moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: Etapa de Goiânia é neste domingo

25 de September de 2015
Compartilhe este conteúdo:

O fim de semana promete ser de temperatura elevada para os pilotos do Moto 1000 GP no GP de Goiânia. A sexta e antepenúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade terá suas quatro corridas neste domingo (27/09) no Autódromo Internacional de Goiânia. As temperaturas ambientes esperadas para durante os treinos livres e classificatórios e as provas são de 38 graus centígrados, segundo os institutos de meteorologia.

A temperatura ambiente atingiu 40 graus durante os treinos extraoficiais que abriram a preparação de parte das equipes na pista goiana. “O asfalto chegou a 65 graus pela medição da equipe”, contou Diego Pretel, paulista que disputa a categoria GP 1000 Evo do Moto 1000 GP pela DRT-Ducati. “A nossa corrida vai ter 18 voltas e vai ser no início da tarde, com temperatura alta. Vai ser um desafio e tanto administrar o consumo de pneus”, comentou.

O paranaense Wesley Gutierrez pilota uma das Kawasaki da Motonil Motors-PDV Brasil na categoria GP 1000 ratificou a expectativa de dificuldade com o desgaste dos pneus. “Com um calor desse o pneu atinge a temperatura ideal em poucas voltas. Mas a corrida é longa. O segredo vai ser chegar a um acerto de suspensão que minimize esse desgaste. É uma corrida que só deve mostrar a chance real de cada piloto nas voltas finais”, prognosticou.

José Carlos “Pitico” de Morais, chefe de equipe do Team Suzuki-PRT e da Playstation-PRT, vê aspectos positivos na alta temperatura. “Na verdade eu não vejo problema. Se a moto tiver o acerto de suspensão certinho o calor até ajuda, o pneu começa a funcionar na temperatura ideal mais cedo”, disse. “Aí, o trabalho é encontrar a calibragem correta, para não ficar muito baixa, o que faz o pneu trabalhar demais, e nem muito alta”, explicou Pitico.

Dos 73 pilotos inscritos no GP Goiânia, que encaminha a temporada de 2015 do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade à sua fase decisiva, onze são representantes dos estados de Goiás e Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal. A piloto Indy Munoz, de Brasília (DF), que vai acelerar na categoria GPR 250, é única mulher inscrita na etapa de Goiânia.

Os ingressos para o Moto 1000 GP com as disputas do GP de Goiânia custam a partir de R$ 18 (arquibancada) e podem ser adquiridos pela internet no site okingressos.com.br. O Autódromo Internacional de Goiânia fica na Rodovia GO-02, Km 04, s/n - Parque Lozandes, em Goiânia (GO). Telefone: (62) 3201-6075.

Transmissão
As corridas de domingo do GP de Goiânia serão transmitidas ao vivo pelo canal do YouTube indicado no site moto1000gp.com.br. Os canais de TV por assinatura Bandsports e Esporte Interativo, além do portal Terra anunciam a transmissão a partir das 12h, com a íntegra das corridas das categorias GPR 250 e GP 1000 e VTs compactos das provas da GP 600 e da GP Light.

GP GOIÂNIA – BRASILEIRO DE MOTOVELOCIDADE
(Os horários de treinos e corridas do Moto 1000 GP)

Sábado, 26 de setembro
8h20 – quarto treino livre da GP Escola (25 minutos)
8h55 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h25 – quarto treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
9h55 – quarto treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
10h25 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
11h00 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
11h25 – treino classificatório Q1 da GP 600/GP 600 Evo (20 minutos)
11h55 – primeiro treino classificatório da GP Escola (20 minutos)
13h20 – treino classificatório Q1 da GP 1000/GP 1000 Evo (20 minutos)
13h45 – treino classificatório Q1 da GP Light (20 minutos)
14h15 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
14h30 – treino classificatório Q2 da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
14h45 – treino classificatório Q2 da GP 1000/GP 1000 Evo (10 minutos)
15h00 – treino classificatório Q2 da GP Light (10 minutos)
15h15 – segundo treino classificatório da GP Escola (20 minutos)

Domingo, 27 de setembro
8h05 – warm up da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
8h25 – warm up da GP Light (10 minutos)
8h45 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
9h05 – warm up da GP 1000/GP1000 Evo (10 minutos)
9h25 – warm up da GP Escola (10 minutos)
10h10 – largada da GP 600/GP 600 Evo (16 voltas)
11h10 – largada da GP Light (16 voltas)
12h40 – largada da GPR 250 (12 voltas)
13h25 – largada da GP 1000/GP 1000 Evo (18 voltas)
14h30 – largada da GP Escola

Foto: Rodrigo Ruiz/Grelak Comunicação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Alex Barros vence e dá show na final do Superbike Brasil

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

SBK Brasil: Diego Faustino vence a temporada 2016 na SuperBike PRO

Copa Red Bull convoca 23 nomes para a temporada 08

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

Entenda como funciona um Track Day

SBK Brasil: Mudança de calendário e circuitos na temporada 2016

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras