moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: Pedro Sampaio vai para a Stock 600

02 de September de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Destaque da nova geração de pilotos da motovelocidade brasileira, na Moto 1000 GP, o gaúcho Pedro Sampaio será representante brasileiro no Campeonato Europeu de Stock 600 em 2015. Atualmente integrando o grid da categoria GP 600 no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade defendendo a equipe Fábio Loko, o piloto de 16 anos está em terceiro lugar na classificação da temporada 2014, que terá a quinta de suas oito etapas no dia 21 de setembro em Goiânia (GO).

O Europeu da categoria Stock 600 tem suas provas como preliminares das etapas do Mundial de Superbikes (World SBK). “Está tudo muito bem encaminhado para eu correr lá no ano que vem. O trabalho atual está focado na negociação com os possíveis patrocinadores para viabilizarmos o projeto. Essa tem sido a luta fora da pista. Dentro, o trabalho é para eu chegar à Europa no ano que vem com dois títulos brasileiros no Moto 1000 GP”, expõe.

Pedro Sampaio ainda não conquistou vitórias em 2014. Nas quatro primeiras etapas do Moto 000 GP, obteve o terceiro lugar em Santa Cruz do Sul (RS), foi quarto em Interlagos (SP), segundo em Brasília (DF) e sexto em Cascavel (PR) no último domingo, dia 31 de agosto. Acumula 60 pontos. O líder uruguaio Maximiliano Gerardo, da MGBikes Yamaha Racing, tem 81. O segundo na pontuação é Joelsu Silva, paranaense que defende a Paulinho Superbikes, com 61.

Em 2013, quando conquistou o título brasileiro da categoria de formação de pilotos GPR 250, Pedro Sampaio fechou a primeira metade do campeonato como quarto colocado com 54 pontos. À sua frente na tabela apareciam Ígor Calura, com 73, Sabrina Paiuta, com 70, e Meikon Kawakami, com 60. “Foi na segunda metade do campeonato que consegui duas vitórias e um segundo lugar e fui campeão. Outra reviravolta como aquela é a nossa meta”, estipula.

Piloto de competições desde os 8 anos, Pedro Sampaio diz-se satisfeito com o desempenho no primeiro ano competindo na GP 600. “A categoria ficou muito competitiva, sobretudo com a chegada do Maximiliano, que é um piloto excepcional, tem um ritmo forte. Ele fez com que todos os pilotos buscassem um ritmo mais forte e todos têm melhorado e aprendido. Para mim, estar entre os primeiros diante desse panorama é ótimo”, pondera o gaúcho.

Fotos: Equipe Sanderson



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

Final do Brasileiro de Supermoto acontece neste final de semana

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

Entenda como funciona um Track Day

Pé Na Tábua teve show de motos clássicas em Barra Bonita (SP)

SBK Brasil: Pierluigi e Solorza vencem 8ª etapa, que teve rodada dupla

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras