moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

A grande final do SuperBike Brasil aconteceu no último domingo, dia 4 de dezembro, no Autódromo de Interlagos - São Paulo (SP)

05 de December de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A grande final do SuperBike Brasil aconteceu no último domingo, dia 4 de dezembro, no Autódromo de Interlagos - São Paulo (SP). A 9ª etapa da competição teve disputas emocionantes que terminaram com o piloto Diego Faustino (#68), da equipe Honda, sagrando-se campeão da Temporada 2016 . Veja abaixo os resultados das duas baterias da categoria principal do campeonato.

Corrida 2 -  Fora da disputa do campeonato, Alex Barros vence 2ª bateria da SuperBike
O piloto Alex Barros (#4), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, foi o vencedor da segunda bateria da etapa final da SuperBike, prova realizada na tarde de domingo (4) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto – o maior representante da motovelocidade brasileira – fez uma excelente prova. Barros largou da terceira posição e já na primeira curva assumiu a vice-liderança da corrida, ficando somente atrás de Diego Faustino (#68), da equipe Honda.

Logo no começo da segunda bateria, mais precisamente na segunda volta, foi marcado o desfecho do campeonato. Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, que vinha na disputa do título, teve problemas mecânicos com sua moto e abandonou a corrida. Com isso, Diego Faustino garantiu o tricampeonato da SuperBike antes mesma da prova acabar.

Retornando à disputa na pista, Alex Barros assumiu a dianteira na segunda volta e iniciou um belíssimo pega com Faustino pela liderança. Com ritmos muito próximos, os dois pilotos dividiram a primeira posição na maior parte da corrida. Enquanto Barros levava uma pequena vantagem nos trechos de reta, o virtual campeão se saia melhor nas curvas, e com isso a disputa seguia indefinida.

Porém, na segunda metade da prova, Alex Barros manteve o alto desempenho e viu o adversário afrouxar o punho. Com isso, o piloto da equipe BMW abriu vantagem e seguiu na ponta até receber a bandeirada em primeiro. O atual campeão, Diego Faustino, encerrou a prova na vice-liderança e faturou o segundo título consecutivo e o tricampeonato Brasileiro.

A terceira posição ficou com o argentino Diego Pierluigi (#84), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing. O piloto argentino não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e fez uma corrida bastante solitária. Já o quarto lugar ficou com Wesley Gutierrez (#134), da equipe Kawasaki Racing Team. O piloto paranaense conquistou a posição somente na volta final, quando conseguiu ultrapassar José Luiz "Cachorrão" (#51), da equipe Honda. Com isso, Cachorrão acabou recebendo a bandeirada em quinto.

SuperBike Pro Amador
O vencedor da segunda bateria foi Jeferson Marchesin Friche (#6), da equipe HG Motos Racing. Com o resultado, o piloto obteve o título Brasileiro da categoria. Já a vice-liderança da prova ficou com o piloto Roque dos Santos (#21), da Playstation / PRT. Na sequência, Rui Luiz Alves (#78), da Pro Racing Team, obteve o terceiro lugar, logo à frente de Fábio Nallin (#47), da Misano Racing Team, em quarto, e de Daniel Toloni (#3), da Misano Racing Team, na quinta posição.

Pro Estreante
Davi Lara Costa (#12), da equipe JC Racing Team, garantiu a vitória na segunda bateria. Já vice-liderança foi para Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing, que com o resultado conquistou o título da categoria.

SuperBike Pro Master,
A primeira colocação ficou com Elson Tenebra Otero (#2), da equipe Suzuki/Econs/Concard/CNM. O piloto venceu o embate particular com Jirios Semaan Abboud (#100), da equipe BH Racing, que ficou logo atrás, em segundo. Porém, com o resultado, Jirios garantiu o título da categoria.

Corrida 1 -  Diego Faustino vence 1ª bateria da final e assume liderança da SuperBike
Em uma prova eletrizante do início ao fim, Diego Faustino (#68), da equipe Honda, levou a melhor e venceu a primeira bateria da grande final da SuperBike, corrida realizada no domingo (4) no Autódromo de Interlagos em São Paulo (SP). Com o resultado, Faustino assume a liderança na tabela classificatória e fica mais perto do tricampeonato na categoria.

Diego Faustino largou em segundo lugar e desde o início da prova travou um embate intenso com Alex Barros (#4), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, e com Danilo Lewis (#17), da Tecfil Racing Team, seu adversário direto pelo título. Com um ritmo muito intenso, os três pilotos rapidamente se distanciaram dos demais. Faustino acabou sendo ultrapassado por Barros e neste momento passou a perseguir os dois ponteiros. Na quarta volta, o atual campeão da SuperBike já havia conseguido assumir a dianteira após acelerar forte e ultrapassar os dois líderes. Porém, por muito pouco não acabou pagando caro. O piloto de Londrina (PR) perdeu de leve a traseira da sua moto e quase tomou um high side.

As intensas disputas se repetiram ao longo de toda a corrida. Na segunda metade da prova, Alex Barros conseguiu fazer a ultrapassagem assumir, temporariamente, a primeira posição. Porém, Faustino deu o troco e retomou a liderança. Na volta final, os três pilotos mantiverem ao alto nível de pilotagem. Faustino recebeu a bandeirada em primeiro, menos de dois décimos à frente de Alex Barros. Já a terceira posição ficou com Danilo Lewis, que com este resultado, pela primeira vez na temporada, deixou a liderança do campeonato - está em segundo, quatro pontos atrás de Faustino.

A quarta posição na prova foi para Diego Pierluigi (#84), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing. O piloto não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e nas voltas finais quase foi surpreendido por Maico Teixeira (#36), da Honda, que diminuiu a vantagem do argentino para apenas quatro décimos e recebeu a bandeirada na quinta posição.

Pro Amador
O vencedor foi Alex Borges (#44), da equipe Pitico Race Team. O piloto teve um bom desempenho na bateria o foi nono mais rápido no geral. Já a vice-liderança ficou com o piloto Jeferson Marchesin Friche (#6), da equipe HG Motos Racing. Na sequência, Fábio Nallin (#47), da Misano Racing Team, obteve o terceiro lugar, logo à frente de Rui Luiz Alves (#78), da Pro Racing Team, em quarto, e de Arivaldo Lopes Neto (#21), da Pitico Race Team, na quinta posição.

Pro Estreante
Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing
, garantiu a vitória na primeira bateria. A vice-liderança ficou com Juracy Rodrigues "Black" (#560), da equipe Black Day Racing Team, logo à frente de Davi Lara Costa (#12), da JC Racing Team, em terceiro.

SuperBike Pro Master
A primeira colocação ficou com Jirios Semaan Abboud (#100), da equipe BH Racing. O piloto venceu o embate particular com Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Concard/CNM, ficou logo atrás, em segundo.

Fotos: Divulgação VGCOM/SBK BRASIL/Paulo Henrique Cruz/Johanes Duarte



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Eric Granado vence 1ª etapa em Interlagos

MotoGP: Marc Marquez vence o GP dos Estados Unidos

MotoGP: GP dos EUA acontece neste domingo (23/04)

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

Danilo Lewis garante liderança no Paulista de Motovelocidade

WSBK: Argentina entra no calendário 2018 com nova pista

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Danilo Lewis garante liderança no Paulista de Motovelocidade

Yamaha R3 Cup é a nova categoria para jovens pilotos

Aos 46 anos, Alex Barros retorna às pistas no SBK Brasil 2017

Entenda como funciona um Track Day

MotoGP segue com transmissão ao vivo no Brasil


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras