moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

Moto 1000 GP: Danilo Andric disputa campeonato em 2014

26 de December de 2013
Compartilhe este conteúdo:
 
Mais uma adesão de peso foi confirmada para a disputa do Moto 1000 GP. O piloto Danilo Andric anuncia que vai estar em 2014 no grid da GP 1000, categoria principal do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Aos 27 anos, o piloto da cidade paulista de São Caetano do Sul passa a fazer parte da competição dizendo-se atraído pelo fomento à profissionalização do esporte, uma das propostas do evento organizado por Gilson Scudeler.
 
Piloto de motovelocidade desde 2006, Andric cumpriu duas temporadas completas no Campeonato Mundial da Superstock, onde seu melhor resultado foi o 11º lugar na etapa de Imola em 2010, seu último ano na categoria, em um grid composto por 42 pilotos. De volta ao Brasil, enquanto dava sequência ao trabalho como piloto e instrutor, acompanhou com atenção o surgimento do Moto 1000 GP, em 2011, e sua consolidação nos anos seguintes.
 
 
“Tomei essa decisão de competir no Moto 1000 GP recentemente, mas já venho pensando nisso há alguns meses”, revela Danilo Andric, que foi campeão absoluto de motovelocidade na temporada 2011 no Brasil arrebatando os títulos de Superbike Series, Pirelli Mobil SBK e TNT SBK. “É difícil encontrar profissionalismo no mercado da motovelocidade, quando o piloto encontra um espaço profissional ele quer fazer parte desse espaço. O campeonato tem um nível alto de profissionalismo e eu gostaria de ver minha imagem vinculada à do Moto 1000 GP, esse é o fator que mais pesou na minha decisão”.
 
O piloto do ABC Paulista levará para o Moto 1000 GP a equipe Andric Motorcycle. “Tenho intenção de ter a minha equipe no campeonato, sim, dando assessoria e suporte de pista e de preparação a outros pilotos, passar a mais pilotos o que aprendi até hoje, é uma vontade que tenho. A categoria GP Light proporciona um foco muito bom nesse sentido”, considera, estipulando a meta de contar com até quatro pilotos na equipe. “Temos capacidade para isso”.
 
 
O Moto 1000 GP é a única competição de motovelocidade da América do Sul a utilizar pneus slick. A adaptação aos pneus Power Slick da Michelin, da categoria GP 1000, é apontado por Danilo Andric como maior desafio. “Preciso treinar bastante para conhecer o pneu, que para mim é novidade. Já busquei informações sobre comportamento da suspensão com o Michelin e os treinos serão fundamentais nessa adaptação. As pistas eu já conheço”, diz.
 
Danilo Andric atuará pela segunda vez numa organização chefiada por Scudeler – em 2006, foi piloto do Team Scud Petrobras, equipe do atual promotor do evento. “Danilo é um piloto extremamente rápido e o Campeonato Brasileiro vai dar a ele a oportunidade de seguir evoluindo e se superando. Quanto maior o desafio, mais ele vai ter de se superar, e com o nível que o Moto 1000 GP atingiu é certo que ele terá muitos desafios”, antevê Scudeler.
 
 
Fotos:Divulgação


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Ducati revela Desmosedici GP17 com Lorenzo e Dovizioso

Interlagos recebe domingo a 1ª etapa da Copa Pirelli SBK

Vídeo: Diferenças de categorias em uma volta na Ilha de Man

500 Milhas de 2017: inscrições começam em janeiro

SBK Brasil: Campeonato chega ao fim após 9 etapas; conheça os campeões

Vídeo: Como se comportam os pés de um piloto de MotoGP?

Alex Barros vence e dá show na final do Superbike Brasil

Interlagos recebe domingo a 1ª etapa da Copa Pirelli SBK

Entenda como funciona um Track Day

Vídeo: Diferenças de categorias em uma volta na Ilha de Man

Ducati revela Desmosedici GP17 com Lorenzo e Dovizioso

500 Milhas de 2017: inscrições começam em janeiro

MotoGP: AGV desenvolve novo capacete para Valentino Rossi

Alexandre Barros abre escola de pilotagem


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras