moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: Diego Pierluigi bate o recorde de vitórias

29 de July de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Em sua volta ao Moto 1000 GP, no último domingo (27/07), Diego Pierluigi tornou-se recordista absoluto de primeiros lugares na categoria principal do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Defendendo a JC Racing Team, o piloto argentino conquistou no GP Brasília, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, sua oitava vitória na GP 1000, superando na estatística o paranaense Alan Douglas, campeão de 2011, que ganhou sete vezes.


Com o desempenho na etapa de Brasília, terceira das oito que compõem o calendário do Moto 1000 GP, Diego Pierluigi voltou a somar vitórias em todas as temporadas da competição – é o único piloto a ter cumprido esta façanha. Com aproveitamento de 100% no GP Brasília, onde também amealhou os pontos de bonificação pela pole position e pela volta mais rápida da corrida, assumiu o quarto lugar na tabela de classificação, com 27 pontos.

Diego Pierluigi venceu as duas corridas que compuseram a rodada dupla final do Moto 1000 GP em 2011, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro (SP). Em 2012 foi o vencedor da única prova de que participou, em Santa Cruz do Sul (RS), na terceira etapa da temporada. No ano passado, fez sua estreia na temporada já na terceira etapa e venceu as quatro últimas do calendário, em Interlagos (SP), Santa Cruz do Sul, Campo Grande e Cascavel (PR).

As quatro vitórias garantiram a Diego Pierluigi o vice-campeonato de 2013, ano em que o título foi conquistado por seu compatriota Luciano Ribodino. “Decidi ir para a Europa e, como as coisas não aconteceram como eu esperava, voltei ao Moto 1000 GP, o melhor campeonato de motovelocidade da América Latina, eu me sinto muito feliz por isso”, comenta o vencedor do GP Brasília. “Essa vitória não foi só minha, foi do trabalho em equipe da JC Racing Team”, atribui.

Diego Pierluigi só não liderou a décima das 14 voltas do GP Brasília – cruzou a linha de chegada neste instante em segundo atrás de Alexandre Barros, que abandonou a corrida por conta de uma queda sofrida na última volta. “Eu sabia que podia correr pela vitória, estou muito bem fisicamente e mentalmente mais ainda. Minha moto estava perfeita, fiz uma corrida estratégica, apesar do ritmo muito forte. Eu tive confiança e uma moto com acerto perfeito”, resume.

Representante de San Isidro, cidade da província argentina de Buenos Aires, Diego Pierluigi tem 32 anos. Iniciou sua carreira na motovelocidade aos 10 e competiu até os 19, quando se afastou das pistas. Retornou em 2009. Seu currículo destaca sete títulos argentinos nas categorias 50cc (1995 e 1996), 400 Sport (1997), 250cc Internacional (1999 e 2000) e 600cc Supersport (2010 e 2011), além do vice-campeonato brasileiro da GP 1000 em 2013.

A temporada de 2014 do Moto 1000 GP completará sua primeira metade no dia 31 de agosto, com a realização da quarta das oito etapas no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR).



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

Pé Na Tábua teve show de motos clássicas em Barra Bonita (SP)

Final do Brasileiro de Supermoto acontece neste final de semana

Piloto Márcia Reis anuncia estreia de seu novo site

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

Entenda como funciona um Track Day

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Pierluigi e Solorza vencem 8ª etapa, que teve rodada dupla


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras