moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Piquet Sports garante o nono título no Brasileiro de Supermoto

Rafael Fonseca e Pedro Rehn foram os campeões nas categorias SM1 e SM2

16 de November de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Aconteceu no último domingo, dia 15 de novembro, a última etapa do Campeonato Brasileiro de Supermoto, no Kartódromo Municipal de Praia Grande (SP). Na pista do litoral paulista estavam representando a equipe Piquet Sports Supermoto os pilotos Rafael Fonseca, Pedro Rehn e Simão Lawant

Pedro Rehn, estreante na categoria SM2, entrou na pista confiante e conquistou seu primeiro título na modalidade. “Estou muito feliz por ter ganhado meu primeiro campeonato e invicto. O esporte ganhou mais um adepto!”, comentou Rehn, certo da permanência na modalidade, em 2016.

Já o experiente Simão Lawant, com diversos títulos no currículo, estava na pista para treinar com foco no AMA Supermoto SouthEast Orlando (FL), onde disputa o bicampeonato na categoria Veterans. Por conta do SouhEast, Simão não disputava título no Brasileiro de Supermoto, mesmo assim entrou na pista com vontade de vencer e foi o que aconteceu. “Fiz a pole position e garanti o primeiro lugar na primeira bateria do dia. Na segunda bateria cometi alguns erros e acabei ficando com o segundo lugar. Mesmo assim, estou muito contente por rever amigos e correr em casa.”, completa Lawant.

A categoria mais esperada do dia e a principal da modalidade, a SM1, tinha como líder o octo Campeão Brasileiro, Rafael Fonseca, que não estava a fim de perder o nono título. Fonseca largou na ponta nas duas baterias, alguns erros, o piso seco e molhado, atrapalharam seu desempenho nas duas baterias. Após administrar as adversidades, o piloto garantiu o primeiro lugar na primeira bateria e o quarto na segunda bateria. Com a soma dos pontos o piloto conquistou o nono título na SM1.

“Com o clima instável, chove não chove, acabei fazendo a escolha errada de pneus. Sofri uma queda na segunda bateria e perdi posições. Retornei à disputa e como a quarta colocação me deixava à frente na geral, não quis arriscar.”, comentou Fonseca, nove vezes Campeão Brasileiro de Supermoto.

A categoria SM4 coroou o piloto Anderson Fornielli “Tio” com o título, enquanto na SM3 Pro, e na SM3 Felipe Teixeira e Khadun Lima, respectivamente, sagraram-se campeões de 2015.

Fotos: Ricardo B. Santos



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

WSBK: Vitória em dose dupla de Jonathan Rea na Austrália

Scuderia Classic Riders Brasil convida para Track Day em Interlagos

WSBK: GP da Austrália abre a temporada 2017 do Mundial Superbike

Michael Dunlop disputará TT da Ilha de Man com uma Suzuki GSX-R1000R

Piloto Elena Myers deixou as pistas por assédio sexual

Ao Vivo: KTM apresenta equipe oficial da MotoGP em 2017

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Piloto Elena Myers deixou as pistas por assédio sexual

Michael Dunlop disputará TT da Ilha de Man com uma Suzuki GSX-R1000R

Scuderia Classic Riders Brasil convida para Track Day em Interlagos

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Entenda como funciona um Track Day

Equipe JC Racing Team é a campeã das 500 Milhas em 2017

Alexandre Barros abre escola de pilotagem


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras