moto.com.br
Publicidade:

Motovelocidade

500 Milhas Brasil: PRT Bardahl é bicampeã em Interlagos

10 de February de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Com um ótimo jogo de equipe e pilotagem segura ao longo das 186 voltas, a PRT Bardahl conquistou neste domingo (9/02) o bicampeonato consecutivo da 500 Milhas Motovelocidade de Interlagos. Os pilotos Alecsandre Doca, Alan Douglas e Nick Iatauro mostraram-se adaptados às provas de endurance e com vantagem de cinco voltas para a Paulinho Superbike, segunda colocada, garantiram o título da 17ª edição do campeonato no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo (SP).

O resultado deixa Doca, 43 anos, como único tetracampeão da prova. Apesar da felicidade com a vitória, ele deixou no “ar” uma possível aposentadoria. “Pode ser minha última corrida, mas, com certeza, continuarei envolvido com a motovelocidade. Em todos esses anos de competição, conheci muita gente e conquistei vários títulos. Cada vitória foi muito gratificante”, destaca o campeão.

Pole position, a PRT Bardahl teve que imprimir um ritmo forte no início de corrida para manter a ponta. Isto porque a Mobil Ituran Racing, dos pilotos Dudu Costa Neto, Douglas Figueiredo, Leandro Pereira e Alex Schultz, que era a segunda colocada, tentava se aproximar dos rivais na volta 59. Porém, os vice-líderes sofreram com o superaquecimento da moto e, posteriormente, perderam diversas posições. Com isso, finalizaram em 16º.

Considerada uma das favoritas, a Sany CarSystem Feltrin Yamaha deixou a prova de forma precoce. Na quinta volta, Diego Faustino, piloto que largou pela equipe, que ainda tinha Santo Feltrin e Sérgio Laurentys, sofreu uma queda e viu o seu sonho de conquistar o título ser adiado. A mesma infelicidade viveu a Zangrossi Racing/Tuba Racing na volta 23. Fábio Traldi caiu na saída do “Laranjinha” e também saiu da corrida.

Com uma moto 600 cilindradas, a Paulinho Superbike se destacou entre as rivais de 1.000cc. Na disputa pelo segundo lugar no geral, a equipe do quarteto Joelsu “Mitico”, Igor Eurica, Marcus Trotta e Ives Moraes venceu o duelo com a JC Racing Team, de Jaime Cristobal, Sergio Prates, David Costa e Marcello Souza, que finalizou três voltas atrás. “É demais terminar uma prova com uma moto 600cc diante de tantas 1.000cc. Fechamos a equipe na última quarta-feira e mesmo tudo em cima da hora, deu certo. Estamos bastante felizes com o resultado”, conta Trotta.

A quarta colocação foi bastante comemorada pela Willians Motors, dos competidores Willian Sales, Chrystian Quick, Adriano dos Reis e Fábio Nallin, que no ano passado também foi ao pódio. Na sequência apareceu a Ducati Ribeirão Preto, que inovou nesta edição ao utilizar a Multistrada 1200. De 11º na largada, o time ganhou seis posições ao término da prova de endurance. “Foi uma corrida surpreendente. Chegamos a virar 1min46s. É uma moto original e incrível para uma prova de longa duração. A equipe está de parabéns”, diz Ricardo Levy, que também teve na equipe os companheiros Sebastiano Zerbo (ITA) e Danilo Andric.

Para Andric, que além de piloto é um dos organizadores do evento, em conjunto com o empresário Terlange Souza, a avaliação da 500 Milhas foi positiva. “Essa primeira experiência à frente da 500 Milhas foi ótima. Acredito que o caminho é este para evoluir esse tradicional evento de motovelocidade do país. Agradeço a dedicação de todos envolvidos e a participação de todos os pilotos que confiaram na credibilidade do nosso trabalho”, destaca.

Na categoria 250cc/300cc o piloto Marco Antonio Reis, da Conexão Competições, foi o grande vencedor na modalidade e destaque na competição. O piloto de 49 anos, que no dia a dia divide as atividades de funcionário público e taxista, desbancou sozinho as equipes que contaram com dois participantes e foi o campeão da categoria. A segunda colocação ficou com Igor Calura e Rafael Noronha, da Mototech, seguidos de Marcelo Augusto Cristal e William Ribeiro, da WR Racing Team.

RESULTADOS

Prova 500 Milhas - Resultado Geral 1º #5 PRT Bardahl (Alecsandre "Doca", Alan Douglas e Nick Iatauro) 2º #34 Paulinho Superbikes (Joelsu "Mitico", Igor Eurica, Marcus Trotta e Ives Moraes) 3º #74 JC Racing Team (Jaime Cristobal, Sergio Prates, David Costa e Marcello Souza) 4º #10 Willians Motors (Willian Sales, Chrystian Quick, Adriano dos Reis e Fábio Nallin) 5º #40 Ducati Ribeirão Preto (Sebastiano Zerbo, Danilo Andric e Ricardo Levy)

Prova 250/300cc - Resultado Geral 1º #13 Conexão Competições (Marco Antonio Reis) 2º #22 Mototech (Igor Calura e Rafael Noronha) 3º #15 WR Racing Team (William Ribeiro e Marcelo Augusto Cristal) 4º #33 WR Racing Team (Josué Ferreira "Bucheca" e Carlos Eduardo Trigo) 5º #777 Duda Racing Team (Carlos Pássaro e Angelo Vieira)

Fotos: Donini Produções, Guiomar Donini e Marcelo Altamiro (Vipcomm)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

SBK Brasil: Interlagos vai definir os campeões em 2016

MotoGP define o calendário da competição em 2017

SBK Brasil: Quatro categorias já têm campeões definidos

ICGP: Guy Bertin é o grande campeão na temporada 2016

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

MotoGP: Gatas no paddock do GP da Espanha

MotoGP: Viñales da Yamaha lidera treinos da temporada 2017

Piloto Márcia Reis anuncia estreia de seu novo site

Pé Na Tábua teve show de motos clássicas em Barra Bonita (SP)

Final do Brasileiro de Supermoto acontece neste final de semana

SBK Brasil: Última etapa acontece em Interlagos em dezembro

Entenda como funciona um Track Day

SBK Brasil: Pierluigi e Solorza vencem 8ª etapa, que teve rodada dupla

Superbike Series: Confira as gatas do GP de Interlagos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras