moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Piquet Sports garante o nono título no Brasileiro de Supermoto

Rafael Fonseca e Pedro Rehn foram os campeões nas categorias SM1 e SM2

16 de November de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Aconteceu no último domingo, dia 15 de novembro, a última etapa do Campeonato Brasileiro de Supermoto, no Kartódromo Municipal de Praia Grande (SP). Na pista do litoral paulista estavam representando a equipe Piquet Sports Supermoto os pilotos Rafael Fonseca, Pedro Rehn e Simão Lawant

Pedro Rehn, estreante na categoria SM2, entrou na pista confiante e conquistou seu primeiro título na modalidade. “Estou muito feliz por ter ganhado meu primeiro campeonato e invicto. O esporte ganhou mais um adepto!”, comentou Rehn, certo da permanência na modalidade, em 2016.

Já o experiente Simão Lawant, com diversos títulos no currículo, estava na pista para treinar com foco no AMA Supermoto SouthEast Orlando (FL), onde disputa o bicampeonato na categoria Veterans. Por conta do SouhEast, Simão não disputava título no Brasileiro de Supermoto, mesmo assim entrou na pista com vontade de vencer e foi o que aconteceu. “Fiz a pole position e garanti o primeiro lugar na primeira bateria do dia. Na segunda bateria cometi alguns erros e acabei ficando com o segundo lugar. Mesmo assim, estou muito contente por rever amigos e correr em casa.”, completa Lawant.

A categoria mais esperada do dia e a principal da modalidade, a SM1, tinha como líder o octo Campeão Brasileiro, Rafael Fonseca, que não estava a fim de perder o nono título. Fonseca largou na ponta nas duas baterias, alguns erros, o piso seco e molhado, atrapalharam seu desempenho nas duas baterias. Após administrar as adversidades, o piloto garantiu o primeiro lugar na primeira bateria e o quarto na segunda bateria. Com a soma dos pontos o piloto conquistou o nono título na SM1.

“Com o clima instável, chove não chove, acabei fazendo a escolha errada de pneus. Sofri uma queda na segunda bateria e perdi posições. Retornei à disputa e como a quarta colocação me deixava à frente na geral, não quis arriscar.”, comentou Fonseca, nove vezes Campeão Brasileiro de Supermoto.

A categoria SM4 coroou o piloto Anderson Fornielli “Tio” com o título, enquanto na SM3 Pro, e na SM3 Felipe Teixeira e Khadun Lima, respectivamente, sagraram-se campeões de 2015.

Fotos: Ricardo B. Santos



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP: GP dos EUA acontece neste domingo (23/04)

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

Danilo Lewis garante liderança no Paulista de Motovelocidade

WSBK: Argentina entra no calendário 2018 com nova pista

MotoGP: Belas gatas no paddock do GP da Argentina

Aos 46 anos, Alex Barros retorna às pistas no SBK Brasil 2017

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Danilo Lewis garante liderança no Paulista de Motovelocidade

Aos 46 anos, Alex Barros retorna às pistas no SBK Brasil 2017

Yamaha R3 Cup é a nova categoria para jovens pilotos

Entenda como funciona um Track Day

SBK Brasil: Danilo Lewis é campeão da Copa Pirelli 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras