston Garden (#5), da HG Motos Racing, ficou com o segundo lugar, à frente de Marcia Reis (#97), da Moretti Racing Team, em terceiro, e de Weslley Leandro Ribeiro (#45), da WR, que acabou caindo durante uma disputa por posições e ficou apenas com o quarto lugar da Light e a oitava no geral.
 
Pela categoria Junior, o vencedor foi Willian Ribeiro. O segundo lugar foi para Davi Gomide seguido por Weslley Leandro Ribeiro em terceiro.
 
Categoria Copa Kawasaki Ninja 300 - Fernando Santos vence a 2ª corrida da Ninja 300 nos metros finais
 
O resultado da segunda corrida da Copa Kasawaki Ninja 300, disputada no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, só foi definido nos metros finais. Em uma corrida muito disputada, quatro pilotos se revezaram na liderança ao longo das 10 voltas da prova.
 
Os pilotos da equipe Duda Racing, Victor Perrucho (#226) e Niko Ramos (#822), se revezaram na liderança por boa parte da corrida. E a vitória parecia clara, para Niko, apesar de a distância para os adversários ser mínima. O piloto entrou na volta final em primeiro e conseguiu sustentar a posição até o início da reta dos boxes, quando foi surpreendido por Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team, que, com auxílio do vácuo, conseguiu realizar a ultrapassagem para receber a bandeira quadriculada na frente. Fernando Santos terminou a prova com cerca de sete centésimos de vantagem e venceu no geral e na categoria Light. Já Niko chegou logo atrás e foi o líder da categoria principal.
 
O segundo da Pro foi Victor Perrucho, que repetiu o mesmo feito da primeira bateria: fez uma ótima corrida, sustentou a liderança a maior perto tempo, mas nas voltas finais acabou perdendo posições.
 
Marco Antonio Reis (#3), da equipe Moretti Racing Team, correu toda prova entre os líderes e encerrou a corrida em terceiro na categoria Pro. Rodne Rufino (#17), da Duende e Senra Racing, foi o quarto, à frente de Anderson dos Santos (#84), da Moretti Racing Team, em quinto.
 
Pela categoria Light, o vencedor foi Fernando Santos, que ganhou também em primeiro no geral. Derick Filipini (#227), da equipe Mobil Ituran Racing, foi o segundo a cruzar a linha de chegada, à frente de Ricardo Castilho (#71), da Tecfil Racing Team, que recebeu a bandeirada em terceiro. Jeferson de Souza Silva (#707), da Alemão Pneus, completou a prova em quarto, seguido por Ricardo de Barros (#89), da Duda Racing, em quinto.
 
Categoria Junior Cup - Gabriel Favero é o mais rápido e vence a 5ª etapa da Honda Junior Cup
 
Em uma corrida muito disputada, Gabriel Favero e Silva (#271) manteve a liderança nos metros finais e venceu a prova da categoria-escola Honda Junior Cup, disputada no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul, válida pela 5ª etapa do SuperBike Brasil.
 
Gabriel largou na pole, mas em nenhum momento conseguiu se distanciar na frente. Pelo contrário. Matheus Favero (#59) não deu refresco ao adversário e protagonizou uma perseguição que perdurou por todas as oito voltas da corrida. Os dois pilotos se revezaram na liderança volta após volta. Na última, com uma distância de meio segundo, Gabriel conseguiu impedir as tentativas de ultrapassagem de Matheus e receber a bandeira quadriculada em primeiro.
 
Eduardo Nunes (#4) foi o terceiro colocado. O piloto se beneficiou da queda de Nicolas Cenedesi (#525), que disputava com ele a posição, e encerrou a prova com uma boa vantagem para o adversário mais próximo. Humberto Maier (#12) fez uma corrida de recuperação, ganhou três posições e chegou em quarto, à frente de Rafael Rigueiro (#52), que terminou a prova em quinto.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

Pé Na Tábua teve show de motos clássicas em Barra Bonita (SP)

Final do Brasileiro de Supermoto acontece neste final de semana

Piloto Márcia Reis anuncia estreia de seu novo site

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

Entenda como funciona um Track Day

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Pierluigi e Solorza vencem 8ª etapa, que teve rodada dupla


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras