moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: Série Cup Escola forma novos talentos

Projeto com a Motors Company abre modalidade de competição em pista acompanhada de noções teóricas e práticas

30 de July de 2015
Compartilhe este conteúdo:
 
O GP Campo Grande, que reuniu mais de 21 mil torcedores no último domingo (26/07) e marcou o encerramento da primeira metade da temporada 2015 do Moto 1000 GP, apresentou uma novidade ao público do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O evento contou com a primeira etapa da Cup Escola, uma competição paralela direcionada a motociclistas habituais que nunca tomaram parte de quaisquer corridas ou campeonatos.
 
“A Cup Escola cria para os motociclistas a oportunidade de darem uma utilização esportiva às suas motos no mesmo ambiente de uma competição de nível internacional”, resume o organizador do Brasileiro, Gilson Scudeler. O projeto foi implantado em parceria com a Motors Company, do piloto e instrutor Leandro Mello, que coordena as atividades teóricas e de pista ao lado do também piloto Alan Douglas, campeão do Moto 1000 GP em 2011.
 
“Trata-se de um projeto que há algum tempo nós queríamos implantar, e a parceria com a Motors Company trouxe a condição para a realização da Cup Escola. Fizemos uma prova experimental na etapa anterior, em Goiânia, e a de Campo Grande foi a primeira das cinco válidas da nova modalidade”, explica Scudeler. A Cup Escola levará motociclistas à pista também nas quatro etapas restantes da temporada de 2015 do Brasileiro de Motovelocidade.
 
A Cup Escola não integra o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. “É uma copa, como o nome sugere, que vai acompanhar o Moto 1000 GP. Os participantes terão à disposição toda a infraestrutura, esquema de segurança e resgate, regras claras, programação de treinos e corrida, a premiação no pódio. Enfim, eles, vão se divertir competindo contra outros motociclistas que têm o mesmo nível de conhecimento e habilidade”, conclui Scudeler.
 
A primeira corrida da Cup Escola, que integrou a programação do Moto 1000 GP em Campo Grande, teve percurso de 10 voltas, com vitórias de Alex Borges. O pódio da categoria para motos de 1.000 cilindradas contou ainda com Ale Fernandes, Hugo Makitani, Alexandre Muniz e Andrey Leandro, nesta ordem, completando as cinco primeiras posições. Na categoria das 600cc, os três primeiros foram Fernando Alcazar, Fabrício Correa e Rodrigo Martinelli.
 
RESULTADOS - CUP ESCOLA – ETAPA DE CAMPO GRANDE
(Resultado final da primeira corrida do projeto)
1º) Alex Borges, 16min01s252
2º) Ale Fernandes, a 34s944
3º) Hugo Makitani, a 51s882
4º) Alexandre Muniz, a 54s527
5º) Andrey Leandro, a 1min32s419
6º) Fernando Alcazar, a 1 volta
7º) Fabrício Correa, a 1 volta
8º) Rodrigo Martinelli, a 1 volta
Melhor volta: Borges, na 10ª, 1min33s890, média de 131,556 km/h 
 
Foto: William Inácio/Grelak Comunicação


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

WSBK: GP da Holanda acontece neste final de semana

MotoGP: Belas gatas no paddock do GP dos Estados Unidos

SBK Brasil: Eric Granado vence 1ª etapa em Interlagos

MotoGP: Marc Marquez vence o GP dos Estados Unidos

MotoGP: GP dos EUA acontece neste domingo (23/04)

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

SBK Brasil: Eric Granado vence 1ª etapa em Interlagos

Yamaha fatura 24 Horas de Le Mans com direito a dobradinha

SBK Brasil abre temporada 2017 na pista de Interlagos

Danilo Lewis garante liderança no Paulista de Motovelocidade

Entenda como funciona um Track Day

Aos 46 anos, Alex Barros retorna às pistas no SBK Brasil 2017

Yamaha R3 Cup é a nova categoria para jovens pilotos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras