moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: GP Curitiba tem etapa com novos recordes

Três das quatro categorias da competição superam melhores tempos de volta oficiais na pista paranaense

03 de November de 2014
Compartilhe este conteúdo:

O GP Curitiba, sexta das oito etapas da temporada 2014 do Moto 1000 GP, no último domingo (26/10), foi marcado pelo estabelecimento de novos recordes de velocidade em suas quatro categorias. Em três delas, no Autódromo Internacional de Curitiba estabeleceu recorde oficial, que considera tempos registrados nas corridas. O recorde extraoficial, auferido em treinos classificatórios, foi superado em todas as categorias do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.

Na GP 1000, categoria principal, o argentino Diego Pierluigi conquistou a pole em 1min20s082, com média de 166,104 km/h. O recorde anterior erade Alexandre Barros, pole na etapa de 2012 com 1min20s225. O francês Matthieu Lussiana tornou-se novo recordista oficial da motovelocidade do circuito. Ele cronometrou a melhor volta em 1min20s421, superando o tempo de 1min20s914 estabelecido em 2013 pelo argentino Luciano Ribodino.

Na categoria GP Light o responsável pela quebra dos recordes foi Lucas Teodoro. Ao conquistar a pole position com 1min22s521, ele superou a marca de 1min22s948 que valeu a pole de 2013 a Renato Andreghetto – Rafa Nunes, segundo no grid do GP Curitiba, também fez sua volta no treino classificatório abaixo do tempo do recorde. Na corrida, Teodoro assumiu o recorde oficial com 1min22s641, superando a marca de 1min22s750, também de Andreghetto.

A GP 600 foi a categoria que mostrou mais evolução técnica a partir dos tempos de volta no GP Curitiba. O recorde de pole estabelecido em 2013 pelo espanhol Manuel Jimenez em 1min25s432 foi superado por cinco pilotos. Além do argentino Juan Solorza, que marcou 1min24s474, 0s958 abaixo, também se classificaram para o grid com voltas mais rápidas que a marca anterior Joelsu da Silva, Pedro Sampaio, Sebastian Martinez e Matheus Oliveira.

Na corrida da GP 600 a volta mais rápida do GP Curitiba foi de Oliveira, que cobriu o traçado em 1min24s762, 0s862 mais veloz que o recorde anterior, também cravado pelo espanhol em 2013. As voltas mais rápidas de Sampaio, Martinez e Solorza também superaram a marca de Jimenez. A GPR 250 teve Lucas Torres conquistando a pole com 1min43s101, superando o recorde para treinos que Ígor Calura estabeleceu em 2013, em 1min43s101.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Scuderia Classic Riders Brasil convida para Track Day em Interlagos

WSBK: GP da Austrália abre a temporada 2017 do Mundial Superbike

Michael Dunlop disputará TT da Ilha de Man com uma Suzuki GSX-R1000R

Piloto Elena Myers deixou as pistas por assédio sexual

Ao Vivo: KTM apresenta equipe oficial da MotoGP em 2017

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Equipe JC Racing Team é a campeã das 500 Milhas em 2017

Piloto Elena Myers deixou as pistas por assédio sexual

Michael Dunlop disputará TT da Ilha de Man com uma Suzuki GSX-R1000R

Scuderia Classic Riders Brasil convida para Track Day em Interlagos

Entrevista: Granado conta as novidades para 2017

Entenda como funciona um Track Day

Equipe JC Racing Team é a campeã das 500 Milhas em 2017

Alexandre Barros abre escola de pilotagem


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras