moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

MotoGP: pela primeira vez em Austin

No teste privado que conta apenas com a Repsol Honda, LCR Honda e Yamaha, Márquez continua a impressionar

13 de March de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Na última terça-feira (12), no teste privado de dois dias que conta apenas com a participação da Repsol Honda Team, LCR Honda MotoGP e Yamaha Factory Racing, o estreante Marc Márquez continuou a impressionar, marcando 2m08,651s após 12 voltas ao circuito, mais de um segundo mais rápido do que o tempo registado por Jorge Lorenzo, que conseguiu fechar o tempo em 2m09,817s com sua Yamaha M1.

O seu companheiro de equipe Valentino Rossi foi o que cumpriu mais voltas antes do almoço (17 voltas), conseguindo o terceiro melhor tempo com 2m10,580s, à frente do piloto da Repsol Dani Pedrosa, com 2m11,445s e de Stefan Bradl, da LCR, que rodou apensa seis voltas e não conseguiu um tempo melhor que 2m14,705s.

Em entrevista, Marc Márquez falou sobre as suas primeiras impressões: “Agora estou a andar passo a passo. Ainda estamos conhecendo a pista. É bastante difícil, principalmente a primeira parte e a aderência no início não era muito boa e a moto estava fugindo muito. Mas, está  melhorando e agora estamos muito bem. Mas, precisamos melhorar muito com a afinação e especialmente a parte eletrônica, mas estamos trabalhando bem”.

“Uma das características do circuito é que tem muitos pontos de frenagem e isso torna as coisas difíceis para encontrar o melhor compromisso para a afinação. A parte mais complicada da pista é a primeira, onde temos uma zona de esquerda-direita-esquerda-direita. Para o piloto é muito difícil encontrar a melhor trajetória e a melhor forma de ser rápido sem correr riscos. A última parte da pista tem três curvas consecutivas a direita, onde também é difícil encontrar a melhor trajetória”, complementou Márquez.

As equipes não estão dando muita importância aos tempos, já que os pilotos ainda estão conhecendo o circuito da terceira maior pista do calendário do MotoGP. Este teste está sendo também aproveitado pela Bridgestone para experimentar qual o componente mais indicado para esta pista. As primeiras informações apontam para um pneu de design simétrico apropriado para piso abrasivo.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Piloto Elena Myers deixou as pistas por assédio sexual

Ao Vivo: KTM apresenta equipe oficial da MotoGP em 2017

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Equipe JC Racing Team é a campeã das 500 Milhas em 2017

Brasileiro no Team Yamaha na disputa do Desafio R3 bLU cRU 2017

WSBK: Ana Carrasco e Avalon Biddle na disputa do SSP300

500 Milhas de 2017 acontece no dia 12 de fevereiro em SP

Equipe JC Racing Team é a campeã das 500 Milhas em 2017

Brasileiro no Team Yamaha na disputa do Desafio R3 bLU cRU 2017

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Entenda como funciona um Track Day

500 Milhas de 2017 acontece no dia 12 de fevereiro em SP

Honda anuncia dream team para disputa na Ilha de Man

Alexandre Barros abre escola de pilotagem


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras